Blog do Tas

Pacman da corrupção

24 de abril de 2012, 13:02

Escrito por marcelotas

 

Como todas as idéias brilhantes, esta é simples e óbvia: usar o guloso personagem Pacman para mostrar como engorda a corrupção no país. O jogador é um político corrupto que precisa desviar dos fantasmas da imprensa, Polícia Federal, Justiça e do povo, é claro, para se fortalecer comendo pizza ou invés de frutas! Aqui, o corrupto é bem mais rápido e eficiente do que os seus adversários. Qualquer semelhança não é mera coincidência?

 

A recriação do game clássico é da Playerum do Rio de Janeiro e tem apoio do movimento “Quero o fim da corrupção” criado para receber denúncias através da rede de forma colaborativa.

O nome é Roba-roba e é viciante, o game, claro.

  1. alexandre chaves 4 de maio de 2012 at 13:00

    Já puviu falar do “REPOLÍTICA”?( http://catarse.me/pt/projects/576-repolitica ) : é um site interativo para ajudar a decidir na hora da urneta. Muito bom!

  2. Obrigado por divulgar a nossa página Tas. Sou muito fã de vocês e já postei diversas matérias do CQC para que todos possam compreender o descaso de nossos representantes pelos seus representados, o povo!
    Você bem que poderiam fazer uma matéria com a gente para ajudar a divulgar o movimento, que tal?
    Grande abraço!
    http://www.facebook.com/queroofimdacorrupcao

  3. Tas, acho que vocês perderam um pouco a “mão” com relação as matérias no Senado.
    Saiba que pro político o importante é aparecer, e neste quesito todas as segundas feiras a noite os safados estão tendo espaço pra ficar falando abobrinhas e nos chamando de burros com a cara mais lavada do mundo.

    Poderiam mudar um pouco as pautas das entrevistas, cobrar um pouco mais dos responsáveis pela aprovação de leis que estamos precisando urgente como maioridade penal, reformulação do código penal entre outras…

    O que estou vendo ultimamente são brincadeirinhas de repórteres com deputados, políticos e senadores que não levam a absolutamente nada de útil, patrocinadas por uma das maiores emissoras do país.

    Vocês podem cobrar mais, sem perder o humor, e sem serem mal educados. Você mesmo fazia muito bem isso.

    É uma círitica construtiva, espero que possamos refletir juntos aqui mesmo neste espaço até.

    Abraços

    • Fernando Borella 25 de abril de 2012 at 11:49

      Disse tudo, Junior ! A imprensa e os chamados “artistas” ainda não descobriram sua força. Podem ser legítimos porta-vozes da sociedade, sim ! Aproveitem o bom momento do programa e dissequem aqueles párias. Um abraço.

  4. DEPOIS QUE OS CORRU”"PT”"OS TOMARAM O PODER GRAÇAS AS MENTIRAS CONTADAS E TRANSFORMADAS EM VERDADES PERANTE O POVO MAIS HUMILDE OU MAIS BURRO MESMO. O QUE SE PODE ESPERAR DE UMA REPUBLICA VERDADEIRAMENTE DE BANANAS QUE OS OUTROS NOS CHAMAM,

  5. Marcelo e equipe,

    Parabens pelo programa, não perco um!

    Minha indignação é saber que muitos neste momento em que escrevo, estão morrendo num corredor de hospital, numa estrada esburacada ou está procurando buraco pra fumar craque.
    Mas acreditem, nós somos os maiores culpados!!! pois temos 99% nesta parcela de culpa, por sermos patrões cegos e omissos.
    Pagamos um imposto altissimo e não exigimos deste time de empregados de luxo escalados por nós em evento nacional, para ocupar lugares de destaque no plenário nacional e ainda por cima vivem dando ibope, pois todo dia estão na mídia.
    Na minha modesta visão, me sinto com se estivesse num cassino, numa roleta do mensalão ou num jogo de bacarat onde os policiticos corruptos e jogadores, fazem questão de pensar estratégicamente, qual será o próximo torneio da roubalheira.

  6. outro jogo bom seria o Pitfall – o jogador, no meio da selva da corrupção, teria que passar pelo mar de lama e ter o cuidado de não ser comido pelos jacarés da política…rs

  7. Dá pra gente falar tanta coisa sobre tudo o que tá acontecendo… Mas digo só uma, aquilo que a gente tá cansado de saber, a solução pro Brasil… cada vez mais urgente: EDUCAÇÃO. A Educação – se bem compreendida – é a chave do Progresso Moral. (Allan Kardec)

  8. Não concordo! Os caras deveria usar o “Keystone Keepers” (aquele da polícia e do ladrão da Atari)!

  9. E o pior é que esse jogo na vida real nunca acaba e o jogador nunca perde

  10. Se antes o comodismo e a inércia popular era o principal meio da proliferação da praga da corrupção, hoje através da internet, isso não poderá ser mais desculpa, podemos protestar sem levantar a bunda da cadeira.

Deixe um Comentário

Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer blog. Eles servem para ampliar, criticar e completar o texto do autor.

No "Blog do Tas", todos os comentários só são publicados DEPOIS de passar por moderação.

NÃO publicamos:

  1. Comentários com palavrões ou agressões gratuitas.
  2. Comentários fora do assunto.
  3. Comentários com auto-propaganda ou propaganda de terceiros.

Se não estiver nas categorias acima, sua opinião será liberada o mais breve possível.

Bem-vindo e obrigado pela participação!

Connect with Facebook

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>