Blog do Tas

Vida de deputado no Rio de Janeiro: 65 faltas em dois anos

21 de maio de 2013, 10:56

Escrito por marcelotas

Felipe Andreoli na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (CQC/ Band)

 

  1. Adalberto Malheiro 21 de maio de 2013 at 16:43

    Senhores,
    Este senhor foi candidato à Prefeito da minha cidade, Petrópolis/RJ e sua campanha foi a mais podero$$$a. Foi mobilizado um verdadeiro exército amarelo e azul, se é que me entendem – PSDB) e para a alegria de muitos e tristeza de muitos também, ele não se elegeu. Me sinto envergonhado por este senhor que, com falsas promessas, conseguiu chegar à ALERJ e agora está mostrando seu caráter.

  2. O coma que a nossa sociedade vive não é perturbado por esse tipo de situação. Estamos dormindo tão profundamente que a lesera coletiva permanece intocada. Estamos nessa inércia de ver e não agir que isso será somente mais um tópico de nossas discuções cotidianas… Em breve vai ter Copa e é isso o que mais importa!

    • Concordo em genero número e grau. E acrescento mais: Nosso País se ufana e se gloria de ser o País do Futebol. Nossas escolas públicas são uma vergonha Nacional. Nossos Hospitais públicos bem que poderiam fazer parceria com Funerárias e dái por diante. O investimento em Educação Segurança e Saúde são menores do que os valores auferidos por essa quadrilha do PT que assola o País. E n~çao é só o PT não se salva nesse Universo de Políticos Brasileiros nem os dedos da mão. Desvios de recursos já fazem parte da cultura do País. Fala-se muito sos bolivianos Venezuelanos e Argentinos. Mas lá isso não ocorre não na proporção de nossa nação. É preciso um basta. o Brasil é o País da impunidade

  3. marcelo freitas 21 de maio de 2013 at 15:28

    Frustrante… Olha a cara dos caras, simplesmente não estão nem aí e ainda ficam rindo da cara do povo, realmente aquele ditado que o povo merece o governo que tem é totalmente verdade, sinto muito conscientes, somos a minoria, teremos que aprender a conviver com isso até um dia quem sabe sermos 50% + 1 ..

  4. Uma vergonha! Ainda temos que ver estes senhores rindo na nossa cara! que horror! Este é o brasil!!

  5. Pena que nós, brasileiros e brasileiras,que deveríamos ser os maiores interessados em acabar com essa verdadeira farra do descaso, não temos iniciativa nem organização para tanto! Vergonhosamente, permitimos que os parlamentares eleitos por nós façam o que melhor lhes convir. Se toda nossa indgnaçao expressa por palavras se tornasse ação, certamente nosso país estaria mais parecido com aquilo que merecemos.

  6. O mês tem em média 21 dias letivos, 63 dias já dariam 3 meses de faltas!!! E isso que eu duvido que eles trabalhem de Segunda a Sexta.

    • Emanoel, no Rio o expediente é de terça a sexta feira, das 14:30 às 18:30, exceto nos meses de Janeiro, Julho e segunda quinzena de Dezembro, épocas de recesso, em que o plenário não funciona….

  7. orlando massiere 21 de maio de 2013 at 11:32

    o joaquim barbosa é que esta certo. a politica brasileira esta uma bagunça.

  8. Isso é uma vergonha, quando a gente falta um dia, tem que se explicar senão é rua, e esse “parlamentares”, fazem o que querem e nada acontece, eu sinto vergonha de pertencer a um país que nossos representantes, não representam nada!
    Ps: Vi o program e gostei, continua abrindo os olhos dos brasileiros, principalmente o “Proteste”, um abraço!

  9. Nem tem o que comentar. Infelizmente essas reportagens são boas mas não levam a nada, a nenhuma solução.

    • Mas é claro que faz a diferença! Esse tipo de reportagem serve para que o telespectador perceber que eleição não é só prefeito governador e preseidente, que somos nós que elegemos nossos deputados, através desse tipo de matéria, o povo alienado abre os olhos para isso e ainda anotam alguns nomes na lista negra.

  10. Uma sacanagem com a população brasileira, isso tem que acabar, os deputados não valem nada, e ganham quantidades astronômicas de dinheiro, CHEGA de impunidade.
    Cadeia Neles !!!!

  11. Esse mauricinho ainda quer ser perfeito de uma cidade como Petrópolis.

Deixe um Comentário

Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer blog. Eles servem para ampliar, criticar e completar o texto do autor.

No "Blog do Tas", todos os comentários só são publicados DEPOIS de passar por moderação.

NÃO publicamos:

  1. Comentários com palavrões ou agressões gratuitas.
  2. Comentários fora do assunto.
  3. Comentários com auto-propaganda ou propaganda de terceiros.

Se não estiver nas categorias acima, sua opinião será liberada o mais breve possível.

Bem-vindo e obrigado pela participação!

Connect with Facebook

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>