Blog do Tas

7 de Setembro: o Brasil está independente de quem mesmo?

06 de setembro de 2013, 14:32

Escrito por marcelotas

Video: série Netos do Amaral/ MTV Brasil

 

Em 1990, na pele do repórter Ernesto Varela, eu dei um passeio pela parada de 7 de Setembro em São Luis do Maranhão e perguntei: o Brasil está independente de quem?

E hoje?

 

Video: parte da série Netos do Amaral, criação minha, co-dirigida por Eder Santos, para MTV Brasil, com produção da VideoFilmes

 

  1. INDEPENDENTES???….
    Pois é, …. proclamamos a independência, e, o que aconteceu? Até a proclamação da república, ainda, ficamos durante MAIS 67 ANOS, sendo “escrachados” e mandando toda a nossa riqueza para os “ex-colonizadores”!!!…

    E MAIS….
    Estou cansado de ouvir que o Brasil é um país “jovem”???….
    Uai… A diferença entre nós e a descoberta da América é de apenas 8 anos!!!

    ENTÃO PERGUNTO:
    Quem de nós é mais INDEPENDENTE (em todos os sentidos)??

  2. lourenço quezada júnior 10 de setembro de 2013 at 20:03

    Concordo com o último comentário de Anonimicidade. Vem de encontro e completa o meu pensamento. Este é um exemplo de DIALÉTICA. Em meu primeiro comentário (08-setembro) defendi uma posição, uma TESE… Logo em seguida, o colega ANONIMICIDADE expôs sua visão do problema numa ANTÍTESE. Expus meu segundo comentário (09-setembro) e em um dia depois, chegamos à uma posição comum : SÍNTESE. O que eu quero dizer com isto é que o processo de amadurecimento político de um povo não deve ser influenciado por outro país. É um momento nosso, de nosso interesse. Os EUA utilizaram a Globo para nos influenciar fica claro isto. Veja o Canadá, país rico e poderoso, que mesmo assim, está sempre alerta com a influência americana. Agora a mídia americana, que está nas mão dos Judeus, tenta persuadir Obama a intervir na Síria com o intuito (velado) de beneficiar Israel. O brasileiro ficou como aquele filho superprotegido pelo pai. Quando teve a liberdade política trocou os pés pelas mãos, seguindo direto para a libertinagem. Não tivemos a vivência do diálogo, do confronto de idéias… Nos acostumamos com imposições e medidas ditatoriais e depois com a bagunça total em que nos encontramos. Não houve meio termo. É difícil encontrar uma instituição que preste, uma pessoa idônea… Fico feliz que os americanos ainda não invadiram e bombardearam o Blog do TAS… influenciando no resultado das nossas SÍNTESES…

  3. lourenço quezada júnior 9 de setembro de 2013 at 22:17

    Criticar a postura colonialista dos Estados Unidos não quer dizer ser anti americanos. Só para exemplificar, no Canadá há uma preocupação com a invasão da mídia americana e o receio do país em perder sua autonomia cultural. Esta preocupação está longe de ser infundada. Por outro lado, até onde eu sei, não existe e nunca existiu sequer um país socialista ou comunista. Isto tudo é utópico. China, Cuba e Coreia do Norte são ditaduras de esquerda e não dá para rotular como Socialismo ou Comunismo literalmente. Eu sou contra a qualquer tipo de Ditadura. Creio que Social Democracia e o Socialismo Cristão deveriam nortear daqui para frente nossa postura política. Como dizia um grande professor que eu tive, a virtude está no meio.

    • Neste caso concordo, de alguma forma, pois é preciso ter algum tipo de Estado que garanta o Estado de Direitos, e que não se entregue ou não se venda para os investidores…é preciso respeitar eles como povo, mas também ao povo como investidor, porque investidor sem o trabalhador não avança e vice versa, o papel do governo seria o ‘fiel’ dessa balança, mas é justamente onde isso se descompensa e fica pendendo de acordo com a afinidade do politico…precisamos de reforma política, nem nivelar o país por cima (nos donos do capital) e nem por baixo (os pobres sem condição de subsistir) mas estender o investimento para os pobres trabalharem e prosperarem assim como meios para o investidor prosperar e investir mais à partir do retorno…o que fica difícil é que não tem gente idônea, só tem partidos que ferram com tudo ‘escolhendo’ os piores para lançar a candidatura.

  4. Outra coisa, porém no mesmo tom, quem faz discurso anti americano, gosta de ser dominado, porque não quer parcerias mas sim ser chutado como foram na Petrobrás da Bolívia, quando EUA fizeram isso com o Brasil? e quem ficou indignado com a Bolívia ou quem se dobrou prostrado diante dela? quem faz discursinho odioso é gente amargurada e recalcada, louca para entregar nosso país para os sanguinários regimes totalitários..o Brasil não é independente justamente pela mentalidade dependente dessa gente vermelha que não fica assim por vergonha, mas só por ódio.

  5. Anonimicidade Garantida para Toda Vida 9 de setembro de 2013 at 13:57

    Discursinhos anti americanos de derrotados que almejam implantar uma ditadura ou regime comunista são os piores problemas no Brasil atual, ele é independente de tudo ‘apesar’ de estar nas mãos de gente dependente de ideologias vazias que não tem eficacia na realidade prática! mil vezes mais viver ‘o sonho americano’ do que ‘o regime de Fiudel’…mil vezes ser um PARCEIRO ECONÔMICO dos EUA do que uma província miserável, nivelada por baixo, com médicas prostitutas ou gente importada de cuba…INDEPENDENCIA terá quando os ladrões corruptos forem removidos do Governo e não tiverem mais a possibilidade de sequestrar o poder para entregar aos outros.

  6. lourenço quezada júnior 8 de setembro de 2013 at 14:32

    Com certeza não está independente dos Estados Unidos. Lendo a Biografia do Assis Chataubriant ‘O Rei do Brasil’ fiquei sabendo que o grupo americano Time Life financiou Roberto Marinho na compra de equipamentos e infraestrutura da Rede Globo. Capital externo favorecendo a mídia nacional era proibido na época. Creio que outro fato deve ser levado em consideração: era a época da Guerra Fria e os EUA não queriam ‘perder’ o Brasil para os comunistas, assim como aconteceu com Cuba. Era de grande interesse a propaganda do ‘eficiente e bom modo de vida americano’ entre os brasileiros. Não ficaríamos na dúvida se tivéssemos que optar pelo apoio à EUA ou Russia. Uma prova irrefutável deste acontecimento é o domínio cultural, maciço e eficaz, imposto pelo EUA ao Brasil até pouco tempo. UM POVO ESTARÁ IRREMEDIAVELMENTE DOMINADO, NÃO QUANDO SEU TERRITÓRIO FOR CONQUISTADO E SIM, QUANDO SUA CULTURA ESTIVER INFILTRADA POR OUTRA. Assim se seguiu. O braço direito dos americanos neste projeto foi (ou é) a, Rede Globo, que causou um prejuízo enorme para o povo brasileiro em seu auto desenvolvimento… Da minha geração para frente (nasci em 1959) houve um bombardeio de seriados, músicas e ‘jeito de ser’ americanos para cima de nós. Ficou aquela ‘certeza’ de que aquilo que vinha de fora era sempre melhor. Gerou-se um povo com baixa estima, perdido no tempo com crise de identidade e síndrome ‘brasileiro é bonzinho’. Pior é que ninguém vai pagar pelo estrago feito. Melhor para a Globo nem tocar mais no assunto. É como o holocausto para os judeus… Tocar na ferida dói, ainda dói muito. As declarações do ator Robin Willians (prostitutas e cocaína foram os trunfos do Brasil na escolha do Rio para sede olímpica) e de Silvester Stalone ( bombardeia-se o país, eles agradecem e no fim a gente ganha de presente um macaco para levar para casa) são a cereja desse bolo chamado”Brazil”.

  7. Muitas coisas estão erradas. Primeiro, existe a ganância Independente da necessidade real, as pessoas querem mais e mais coisas , mesmo às custas dos outros. A ganância alimentou expectativas excessivas e exigências por salários mais altos que se alcançam por se aumentar os preços. Leva à imposição de controles restritivos sobre a economia da parte de uma nação para proteger a sua própria riqueza às expensas das outras. Como uma doença, a ganância infesta a economia mundial com exploração e manipulação

  8. Quando era jovem e idealista sempre sonhava com um Brasil independente.
    Livre das amarras do capitalismo internacional, dos poderosos, do imperialismo, das multinacionais e etc…
    O tempo passou e hoje sonho mesmo é que alguém venha aqui e tome posse de tudo.
    De preferência a Suécia, o Japão, ou mesmo a Inglaterra ou até os USA.
    A sujeira e a corrupção aqui é tão grande e endêmica que não tem solução.
    Definitivamente nós não vamos dar um jeito nesse país.
    Passa pra outros, quem sabe resolve.
    Como já diria Raulzito: “A SOLUÇÃO É ALUGAR O BRASIL!!!!!”

  9. Decio Ferreira Forni 6 de setembro de 2013 at 21:32

    Boa pergunta… Leva à reflexão óbvia de que esta data é cada vez mais estúpida, como aliás várias outras no Brasil. Mas todos acham que um feriadinho a mais é ótimo.

  10. Marly Morone Maciel 6 de setembro de 2013 at 20:19

    Nao mudou nadica de nada….

    Progredimos so’ na corrupcao…

    Dez anos de PT, 10 anos de estagnacao.

  11. O BRASIL SÓ SERÁ EFETIVAMENTE INDEPENDENTE NO DIA EM QUE UM MARCELO TASS QUALQUER NÃO GANHAR DINHEIRO CRIANDO ESTE TIPO DE BESTEIROL QUE ESPALHA COMO SE FOSSE ALGO DE VALOR. TEMOS DE SER INDEPENDENTES DA BURRICE E DESTE POLITICAMENTE CORRETO QUE TOMOU CONTA DO PAÍS.

    • Desculpe, não é defendendo, mas sou totalmente contra isso que foi postado, ‘não concordo com uma única letra digitada, quanto mais de alguma palavra formada por ti, mas defendo até a morte o direito de você dizer’, portanto, também defendo o direito do Tas, que não é um qualquer, um qualquer aqui é tu mermão, cujo nome se não for anônimo tanto faz porque ninguém conhece mesmo…políticamente correto é TUDO O QUE NÃO TEMOS e deveria SIM! EXISTIR o políticamente correto e finalmente, mas não menos importante, se liberte de sua burrice julgando a tí mesmo, porque mais vale uma tolice para um sábio que mil sabedorias para um tolo.

  12. A pergunta ‘modelada’ como ‘está independente’? ao invés de ‘ é independente? ‘ foi proposital para induzir as pessoas a se questionarem mais sobre a situação ?

    E se analisarmos o fato de maneira ‘macro’ e exata com a visão do ‘ser independente’ como foi interpretada : ‘auto-suficiente’ (eu pago minhas contas) , com a base da estrutura financeira mundial de endividamento publico entre um país e outro ( quase que uma orgia financeira mundial ) podemos ter a certeza de que ‘ independente ‘ mesmo acho que os mais próximos seriam Cuba e Coreia do Norte…rsrs….

  13. Guilherme Sencades 6 de setembro de 2013 at 16:46

    Dependendo dos filhos desta Pátria, o Brasil ficará livre dos corruptos em 3.013, ou seja, daqui a 1000 anos, tempo suficiente parea filtrar esta raça Podre.

  14. Adorei a resposta: “Independente de Portugal”.

  15. “O futuro do Brasil está na educação” — Início dos anos 90 e já queriam o que ainda pedimos.

  16. Espero que ele fique independente dele mesmo,pois “nós” estamos cada vez mais prisioneiros do que estamos fazendo com o nosso amado PAÍS,votando nos canalhas ,nos corruptos,nos ladrões.temos que ser conscientes e votar em políticos novos,sem vícios,em gente honesta.Todos os dias as mídias avisam quem são os “atrasos “do Brasil,cabe á nós não votarmos neles.

    • Rita Delmiro de Sousa Silva Teles 7 de setembro de 2013 at 8:25

      Gostei dessa resposta, pois a independência do Brasil deveria começar com o voto consciente dos seus cidadãos…
      Pois não adiantará apenas sair nas ruas, se nas urnas o erro continuar…
      Então, chega no desfile, e cantamos: ” Ó Patria Amada…..
      Será que muitos tem mesmo amado o Brasil???

Deixe um Comentário

Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer blog. Eles servem para ampliar, criticar e completar o texto do autor.

No "Blog do Tas", todos os comentários só são publicados DEPOIS de passar por moderação.

NÃO publicamos:

  1. Comentários com palavrões ou agressões gratuitas.
  2. Comentários fora do assunto.
  3. Comentários com auto-propaganda ou propaganda de terceiros.

Se não estiver nas categorias acima, sua opinião será liberada o mais breve possível.

Bem-vindo e obrigado pela participação!

Connect with Facebook

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>