Blog do Tas

Torcedora do Grêmio merece tudo isso?

05 de setembro de 2014, 13:42

Escrito por marcelotas

Jornal Zero Hora/ Porto Alegre

 

Há dias, a torcedora Patricia Moreira vem sendo tratada na mídia como o símbolo do inadmissível tratamento que a torcida do Grêmio deu ao goleiro Aranha do Santos. Eu me manifestei no primeiro momento me solidarizando à Aranha em particular e aos negros, que continuam vítimas de racismo todos os dias em todas as cidades do Brasil. Inclusive no tratamento dispensado a eles pela polícia e pela Justiça.

Por outro lado, a crucificação em praça pública da torcedora gremista é absolutamente desproporcional e igualmente injusta. Creio que depois das desculpas de hoje, Patricia merece pagar por seu ato como manda a lei, e ao mesmo tempo deixar de ser importunada pelas redes sociais e pela mídia. Ela reconheceu seu erro. Deve pagar por ele. Ponto final. Creio que é uma ótima lição a ser apreendida dos dois lados da moeda.

Como santista, quero dizer que sou contra a penalização do Grêmio. Acho desnecessária a desclassificação do time por conta de uma atitude pontual de parte de sua torcida. Gostaria muito de ver Santos x Grêmio na Vila Belmiro ser uma lição de uma volta por cima do Aranha e dessa situação de racismo que, volto a dizer, vivenciamos todos os dias no Brasil.

Sou contra o racismo e contra a crucificação de Patricia!

E viva o grande goleiro Aranha!

  1. Eu falei ( antes de acontecer ) que eles gostam de punir os times do Sul, julgaram o Grêmio no pleno do STJD e deu no que deu, tá confirmado, o Grêmio está fora da Copa do Brasil e não cabe mais recurso na esfera desportiva, se o Grêmio for para a justiça comum, tá ferrado pois arruma briga com a CBF que já não “simpatiza” com o mesmo ! e ainda deram a famosa migué, que o tricolor gaucho não foi excluído e sim eliminado por pontos, porque não julgam os times de São Paulo, Rio e Minas com o mesmo rigor ? porque critérios diferentes ? em Mogi Mirim interior de São paulo também houve caso com o Arouca, não deu em nada ! pois bem, que pelo menos isto ensine a torcida se comportar melhor, que pra mim foi burra, poderiam ter aplaudido o mala do Aranha neste último jogo que teve pelo brasileiro e melhorar um pouco a situação , mas não preferiu vaiar e usaram até isto como argumento no tribunal. Francamente véio, sou totalmente a favor de punição para torcedores, pro bando de otários que estavam imitando macacos e pra torcedora que foi no embalo e esta sim até que merece ser julgada com outros olhos pois foi também prejudicada por vândalos, agora punição para o clube na minha opinião tem que ser repensado, o Grêmio fez de tudo para controlar seus torcedores, tomou várias medidas, contratou até seguranças, não é culpa dele véio ! Olha, não curto nenhum tipo de preconceito, ainda mais com a cor do próximo, mas se continuarem com esta mania idiota nos estádios de imitar macaquinhos, uma hora a casa vai cair para quem xinga ! digo o negócio vais ser mais sério ! esta torcedora coitada, foi só a primeira ! a única torcida que se pode e gosta de chamar seus jogadores de Macacos é a da Ponte Preta, pois é seu mascote e já faz um bom tempo, lá é elogio quando chamam eles disso, já é da cultura deles, eles imitam macacos independente da cor do jogador e pra eles é normal, é festa ! já a torcida do inter tá começando agora usar o termo macaco, não são todos que aceitam ainda, agora véio independente do estádio, ou até mesmo do lugar, então cuidado galera , e não adianta colocar a mão na boca pra ninguém ver a leitura labial, tem câmera pra todo lado ! é bom pensar duas vezes ! e pensando bem, o nosso futebol já anda por baixo, se a torcida não colaborar…

  2. Comentário alterado e corrigido para publicação.

    Quando entrei nesse espaço falando do tema “racismo”, em nenhum momento busquei reconhecimento, e nem desejo isso, porque, nesse país, as pessoas criam opiniões como que animais de estimação, sucedâneos do afeto humano, e eu não trato as minhas opiniões dessa forma. Entrei procurando dar força a garota Patrícia, na esperança de que minhas palavras cheguem até a alguém da familia, ou a ela mesma, para que possa constatar que nem todos no Brasil estão dormindo enquanto esse bando de psicopatas atuam de forma irresponsável e criminosamente agindo contra aqueles que supostamente considerem uma ameaça. Que Patrícia e os seus familiares não se sintam intimidados e busquem advogados que conheçam bem esse discurso maquiavélico do “politicamente correto” e procurem desmascará-lo e denunciá-lo sem que se sintam culpados ou intimidados, pois vivemos um momento de guerra cultural e os agressores estão do outro lado, e procuram a todo instante se passarem como vítimas para a sociedade. Lembrem-se de que Patrícia foi vítima de uma mídia irresponsável que a pegou como bode expiatório para fazer média com grupos de ONGs esquerdistas – o mesmo canal de tv que a filmou, tb mostrou um negro fazendo gestos de macaco para o Aranha. Alguém citou isso? Claro que não! E já mostrei aqui que não irão citar -, Patrícia foi agredida e ainda humilhada por esses psicopatas que vêem racismo em tudo, menos quando ele é praticado contra o branco, a quem eles chamam de exploradores e opressores. E ainda possam na mídia como vitimados, quando na verdade são hipócritas a bradarem “NÃO AO RACISMO” e por trás dos bastidores jogam negros contra brancos. Confira aqui http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1758.
    Para por fim a essa minha contribuição sobre o tema “racismo”, deixo a melhor definição que já vi do assunto, que pertence a escritora e filósofa norte-americana, Ayn Rand. Eis a definição: ” O racismo é a forma mais baixa e mais cruelmente primitiva de coletivismo. É a noção de atribuir significado moral, social ou político à linhagem genética de um homem – é a noção de que os traços caracterizadores e intelectuais de um homem são produzidos e transmitidos por sua química corporal interna. O que quer dizer, na prática, que um homem deve ser julgado, não por sua índole ou ações, mas pelas índoles e ações de um coletivo de antepassados.”

  3. Quanto ao erro da torcedora, acho que já águas passadas, já que o Aranha não retirou a queixa, ela que se vire com a justiça, deve ter sua punição sim, o problema são os outros torcedores que estavam causando, não vão punir eles também ? deveria, e aí acabava com toda a polêmica ! se tivessem bom senso, voltariam com o Grêmio para a copa do Brasil, aliás quero ver se vai dar alguma coisa nesta última briga entre torcedores do Corinthians, se tomarão alguma providência, perda de mando de campo etc, o tribunal só age contra times do sul, tipo Atlético Paranaense, porque não usam o mesmo critério para Fluminense, Flamengo, os times de São Paulo, Minas, é muito estranho isto !

    • tudo bem , já puniram a menina que chamou o goleiro de “MACACO”, até mais do que devia, tendo em vista as enormes atrocidades que acontecem nessa país sem que nada seja feito contra seus algozes, por exemplo o torcedor que jogou o vaso sanitário na cabeça do outro torcedor, os inúmeros torcedores que morreram espancados e por tiros na saída dos estádios, e se formos relacionar ao pé da letra, Eu sou branco , jogo bola, e aqui acolá me chamam de vela branca, de lesma , devo mandar prender esses bandidos criminosos ou até mesmo queimar a casa deles? o culpado disso tudo acontecer com essa pobre menina é a imprensa, que para ganhar ibope, dramatizaram demais as coisas

  4. Na boa Pedro, sou eurodescendente, neta de italianos, branca de precisar passar filtro solar, palmeirense ( pode dar risada já não ligo, rsrsr ) , frequento estádios com o meu namorado há muito tempo, e nunca vi ninguém, nenhuma torcida ofendendo jogador branco pela cor, é verdade que xingam de tudo quanto é nome, mas pela cor só vejo pegarem no pé de jogadores negros, e se eu já fico constrangida quando acontece isto, imagina uma pessoa negra ao meu lado. Chamem do que quiser isto, xingamento de futebol, injúria, discriminação, preconceito, qualquer coisa, mas pra mim isto é racismo, e se existe no futebol que é um esporte popular, imagine no restante da sociedade. Concordo quando disseram que esta menina deu muito mole, hoje existem câmeras das Tvs, celulares, redes sociais, e isto tudo pode sim tanto nos ajudar como acabar com nossa reputação, que fique de lição para quem ainda insiste em tomar este tipo de atitude nos estádios, agora chamados de arenas. Concordo que houve exagero da mídia pegando no pé da menina, mas que ela foi inocente, ela foi ! Nenhum calor do jogo justifica tal atitude. E o Luisão tocou num ponto muito importante, a torcida já tinha sido avisada, já tinham precedentes, prejudicaram o Grêmio de bobeira.

    • É isto aí BIA, assim como o Roberto me disse que sou gente boa, venho lhe dizer que vc também é gente boa, muito inteligente o seu posicionamento, o país está precisando de gente assim com consciência, com bons pensamentos, tem “GENTE” que fica querendo justificar “essencia” de certas palavras, “certos termos”, e se esquece do principal, do grande EFEITO que isto causa na sociedade, dos danos psicológicos, morais e principalmente práticos do dia a dia, pode ser preconceito, racismo, injúria, ofensas raciais, peti de torcedor, não importa a classificação, quando ofende a cor da pessoa, estas coisas só nos trazem o mal, o ódio, e vc teve ou tem a mesma percepção que eu e muitos brasileiros. Chega de ódio, de racismo no futebol e em nossa sociedade, somos todos irmãos, todos humanos, eu só poupo e defendo a Patrícia por um único motivo , porque ela TAMBÉM teve esta PERCEPÇÃO ainda que forma tardia, mas teve, reconheceu seu erro, faltou ao Aranha só um pouco mais de humildade e querer encontrá-la logo para resolver de vez o assunto, pois no restante ele foi correto. Quanto ao seu Palmeiras, é só avisar que eles não estão jogando truco pra “levar 6″, hehehe. Calma é brincadeira, ( desculpe não resisiti ) . Um abraço, parabéns pela colocação e que seu Palmeiras se recupere.

    • Cara Bia. Quanto a sua observação de que “nunca viu ninguém, nenhuma torcida ofendendo jogador branco pela cor “, tenho a dizer-lhe, antes, o seguinte: essa discussão começou aqui por que saí em defesa da Patrícia dizendo que ela não praticou ato de racismo coisa nenhuma, e que, portanto, ela não deveria ser punida por algo que não praticou, e isso é questão de bom senso, não de opinião.A verdade é que usaram a garota como bode expiatória para poder dar respaldo aos interesses de um bando de psicopatas sanguinolentos que adoram dizer que o país é racista para semear na sociedade o ódio entre as pessoas e dele tirar proveitos. Não é à toa que a garota Patrícia foi obrigada recentemente a receber aulas de “lavagem cerebral” marxista, na central única de favelas do RGS, sob a alegação de que ela precisa de “educação social e racial”. Ocorre que apareceu o Luisão e, agora, a Neinha, para fazer joguinhos semânticos e tentar desviar o foco da questão falando sobre preconceitos e não mais sobre o tema “racismo”. Ora, “preconceitos” todos nós sabemos que existem no Brasil e de diversos tipos, não só com a cor, mas também em relação a sexualidade, aspectos físicos, quanto a origem do indivíduo ( sua nacionalidade, regionalidade) etc. Quantas vezes presenciamos, nos estádios de futebol ou fora deles, pessoas usando o termo “veado” como ofensa ou a dizerem que argentino é arrogante ou prepotente? Quantas vezes escutamos que Francês é pouco higiênico, que Judeu só pensa em tirar vantagem ou que Japonês é dono de um órgão sexual pequeno? E quando disso se trata é até elogio caracterizar o negro como “jumento”, afinal tem “aquilo” grande, não é assim? Quantas vezes escutamos pessoas de óculos serem chamadas de nerd e que baiano é preguiçoso? Será que você nunca presenciou alguém chamar o outro de branquelo ou de urso polar, de gorducho ou magricelo? Ou que num tom de ofensa tenha chamado o nordestino de paraíba? Lembra como o ex-jogador de futebol, hoje comentarista, o sr. Edmundo, tratou o ex-árbitro de futebol cearense, Dacildo Mourão? Se não, veja aqui http://m.youtube.com/watch?v=biqkLacuzbA. Teria inúmeros outros exemplos de preconceitos para citar, mas o assunto em questão não é o preconceito, e sim o racismo. Assim discordo de você quando diz “Chamem do que quiser isto, xingamento de futebol, injúria, discriminação, preconceito, qualquer coisa, mas pra mim isto é racismo”. Ora, “racismo” não é o que você ou o outro acredita ser. O racismo tem um conceito bem definido que o caracteriza. E como o foco aqui é o “racismo”, é dele que vou tratar, por mais uma vez, para lhe esclarecer o que disse sobre o tema.
      Para um país ser “racista” é preciso que o racismo seja nele uma ideologia operante, ativa, inspiradora de movimentos, partidos e associações, é preciso que o racismo nele seja crença amplamente aceita por uma parcela significativa da opinião pública e fortemente inscrita nas leis, nos costumes, na cultura popular e erudita. Nada disso acontece no Brasil. Aponte-me a existência, no Brasil, de partidos racistas, literatura racista, organizações racistas, militância racista, conflitos de rua entre grupos racistas ou qualquer coisa similar às manifestações que comprovam a existência do racismo nos EUA e na Alemanha? A única variável que alguns formadores e manipuladores da opinião pública utiliza como “prova do racismo brasileiro” são as estatísticas de inferioridade econômico-social dos negros. Ora, isso não é prova direta e auto-evidente de que o Brasil é um país racista. Para que esse efeito econômico pudesse ser explicado pelo racismo, seria preciso provar a presença atuante de uma ideologia racista na sociedade brasileira, em dose capaz de produzir esse resultado pelo acúmulo de exclusões propositais dos negros pelos brancos nos empregos, nas vagas escolares etc…Mas, na completa ausência dos meios concretos da propaganda ideológica ( organizações, livros, discursos, revistas, folhetos, assembléias, etc), o fator “racismo” só poderia ser alegado como causa daquele efeito econômico mediante a hipótese de uma transmissão mágica. Longe de constituir prova de racismo, qualquer estatística nesse sentido só poderia ser associada ao racismo caso este já estivesse provado por outros meios e se todas as outras causas que pudessem explicar o fato econômico nela apontado tivessem sido excluídas. Mas, entre essas outras causas, havia pelo menos uma que não só era fato histórico comprovado, mas bastava por si para explicar o fenômeno sem nenhum auxílio da hipótese “racismo”: entre a abolição da escravatura e o primeiro surto industrial brasileiro decorreram quatro décadas e meia; nesse ínterim, a população negra, desamparada por seus antigos senhores, se multiplicou sem que houvesse a menor possibilidade de integrá-la como mão-de-obra livre numa economia capitalista que simplesmente não existia. Assim, entre a hipótese da exclusão acidental causada por um fator econômico objetivo e a de uma ideologia que se trasmite magicamente por meios mágicos, só mentirosos interesseiros podem achar que “disparate” é a primeira hipótese.
      Já lhe apontei dois exemplos de preconceitos usados nos estádios contra jogador ou árbitro: um quando chamam o jogador adversário de “veado”, ou vai me dizer que nunca ouviu um “coro” gritando “Fulano, veado! Fulano, veado?”. Outro exemplo de preconceito existente nos estádios foi contra o ex-árbitro de futebol, o cearense Dacildo Mourão, ofendido pelo ex-jogador Edmundo. Cito mais um exemplo de preconceito, e agora em relação a cor branca, só para “matar a cobra e mostrar o pau”: quem vive o futebol sabe (ou deveria saber) que o Coritiba é apelidado de coxa-branca, porque, no início de sua história, seus times eram formados basicamente por descendentes de alemães, que com suas peculiares e aparências (altos, fortes e claros), eram alvos fáceis das provocações iradas vindas das torcidas adversárias. Em um AtleTiba, no ano de 1941, o ainda torcedor Jofre Cabral – que depois se tornaria presidente do time rival -, exaltado pelo fato do seu time estar perdendo um clássico AtleTiba, começou a gritar com o zagueiro Hans Breyer, chamando-o de “quinta-coluna”. Ao perceber que Breyer não lhe dava ouvidos, Jofre Cabral começou a gritar incessantemente: “Coxa-Branca! Coxa-Branca!”. Veja mais um preconceito no futebol. Mas, nem por isso, a torcida do Coritiba saiu ou sai pedindo a proteção do Estado para adotar medidas contra os rivais atleticanos, acusando-os de “racistas”. Será que é por que se trata de um clube formado com jogadores altos e brancos, por isso nem ligaram para a história? Talvez chamar branco de “quinta-coluna” ou de coxa-branca, não tem nada a ver com racismo, não é mesmo? Assim como se pode também, fora dos gramados, diante de câmeras e para o mundo, um representante de estado responsabilizar o “branco de olhos azuis” pela crise financeira mundial, sem que aparecesse um só grupinho “privilegiado” para acusá-lo de racista. Ah! Espalhar ódio de não brancos pelos brancos, isso pode! Não pode o contrário, não é mesmo?
      Enfim, você se identifica como eurodescendente. Mas, a propósito: um “mestiço”, chamado “pardo” pelo IBGE, não é também eurodescendente? A sua “culpa” é que você nasceu branca…rsrs… Pois do contrário poderia pleitear as benesses que o Estado pode oferecer para quem é não branco. Percebeu agora por que pegaram a Patrícia para bater.Ela simboliza a “classe exploradora e opressora”. Patrícia vai precisar usar bem mais do que um “protetor solar” para deixar de continuar sendo “queimada” por esses idiotas de esquerda, só pelo fato de ter nascido branca.Essa é a verdade.

  5. Por favor não me levem a mal, não é nada pessoal, mas este tal de PEDRO, está usando o espaço aqui para ficar falando de suas ideologias e política, quando o contexto é outro, e o pior que o tal de LUISÃO, ( que até fala umas verdades, é bem realista ) está caindo na “armadilha ” , tá mordendo toda hora, fica dando corda, moral pra essas pessoas que chamam os outros de oportunistas mas que na verdade elas não perdem nenhuma chance para descer a lenha em partidos que não vão de encontro com seus interesses, ainda mais nesta época de eleições, gostaria que a moderação do blog ficasse mais esperta com este tipo de atitude, não estou falando em censura, mas sim em puro oportunismo, e outra, contra fatos não há argumentos, quem acha que não existe racismo no Brasil, é porque deve viver em marte, só tenho dó desta menina ter que pagar o pato sozinha. Um abraço a todos !

  6. O gaúcho é racista? Se você acredita ainda em mula-sem-cabeça, você está certo, elas existem aos montes no Brasil e vestem a ideologia esquerdista do PT, PSOL, PSTU e Cia. Mas acreditar que gaúcho é racista, aí é preconceito descomunal.Quer ver? Clique em http://pt.m.wikipedia.org/wiki/Alceu_Collares e em http://pt.m.wikipedia.org/wiki/Paulo_Paim e veja a história de dois negros eleitos pelo povo gaúcho.Talvez até mesmo por familiares da garota Patrícia.

    • Luisão, não muda o foco cara! Já disse aqui e repito: preconceito há no Brasil e você acaba de concordar comigo que não é só contra a cor negra, quando indaga para mim: “então o oriental, o índio, o pardo, o nordestino, o próprio branco pobre, nunca sofreram preconceitos ? Claro que sofreram. Mas não sofrem atos de racismo. Todo o tempo disse aqui e repito, que o seu discurso é de um grupo politico bem intencionado, inclusive para usar o racismo quando lhe convém. Lembra do ex-presidente Lula que disse que a “culpa da crise financeira é do branco de olhos azuis”? Por que não caíram de pau em cima dele alegando racismo? Por que ele é branco? Só me falta essa! Aliás você assimilou muito bem o conceito de “racismo” do ex-presidente esquerdista quando indaga: “então as cadeias, as favelas, estão todas cheias de loirinhos de olhos azuis ? ” Bem… Deve ter pelo menos um e se está lá não é por causa da sua cor de pele e olhos, com certeza… Agora se as cadeias não estão “cheias” de pessoas dessa cor de pele e olhos é por que aqui não há tanta gente loira de olhos azuis, ou existe no país gente assim em quantidade tão grande? O Brasil é um país miscigenado, meu caro…Isso você faz questão de esquecer que viu nos livros de história, por que isso desmascara o seu show de ilusionismo de que há racismo no Brasil, não é mesmo? Não vou sair do foco, estou provando aqui que Patrícia foi vítima de psicopatas esquerdistas que apelaram agora para a camisa de força obrigando a moça a fazer curso de “educação racial”, leia-se por trás das palavras: “lavagem cerebral comunista”. O máximo que ela pode ter praticado foi crime de injúria e não racismo. Penso que nem crime foi, esse é o meu parecer.Doa a quem doer!Patrícia foi perseguida por isso, tudo por que um bando de idiotas úteis quis usá-la como bode expiatório.O resto é papo furado. Todas as besteiras que você diz aqui em relação a pré-conceitos (e não preconceitos), vejo no dia-a-dia, mas não contra a cor das pessoas, e sim contra os cidadãos de bem da sociedade brasileira que pagam impostos aos montes. O resto é só retórica marxista, para impor cotas racistas para “coitadinhos” da cor negra, para impor leis demagógicas que beneficiam os “coitadinhos” dos homossexuais, enfim para impor leis absurdas contra o “branco, homem, heterossexual e empreendedor”. Tudo isso sustentado com dinheiro público, arrecadado através dos impostos pagos por uma classe média massacrada. Você consegue citar somente jogadores de futebol, esses mesmos que ganham rios de dinheiro para gastar boa parte do que percebem com prostitutas, drogas e festinhas de luxo, e que adoram se aproveitar desses grupinhos de fanáticos nos estádios de futebol para ganhar espaço na mídia, talvez até para ir morar num país historicamente racista, como é o caso da Alemanha. Citei aqui vários negros que conseguiram, por méritos, conquistar espaço na sociedade brasileira mesmo diante de adversidades, inclusive um deles, como foi exemplo o grande educador e médico negro brasileiro, Ernesto Carneiro, que ocorreu logo após o abolicionismo, e você me veio com mais uma tagarelice comunista de que esse exemplo é “uma gota no meio do oceano”. Você consegue observar o que lhe convém. Não a realidade. Já te provei isso. Jesus disse: Buscai a verdade e a verdade vos libertará. Mas Jesus não disse Vai estudar cara, esse é o único meio de tu deixar essa visão torpe da realidade.

    • Então quando colocam bananas no carro de alguém, ( no caso do juiz ) quer dizer que não é racismo ? é um alguém de esquerda que inventou a história ? então quando imitam macacos para jogadores negros, a culpa é do livro do Mec ?! quando “confundem” e prendem por engano o ator negro que ficou inclusive preso por alguns dias , é coisa de comunista ? ! quando deixam de dar emprego para uma pessoa qualificada por sua cor, é por causa de interesse político ? então as cadeias, as favelas, estão todas cheias de loirinhos de olhos azuis ? então o oriental, o índio, o pardo, o nordestino, o próprio branco pobre, nunca sofreram preconceitos ? isto tudo é coisa dos livros de história do Mec ? me desculpe Pedro, mas como diria o saudoso Cazuza, as tuas idéias não correspondem aos fatos ! tem preconceito para todo lado, pra todo gosto inclusive de negro contra negro, preconceitos homofobicos, até a mulher bonita que acham não poder ser inteligente e é sempre vista como burra sofre preconceito, e não é por nada não, para cada escritor negro que vc citou, eu poderia citar 100 jovens negros que morrem brutalmente a cada ano na periferia, e não me venha se esconder atrás do “discurso de autoestima”, o que precisamos é prevalescer o direito de cidadão, e ter punição neste país para quem pratica crimes de injúria racial, aliás autoestima só vem antes de direitos no dicionário, se a Patrícia e milhões de brasileiros forem sábios, saberão usar a diversidade a favor do nosso país ! O ódio não nos leva a nada ! E concordo com a Neinha, vc é muito politiqueiro ! a sua sorte é que ainda assim reflito sobre suas considerações e postagens, pois gosto de opiniões contrárias, com tanto que tenham sentido, e as suas nos levam a reflexão sim, mas sem condições de concordar com as mesmas. Como diria Martin Luther King “Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele.” Patrícia seja forte, mas seja justa ! Gostaria de coração que a moça voltasse a ter uma vida normal, mas também gostaria que a “diferença” do tom das peles das pessoas fosse encarado como “algo” normal ! SOMOS TODOS HUMANOS ! Prometo pra Neinha que esta foi a última, chega ! kkk

    • Caro Luisão. Lima Barreto, Machado de Assis,Manuel Inácio da Silva Alvarenga,José do Patrocínio, Luís Gama (escritores);Pedro Lessa, Hermenegildo Rodrigues de Barros e Joaquim Barbosa (Juristas do STF); Ernesto Carneiro Ribeiro (médico e educados), todos eles negros ou mulatos, poderiam ficar lamentando da sua cor ou da sua estratificação social, mas não o fizeram. Mesmo diante de adversidades, estudaram e conquistaram espaço na sociedade brasileira por seus próprios méritos. Não, eles não são “uma gota no meio do oceano”, como você pensa. Poderia citar ainda outros exemplos de pessoas (negras ou de outras cores) que conheci em minha e que hoje vivem dignamente por conta de seus méritos, e certamente você também conhece. A nossa diferença está no fato de eu ter me exorcizado das retóricas marxistas, mas você não. Retóricas essas que me impediam de enxergar a realidade como ela é: dura e implacável, não com a cor do indivíduo, mas com todos aqueles que procuram se eximir das responsabilidades que possuem por suas decisões e atos, preferindo atribuí-las a algo abstrato, a quem não se pode atribuir de forma alguma o conceito do justo ou injusto, como é o caso da sociedade, pois termos que designam qualidades morais só se aplicam, na realidade, a indivíduos, não a estruturas sociais. Um homem pode ser mais justo que outro; uma sociedade, não pode, porque a sociedade abrange tanto os autores quanto as vítimas de injustiças. Acho que você entendeu bem o que quis dizer em minhas postagens, apenas não aceita a realidade porque ainda está intoxicado pelo veneno do discurso de antagonismos de classes sociais que injetaram em você. Sem mais, deixo o meu sincero respeito a sua pessoa, mas não ao que defende, ainda que inconscientemente.

    • Clóvis Kuntz disse em uma das suas publicações no seu facebook que O SUL É RACISTA, SIM…A postagem “o gaúcho é racista?” foi publicada anteriormente sem que eu tenha feito a devida vinculação, foi um questionamento às colocações equivocadas do Sr.Clóvis e que é fruto dos livros limitados de história que ele leu e que muitos continuam lendo e tomando como dados “científicos”, logo verdadeiros, qdo na verdade trata-se de retórica marxista e que tem trazido sérios problemas ao povo brasileiro, como trouxe para a garota Patrícia e outras pessoas.
      O gaúcho é racista? Se você acredita ainda em mula-sem-cabeça, você está certo, elas existem aos montes no Brasil e vestem a ideologia esquerdista do PT, PSOL, PSTU e Cia. Mas acreditar que gaúcho é racista, aí é preconceito descomunal.Quer ver? Clique em http://pt.m.wikipedia.org/wiki/Alceu_Collares e em http://pt.m.wikipedia.org/wiki/Paulo_Paim e veja a história de dois negros eleitos pelo povo gaúcho, sulista portanto. Talvez até mesmo por familiares da garota Patrícia.

    • Pedro, mano, não sei se vc acompanha futebol mas pára de falar umas “barbaridades” dessas, com todo respeito a sua pessoa, sabe qual a grande diferença entre nós dois, é que vc adora uma teoria furada, e eu e milhares de brasileiros independente de ser negros, brancos, orientais, índios apresentamos a prática, não escondemos o racismo debaixo do tapete igual a vc, não estou falando que sou melhor ou pior do que vc, até porque seria incoerente de minha parte vir aqui para desrespeitar alguém sendo que no momento o que mais estamos precisando é de respeito neste país. Joaquim Barbosa foi uma gota no meio do oceano na história do racismo no Brasil, quantos e quantos negros, brancos pobres, pardos, índios, mestiços, nordestinos, orientais já sofreram e ainda sofrem preconceitos neste país e vc fica querendo botar a culpa nos livros do Mec ! o senhor só pode e deve estar de brincadeira né ! para de ficar postando links que lhe convém, a internet e a vida real está impregnada de casos reais de racismo no Brasil basta consultar já que gosta tanto assim de um cliquezinho ! pergunte aos estrangeiros, principalmente africanos, bolivianos entre outros se já foram discriminados no Brasil ! aliás então se não existe racismo, o que é o caso do juiz, que cobriram o carro dele com bananas, o Arouca do Santos é outro caso que foi hostilizado no interior de são paulo, o zagueiro do inter Paulão sofreu, o tinga sofreu ( tudo bem que não foi no Brasil ), o Mauricio do Flamengo sofreu, estes são apenas alguns exemplos dentro do futebol, fora os casos de nosso cotidiano, até concordo que não é coisa de gaúcho, eu tenho amigos gaúchos muito gente boa, da melhor qualidade, também não é fato que acontece só com a torcida do Grêmio, infelizmente é uma situação de muitas torcidas e Arenas, que eu inclusive tenho também o costume de frequentar e até xingar, mas da maneira errada, é crime sim ! se vc passa no sinal vermelho, não significa que vc é do mal, é um bandido, mas cometeu uma infração, é a mesma coisa uma injúria racial ! a moça pode até não ser racista, mas cometeu um crime sim ! por isto posso garantir que não é nada agradável ver uma criança perguntando pro pai poque estão chamando só este ou aquele jogador ( negro pra variar ) de macaco, ninguém aqui defende privilégios, mas defendo igualdade, por isto que citei anteriormente Mandela, e Martin Luther King, sou da opinião da igualdade entre todos, a união e não a segregação entre pessoas de cores diferentes, pois raça só existe uma que é a humana, e torcedores sem noção ainda insistem em tirar a humanidade “rebaixando” homens a macaco, querendo dizer, a minha raça é mais evoluída que a sua, cale-se, ponha-se no seu lugar subalteno ! é um absurdo ! porém no caso da garota, ela errou mas reconheceu o erro, pediu desculpas ainda que de maneira assustada e aí o meu respeito por ela ! também está havendo discriminação, social ao meu ver, será que se ela fosse rica, estaria acontecendo tudo isto ? será que a mídia dará a mesma atenção para um jovem negro que é espancado pela polícia, sempre confundido por um bandido ! Já deu para perceber que vc é uma pessoa inteligente e esclarecida, porém radical e com fortes tendências ao “deixa pra lá “, ou a “maquiagem cruel” que há anos o racismo é praticado no Brasil, pois aqui é tudo camuflado, disfarçado, destorcido, nojento, e quer “fincar” a sua opinião infundada na cabeça das pessoas através de conceitos meramente teóricos e vazios. Uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa, Aranha fez o correto em denunciar, e a Patricia merece sim um julgamento, mas da Justiça e não de oportunistas, e cá entre nós hein mano, este assunto já deu no saco hein ! Affffffffff !

  7. Torcedora do Grêmio fará curso de educação racial veja aqui http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/09/torcedora-gremio-fara-curso-de-educacao-racial/

    Isso não passa de mais uma “lavagem cerebral” comunista…Veja só mais um caso de como isso se dá clicando em http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2013/09/seminario-direito-e-marxismo-na-ufsc.html Observe o tema VIII do seminário e faça a conexão com a monstruosidade que estão fazendo com a garota Patrícia. É preciso se tomar providências urgentes para desmascarar essa casta de burocratas histéricos e sanguinolentos que estão ocupando todos os espaços na sociedade brasileira.

  8. A questão não é se a moça é racista ou não, afinal de contas o próprio termos racista, já é racista por si só, já que a raça de negros e brancos são a mesma, afinal somos todos humanos, a discussão é que a mesma teve uma atitude racista e deve sim ser julgada pelo que fez, pois, chamar de macaco uma pessoa é jogar no lixo toda a humanidade dela,não me lembro de ninguém que tenha pago de forma exemplar por esse crime, desse forma não pagando, continuará do mesmo jeito… Esse tipo de crime é bizarro e acontece com uma sequencia monstruosa no Brasil. E comparar os termos macaco, com viado e filho da puta é tentar justificar o ato da mesma. O Racismo é burro e não faz sentido algum, e o fato do goleiro ganhar dinheiro e ter uma mansão não significa que pode ser chamado de macaco a classe social não justifica o Racismo, com esse pesamento só se propaga mais essas atitudes. O mais foda em um caso desses é que a vitima tem que provar perante a justiça que você tem o direito de andar livre como as outras pessoas andam. Criamos habito de negar o Racismo, negando o problema não tem como combater ele com seriedade, a luta contra o Racismo é pela sobrevivência, não é para mudar a cabeça de ninguém, é pelo minimo de dignidade. a Pergunta que fica é “Como uma criança negra se sente quando está no estadio e acontece uma situação dessas?

  9. Entendo que ficar discutindo racismo no Brasil, é como discutir sexo dos anjos,
    tem gente que acredita e tem gente que não acredita, é uma conversa totalmente improdutiva, eu particularmente acho nosso país muito preconceituoso não só com a cor da pele das pessoas, mas como também em outras várias situações, sexo, origem, religião, idade, e principalemnte condição social, o que precisamos é de medidas mais severas contra atitudes de torcedores que acham que podem fazer tudo dentro de uma Arena, assim como de pessoas que se acham no direito de fazer “justiça com as próprias mãos” acabando com a vida da gaúcha. Bom senso é melhor remédio para todos. E um abraço para o Tas, curto muito o seu profissionalismo !

  10. Existe racismo no brasil? Confira a história desse grande médico e educador brasileiro de cor negra clicando aqui pt.wikipedia.org/wiki/Ernesto_Carneiro_Ribeiro

    • Caro Luisão. É um direito seu dizer que existe racismo no Brasil e um direito meu mostrar que isso é puro oportunismo de gente que quer se dar bem. Já provei isso com um exemplo concreto, e há muitos outros. O que você diz ter sofrido na pele como racismo, não foi por sua cor. Afinal pessoas de outras cores tb sofreram e sofrem descasos e preconceitos de diversos tipos no Brasil e nem por isso usaram ou usam a tutela estatal para obter privilégios. Não disse que você participa de movimento de minorias, até mesmo pq não lhe conheço, mas conheço muito bem de onde vêm suas palavras.E com certeza estãos impregnadas de ideais subversivos, que ao contrário do que você pensa não surgiu do nada, na sua cabeça. Você está sendo induzido sim. Veja, você nem mesmo consegue enxergar um palmo adiante do seu nariz. Vai logo de entrada, na sua primeira postagem e segue nas demais, tentando se defender com a cor e a sua estratificação social dizendo que é negro e pobre, e que já sofreu na pele preconceitos devido a cor. Mas Joaquim Barbosa é negro e foi pobre, não é igualmente verdade? Ele poderia passar a vida toda se lamentando ou se utilizam de chavões vazios e infundados de uma esquerda militante. A sua apresentação é a mesma utilizada pelos movimentos oportunistas das minorias que costumam atribuir e justificar fracassos pessoais a cor, sexualidade e gênero da pessoa. Escrevi aqui não para denunciar uma pessoa (vocé não é a fonte responsável pela merda jogada no país, meu caro), entrei aqui para denunciar um grupo que se impõe pela força, usando um Estado autoritário para calar opiniões contrárias ao que são divulgadas por eles na mídia e que tem origem nos livros comunistas do MEC. O que estão fazendo com essa garota, e o que farão com muitos outros, é algo monstruoso, que tem origem no discurso ditatorial das massas. Se você quer defender realmente a Patrícia denuncie esse movimento racial que agora colocou uma camisa de força na garota, obrigando-a agora a fazer um curso de “educação racial” na central única de favelas do RGS, sobre o pretexto de ela precisa de uma “orientação social e racial”. Como se já não bastasse o que fizeram com ela, agora querem tirar da moça a sua liberdade de expressão com uma “lavagem cerebral” comunista bem nesse estilo aqui http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2013/09/seminario-direito-e-marxismo-na-ufsc.html , veja o tema VIII do seminário. O objetivo é claro: inseminar o ódio entre brancos e negros, entre heterossexuais e homossexuais, entre homens e mulheres, patrões e empregados, para dele se beneficiar, até implantar no país uma casta de burocratas sanguinolentos. Depois de conseguirem o que desejam passarão a perseguir aqueles que se colocarem contra a sua revolução independentemente da cor, sexualidade e do gênero da pessoa. Assim já denunciou a história.

    • Não viaja, quem é que está fazendo apologia ao ódio aqui ? quem está falando de livros de história, de Mec, de esquerdistas, quem é que parcticipa de movimentos de minoria ! prova !? quero ver ?! vc é muito teórico, acorda pra vida ! apenas sou contra o que estão fazendo com esta garota, e descordo completamente de vc quando fala que não existe racismo, é meu direito, não queira me convercer ao contrário com argumentos vagos e infundados, mas ainda assim respeito sua opinião, se vc quer acreditar em papai noel, coelhinho da páscoa etc, o problema é seu, boa sorte ! e não me julgue sem me conhecer, eu digo que o racismo existe poque infelizmente já sofri na pele, tive parentes e amigos que já sofreram, mesmo assim nunca banquei o coitadinho, por um simples motivo, porque não é os negros que sofreram e sofrem neste país, vide o caso desta garota, todas as sociedades tem os seus problemas e não foi induzido por ninguém, por partido nenhum, político nenhum, foi pela vida real mesmo. E não confunda racismo, com injuria racial, e também não confunda racismo com minorias ou com algo exclusivo aos negros, existe racismo pra todos os gostos infelizmente ! se vc tem bronca de esquerdista, ataque então os esquerdistas, pois eu não sou de direita, de esqueda, de centro, sou apenas mais um brasileiro clamando por justiça da maneira correta, coerente, proporcional e acima de tudo dentro do bom senso !Apoio a Patricia ! Respeito ao Aranha ! e chega desse assunto, fuuuuuuuuuuuuuuuui !

    • Quem prega ódio,meu caro, são esses movimentos de minoria, inclusive o movimento negro que dele faz parte.Pelo que vejo, no cotidiano, em favelas moram brancos,negros e pessoas de diversas cores. Vivem também nela heterossexuais e homossexuais, mulheres e homens. Então, repito, essa história de racismo, homofobia e machismo, é puro oportunismo eleitoreiro. O exemplo do Ernesto Carneiro, negro, é só um dentre muitos outros, e trata-se de um caso concreto, não são teses, teorias. Pelo que parece, você recepciona somente as “teorias” que convém a sua cor e que estão impregnadas nos livros de história impostos pelo MEC, a toda sociedade, goela abaixo. Muito provável que você defenda essa famigerada cotas negras, afinal a origem delas estão na mentira contida nesses mesmos livros. Pra que mas preconceito contra os negros do que essas cotas? Se você for honesto, você irá ficar do lado da verdade ao invés de ficar fazendo apologia ao discurso de ódio e ao mesmo tempo pedir “paz” para a garota que é apenas mais uma vítima desses oportunistas de esquerda.

    • Pedro, não vou querer me “aprofundar” no assunto, até pra perder o foco, entendo que o mais importante agora é o “reparo” do ocorrido, tanto pro Aranha, como para a Patricia,
      pro Gremio, pro torcedorm enfim para o Brasil. Só conhece o racismo no Brasil quem já sofreu na pele, que é o meu caso, aliás aprendi a ser mais prático nesta vida, foi o único benefício que o racismo me trouxe, ser prático e saber usar o direito de cidadão, lógico que também procuro cumprir com os meus deveres e um deles é apoiar esta moça depois que ela se arrependeu e pediu desculpas por motivos que já falei. “Vagas teorias”, teses, estudos, opiniões, palpites, pitacos, não vão me convercer, porque eu já fiz parte da tristes estatísticas que comprovam o racismo no Brasil, e é bem fácil, eficaz e VERDADEIRO, vc ou quem quiser pisar numa favela, acompanhar a vida de uma periferia, e até mesmo fora dela, e ver de perto como é a realidade, do que ficar perdendo tempo com consultas superficiais na internet, principalmente de outras épocas, hoje a “PARADA” é outra meu camarada, é bem mais cruel, louca, e perigosa, tanto pra quem sofreu ou fez a ofensa, o mundo virtual assim como qualquer invenção do homem pode ser usado tanto para o bem como para o mal ! e a mídia é sedenta por manilupações, estamos em uma era bem mais complicada ! Repito, se eu fosse o Aranha eu me encontraria com esta moça e até a ajudaria, porque também eu já ajudei e já me ajudaram nesta vida, ou seja, O CAMINHO DO BEM pode ser o mais longo e difícil mas sempre é o que nos leva para os melhores lugares. Chega de ódio e mágoas, vamos jogar bola ! Abraços, parabéns ao TAS, compartilho da opinião dele, E BOLA PRA FRENTE.

  11. Veja aqui http://m.youtube.com/watch?v=3Lmawwfsqd0 um comentário sensato sobre o tema do racismo no Brasil.

    • Pedro, muito bom e sensato realmente o comentário deste link que vc deixou, embora descorde de alguns aspectos, mas o importante agora é não deixar que a mídia continue destruindo a vida desta moça. Justiça é diferente de vingança, de ódio, de querer o mal de alguém, chega de ser gado da mídia ! acorda Brasil !

  12. SOU NEGRO E POBRE. Já sofri preconceitos neste país, e posso dizer sem nenhuma dúvida que não é assim que se “COMBATE” o racismo. O Aranha fez o correto em denunciar, é seu direito de cidadão, “defendeu bem “, se acharem que foi só xingamento de futebol, problema de quem acha isto pois não vejo ninguém atirar bananas para jogadores brancos, PORÉM venho ser solidário a esta moça ( um ser humano caramba ! ) porque RACISTAS de verdade não pedem desculpas, falo isto por experiência própria, mesmo ameaçados, eles jamais PEDEM desculpam, são arrogantes, e frios, no máximo se calam ! ela “simplesmente” errou e deve pagar pelo erro na justiça, e espero que seja uma pena educativa, que ela como pessoa cresça e sirva de exemplo, aliás é o que mais falta neste país, educação, o racismo só vai diminuir quando tivermos uma educação qualificada que nos ensine as consequências da época da escravidão até os dias de hoje, o nosso país não soube até hoje absorver e licar com isto, está na hora de aprender. Chega de Ódio, de mágoas, rancores entre raças, de sensacionalismo, de massacres midióticos, como diria o grupo de RAP Racionais Mcs, o sistema quer isto a molecada tem que aprender !…temos que ser mais inteligentes e usar a DIVERSIDADE a nosso favor, poderemos ser uma potência racial se a igualdade, respeito, tolerância e bom senso andarem juntos, mirem-se nos exemplos de MANDELA, e MARTIN LUTHER KING, temos sim que respeitar a atitude de Aranha que foi digna, não foi omisso, não estamos mas no tempo em que os jogadores negros tinham que passar pó de arroz pra “disfarçar” a pele, e parabéns a Patricia por reconhecer o erro e ser humilde em pedir desculpas, eu particularmente daria sim um abraço nela e acabaria logo com mais este episódio de ódio derramado neste país. NÃO VAMOS PERDER DE GOLEADA PARA A INTOLERÂNCIA !

    • Valeu Roberto ! e boa sorte em seu trabalho de animação, e como diria Matin Luther King
      “O perdão é um catalisador que cria a ambiência necessária para uma nova partida, para um reinício.” Vamos usar a diversidade em nosso país como aliada e não como inimiga !

    • Cara, tu é gente boa. Dificil ter pessoas que pensam dessa forma. Estou criando uma animação em 3D pro anima mundi sobre racismo e vou por esse seu pensamento. abraços

  13. Sou corintiano moro em São Paulo,pra mim que estão fazendo com essa moça é um absurdo hipocrisia e sensacionalismo da imprensa já fui muito em estádio já chinguei jogador juiz já vi um estádio inteirinho encoro chingando jogadores adversários e nunca ninguém foi preso ou punido agora por causa de uma simples emoção da torcedora do Grêmio fazerem isso com ela não acho justo,então pra mim só faltaram colocar ela em praça pública e acender uma fogueira igual fizeram com Joana darc e outra a opinião mais correta foi do Pelé o Aranha se precipitou e se eu fosse a Patrícia pediria desculpas somente ao clube do Grêmio

  14. A posição da gaúcha parece ser a seguinte: vou falar o que o advogado mandou.
    Infelizmente ela colocou, em um de seus pedidos de desculpa, o grêmio acima do Aranha. Parecia estar mais preocupada em prejudicar o time do que o goleiro.
    Essa posição da guria prolonga a exposição na mídia, e aumenta a revolta da população contra ela.
    Infelizmente ela vai ser punida em nome de um grupo que praticou um crime, independente de arrependimentos. Ora, é óbvio que ela se arrependeu, pois está pagando caro pelo erro.

  15. Expuseram excessivamente a imagem da garota, explorando o assunto como um ótimo exemplo a punição. A mídia, foi muito hipócrita, e é assim sempre! Destruíram a vida da garota e da família dela, que não tinha nada a ver com a atitude da filha. A garota cometeu um erro, foi infeliz, mas, que exagero! Estão surfando nessa onda, aproveitando da situação, muitos oportunistas que, com certeza nem luta por justiça ou pela igualdade racial, só fizeram vandalismo, destruindo a residência da família da garota. Aquele grupo em frente a delegacia com uma faixa, ou sua bandeira, hostilizando a garota, então se cria o ódio para combater o preconceito? Agora, reparem como a mídia é hipócrita, com certeza irão cobrir com “”exclusividade”" o vandalismo cometido na residência da família da garota, bando de abutres carniceiros. Essa garota deve entrar sim com um processo contra a mídia sensacionalista que fez do episódio um “xou” absurdo, com o pretesto de pregar a luta contra o preconceito! Ah, o jogador “aranha”continuará recebendo seu alto salário, e agora será o garoto propaganda contra o racismo, e todo mundo ganha!!!

    • Não concordo, sou contra com a discriminação racial, mas ela deveria ter xingado ele de filho da puta, corno, safado, viado que não iria acontecer nada com ela….. como xingam todas as torcidas aos jogadores e juízes e auxiliares (bandeirinhas) e outros que xingaram? não acontece nada? só com Patrícia? A mídia pegou a menina de bode expiatório. O aranha deu uma de coitadinho, deu seu showzinho, quis se aparecer. Só não gostei dela de estar se humilhando, deveria ter mais postura dizendo, eu xinguei e errei e pronto, deixa que a justiça resolva. Xingar o jogado e o juiz de filho da puta, corno, safado, viado…..aí pode! isso também é injúria….aaahhhhh muita demagogia, todos querendo se autopromover, porra! coisa de torcida! vejam e ouçam a entrevista de Pelé, o negão tem categoria pra falar sobre o assunto. Culpada é a mídia, em certos caso a mídia podre!

    • A Patricia está pagando sozinha por seculos de preconceito, se fosse um homem gritando no estádio a repercussão seria a mesma ???
      porque julgar e condenar desta forma tão cruel; acabaram com a vida da menina; para mim macaco foi ela que foi na onda dos outros sem parar para pensar. E a sociedade brasileira que tambem vai na onda da imprensa e faz uma barbarie desta. Engraçado assistimos de camarote a saída do j. genoino do presidio para cumprir pena no domicilio, parece que isto não é questionavel. Queria que Patricia soubesse que me solidarizo com ela e sua familia.

    • concordo contigo eu no começo fiquei revoltado com ela porque somos todos irmaos ,mais ela se arrependeu ,entao se somos todos irmaos vamos perdoar ela ,ela ja pagou pelo que ela fez com o susto que levou .vamos ajudar ela a passar por isso passem essa msg para todos que conhecemos ,pois nao esquesao viemos do mesmo lugar obrigado .

  16. Tas, agora veja você mesmo e demais leitores do seu blog essa notícia que deixou a todos aqui no Rio Grande do Sul perplexos:

    http://esportes.br.msn.com/futebol/casa-de-torcedora-gremista-que-xingou-aranha-%C3%A9-incendiada-em-porto-alegre

    Se isso não é uma caça às bruxas, então não sei o que é…

  17. FABIANO SALOMONI FRAGA 12 de setembro de 2014 at 14:20

    Por favor, que bobagem, nem foi pra tanto, os negros são muito mais racistas que os brancos, palavras do negro Aguinaldo Timóteo, poxa, ela esta no calor do jogo, eu preferiria ser chamado de macaco do que ser morto, como acontece em São Paulo, como aconteceu na Bolívia, não vamos nos enganar, isso foi um prato cheio para a imprensa, que já vinha sem matérias sensacionalista a um tempinho, agora incendiaram a casa da menina, que horrível isso, agora tem que chamar aquele bobão do afro descendente, goleiro do Santos e fazer ele pagar outra casa para ela e sua família. Sou branco, não tenho nada contra os negros, mas também não sou a favor de cotas para isso ou aquilo, conheço pessoas pobres que hoje são médicos e estudaram em bibliotecas publicas e via internet gratuita, como a que tem na assembléia, então pessoal, brancos e negros, vão estudar, para não precisar ficar mendigando favor para tentar ser alguém na vida. Eu como já disse, sou branco e tenho o primeiro grau somente. Sera que eu também poderia ter cota branco? vtf

  18. Há poucos meses atrásum outro jogador de futebol, Daniel Alves, ao receber uma banana jogada por um torcedor na Espanha, comeu a banana e ainda declarou que não se abalou com o incidente e pediu que o atirador da banana, David Campayo Lleo recuperasse seu emprego. Segundo ele “Minha única preocupação é que o garoto perdeu o emprego, e eu não queria isso. Não queria prejudicar ninguém. Ele fez uma brincadeira, e as pessoas ficaram revoltadas. Peço que devolvam seu trabalho – declarou o camisa 22 do Barcelona à rádio “Rac1″.”( copiado do G1). Após esse ato considerado racista, Neymar aproveitou para lançar a campanha “SOMOS TODOS MACACOS”, e aí já apareceu o Luciano Huck, Angélica, e mais um monte de famosos postando fotos comendo bananas e com os dizeres: “SOMOS TODOS MACADOS”… o torcedor do Villareal foi processado e punido, o time foi punido – em dinnheiro, no entanto ninguém aqui no Brasil acendeu as tochas para caçar essa pessoa lá Espanha… queria saber o que houve com a campanha “SOMOS TODOS MACACOS”??? Daniel Alves perdoou o agressor, se importou que ele recuperasse seu emprego, e não tirou vantagem de estar em evidência na mídia por esse motivo… É incrível a hipocrisia do ser humano… dois pesos e duas medidas… além de covardia, pois em meio a tantos que gritavam acharam mais fácil condenar e apedrejar (sim, apedrejaram a casa da guria) uma moça… povo covarde! Quem fez isso faria o mesmo com um grupo de torcedores…? Acho que não!

  19. Não gosto de julgar ninguém, mas estão dando muito espaço pra essa menina. A expressão dela, ao xingar o Aranha, era de repugnância, mesmo. Simplesmente merece punição e ponto final. Esse negócio de a tratarem como uma “celebridade”, vai acabar não resultando em nada. Daqui a pouco, recebe convite para posar para revista masculina e ainda sairá lucrando em cima da ocasião. Diz que chora e não cai uma lágrima! Impressionante como é dissimulada! Ridícula, mesmo.

  20. A sociedade está sendo um hipócrita nesse ponto , tudo bem , o que a menina fez foi muito errado , so que ela reconheceu o erro e vai pagar por ele , mas , a sociedade a julga como se todos fossem santinhos , como se ninguem ja tivesse feito um piada de mal gosto , seja com negros , magros , gordos , baixinhos e etc… todos estão chingando a menina de puta , vadia , tanto que ela até excluiu as suas redes sociais, acho que as pessoas que estão chingando ela , não são diferente dela , pois estão ofendendo um ser humano , seja negro ou não , n deixa de ser um ser humano , então , plmds , vamo parar de julgar a guria e deixar que a justiça seja feita ¬¬’
    Agora quanto ao Grêmio , acho que não foi uma punição justa , afinal , o time não tem culpa sobre as atitudes da torcida :)
    obs : não sou gremista , sou cruzeirense

  21. Pois é! Sou totalmente contra o racismo, assim como também sou contra a exploração da imagem de uma menina imatura como esta em questão, estão apedrejando ela como se isso fosse resolver o problema de racismo existente no mundo inteiro, eu acho que ela deve ser punida sim, mesmo porque ela já responde pelos seus atos, e racismo é crime. Agora uma coisa é responder judicialmente pelo delito e outra coisa é massacrar um ser humano como se tivesse praticado um crime hediondo.
    Mas o que me admira é a hipocrisia humana neste país… Prestem atenção no que vou descrever, ao menos 40% das pessoas que criticam esta menina pelo fato de ter chamado o goleiro de macaco, são adeptas a teoria evolucionista deixada pelo cientista inglês Charles Robert Darwin, de que o homem pura e simplesmente é uma evolução do macaco, é até engraçado não é? Hora se acredito que sou uma evolução do animal em questão, por que será que entendo que ser chamado de macaco é uma ofensa? Hora se isso não é hipocrisia então é burrice, ou será que estou tão equivocado assim?
    Quero deixar bem claro que sou cristão e abomino a teoria da evolução, acredito sim nas escrituras que me ensinam que o homem foi criado por Deus a sua imagem e semelhança, “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” Gênesis 1:27. Neste caso eu e todos os demais cristãos de verdade teríamos todos os motivos para apedrejar e até mesmo crucificar esta garota pelo destrato a um cidadão, mas o cristão também acredita no perdão, na piedade e na misericórdia, não só acredita, mas também pratica, pois quem não tem pecado que atire a primeira pedra…

    Mas as pessoas que estão judiando da Patrícia são hipócritas, e sem opinião própria, fazem suas criticas sem analise, pois agem por impulsão assim como ela alega que o fez cometendo o delito de racismo, povo sem raciocínio próprio… Não tem idéia do mal que esta causando a esta vida, ela não pode nem se quer voltar para sua casa, pois esta sendo ameaçada de morte, sua vida esta interrompida pela hipocrisia e ignorância humana, é lamentável!

    • Nicole me perdoe, mas acho que você esta equivocada, a teoria evolucionista é muito clara de que o homem é sim uma evolução do macaco, leia um pouco mais a respeito você esta desenformada… Agora sua comparação de que o homem parece com um macaco e isso é bom é no mínimo esdrúxulo, Deus criou o homem com perfeição de detalhes físicos e inteligência incomparável, é inaceitável tal comparação… E por ultimo, acho que você não leu meu comentário direito, em nenhum momento estou inocentando a referida, ela errou feio por ter chamado um cidadão de macaco, pois pra mim isto é ofensivo sim…

    • Meu caro, o homem não “evoluiu do macaco”, o homem evoluiu de um ancestral comum com o macaco, que não era nem macaco, nem homem. Não há nada de inerentemente errado em se chamar alguém de macaco – somos muito parecidos com o macaco, ser ágil como um macaco é uma coisa boa, etc, o problema é chamar alguém de macaco a fim de inferiorizar a pessoa, ainda mais fazendo referência à raça dela.

  22. Galera… essa moça não merece tudo isso.
    Porque apenas ela que ta tendo esse julgamento tao rigoroso pela população??
    Pelo que todos nos sabemos grande parte da torcida do Gremio estava com o mesmo ato que ela.
    Nao vamos usar de violência para consertar o erro dela.
    Todos nos sabemos que é muito errado o que ela fez, mas quem é torcedor fiel sabe a emoção que passa dentro de um estádio de futebol. Não quero acobertar o erro dela. Mas nao precisamos errar também julgando essa garota com atos violentos.
    Vamos tentar ser mais humano e compreender um pouco.
    Ela errou siim, mas ela ja adimitiu seu erro e pediu desculpas.

  23. O povo brasileiro não sabe usar internet. Fugindo um pouco do assunto principal (uma vez que a moça já pediu desculpas e está comendo o pão que o diabo amassou -porque aqui é assim: você fez algo de errado, você tem de se lascar, todo mundo que pisar no seu pescoço, você tem de sofrer o impossível!), no brasil, em especial nas redes social, a maioria das pessoas compartilham postagens sem conferir a fonte, sem olhar a data da notícia, sem sequer conhecer do assunto. Todo mundo quer enfiar o nariz aonde não é chamado, mas não tem bagagem nenhum pra tratar sobre o assunto. Tudo na internet vira uma bola de neve. E é nessas horas que a gente vê que as Leis brasileiras não significam nada para as pessoas. Gente sendo espancada na rua; amarrados em poste. No Brasil, todo mundo é juiz e executor! Isso é o rascunho do caos. Crimes piores muito piores são cometidos por essas “cidadãos de bem” que fazem justiça com as próprias mãos. Esse descontrole total da sociedade não vai terminar bem. A Justiça brasileira precisa ser reforçada… mas reforçada por gente que entende do arranhado e, então e principalmente, fazê-la ser cumprida por todos IGUALMENTE!

  24. Acho que a justiça neste país está completamente desconectada com a realidade. Já que em um Pais onde a impunidade por crimes graves e sérios são frequentemente aliviados com propinas , corrupção , e quantas vezes vemos impunidades diárias serem noticiada nas mídias, pois assassinos cruéis, cujos crimes são violentos , mas pelo simples fato de terem algum prestígio ou é de porque são uma classe privilegiada, saem impunes ou muitas vezes com penas que nem podem ser consideradas como penas reais. Agora vemos uma torcedora sendo exposta massivamente a uma saraivada de criticas , por ter xingado de macaco publicamente um cidadão que aliás, deveria também ficar incomodado por ter o apelido de aranha. Pois bem, este negócio de racismo neste Pais não é muito claro assim com muitas questões sociais. Neste embalo , acredito que os juízes também devem justificadamente processar quem xinga a mãe deles todos os dias. E que dirá de cidadão negro que refere-se á um cidadão de cor clara como Branquelo , ou transparente ou urso polar ou sei la oque. acho que o que realmente falta nas pessoas é a autoestima em alguns casos. Se voce é barrado em um local público por conta de sua cor , religião , etc, acho que aí sim é um caso de crime racial , agora , xingar, apelidar, ou coisa do tipo, pô vai procurar assunto lá do outro lado.

    • Li seu comentario , por um acaso voce se lembra do caso do indio Galdino?
      ninguem foi apedrejar ou queimar a casa dos riquinhos que cometeram aquela barbarie.
      porque acabar com a vida da moça?? Ela errou, mas quantos de nos cometem bobagens no calor da emoção?

    • Isso Jair. O problema é de autoestima mesmo. Antes as pessoas tinham autoestima elevada, não precisavam do estado para se imporem e defenderem.Mas, hoje, usam a ditadura estatal para isso. Na verdade, são pessoas oportunistas que se beneficiam da tutela estatal, nada mais. Aranha é só mais um.

  25. Eu vejo como uma tremenda injustiça. Ela foi apenas uma de parte de um coro dentro do estádio, há imagens de outros torcedores imitando macaco e eles não sofreram esta pena de linchamento popular. Há preconceito de tudo que é lado, de quem critica ela sem a conhecer (crucifica-la pelo ato criminoso, porém fruto de um momento de tensão no jogo, o que acontece) e também reflete o preconceito das emissoras de TV, que degradamente, a fim de ilusionar a respeito da presença nos estádios, o foco das filmagens da torcida geralmente estão nos setores elitizados, nos âmbitos de familiares, mulheres, casais e etc (reparem que toda transmissão filmam casais de times diferentes torcendo juntos), enfim, a infelicidade do ”flagra” da câmera decorreu da atitude das emissoras em poupar o telespectador da imagem do ”povão” presente no estádio.

  26. A garota cometeu um ato racista mas não significa que ela acredita numa diferença de raças. Os amigos negros dela ja testemunharam que ela não é racista. O que aconteceu foi mais um caso de violência no futebol, ela poderia ter jogado um vaso sanitário no goleiro (estou exagerando), mas o que tinha à mão para machucá-lo eram xingamentos racistas.

  27. Acho que o jogador Aranha só quis se promover profissionalmente, pois as arquibancadas estão cheias de torcedores que xingam os jogadores o tempo todo de nomes até piores, só que a “torcedora” deu o azar de estar sendo filmada pelas câmeras, e ai a mídia cai de cima mesmo!! Desnecessário tamanha proporção desse acontecido.

    Khelen Oliveira
    Ituiutaba/MG

    • Entao se vc for num jogo vc chama os jogadores de negro,macaco e e normal.por isto q o rascimo nao diminui por as pessoas sao racisda so dentro do estadio. Knkkkkk e na sua opiniao eles todos q critaram tem ou nao q ser punidos

  28. É com grande tristeza que vejo uma jovem ser usada como exemplo daquilo que a anos vem sendo rechaçado pela sociedade. Tanto alarde por uma infelicidade? Uma torcedora no afã de sua agonia comete desatino de ofender um jogador? Sinceramente não acredito que o coração dela seja tão mau e leviano assim, se expor à ponto de ser humilhada publicamente. Acorda meu povo! O preconceito em nosso país é contra os menos favorecidos, contra o pobre. É um problema de educação. Entendo que só existira justiça se o nosso povo tiver direito a educação. É bom lembrar que se esta menina fosse de menor não aconteceria nada com ela e ninguém poderia expor esta jovem na mídia como estão fazendo. O Estado intervem na família, não existe justiça, nos tiraram o pátrio poder, pois não podemos corrigir nossos filhos. Tudo agora é ilegal. Não deixe o Conselho Tutelar adotar seu filho. Adote-o antes que ele se perca. Pense nisso.

  29. Desculpe Tas,

    reconheço a sua consideração por esta menina … mas a imprensa que massivamente expôs e colocou ela com um simbolo da agressão que o Aranha recebeu … mas infelizmente vc como o Danilo Gentile tem que ter cuidado como se expressa devido a grande proporção que chega a sua opinião … pois muitos não conseguem solidarizar referente ao racismo e tem isso como uma piada … comentei sobre o Danilo Gentile que penso que não é racista mas ao tempo atras pensou que estava pensando em fazendo o bem e comparou chamar o negro de preto era a mesma coisa de chamar o gordo de baleia e etc … o texto infeliz para mim por que não vejo ninguém fazer piada de judeu sobre o holocausto … pois tb pouco se fala no Brasil sobre quantos negros foram mortos … apenas por ser negro … açoitado e as mulheres abusadas … ser chamado de macaco é tudo isso para mim … e ao meu bisavô que foi escravo e marginalizado … qto ela deve suportar ao povo medíocre que temos … pois que tem a coragem de fazer um self no enterro do Eduardo Campos … imagina que pode fazer a essa menina … mas deve ser punida ela e todos que não sabem o que é respeitar uma igualdade de gênero e cor … essa é minha opinião … que pode ser descordada e até transformada em piada para ser desconsiderada …

    • Essa historinha de vitimização por raça não cola para pessoas esclarecidas, cara. Quantos negros não foram mortos por negros na África? Segundo os esquerdistas, oportunistas e responsáveis pelo ódio de classes, o povo egípcio era negro, e se eram de cor negra, então perseguiram e mataram vários brancos.Pq você não diz isso que está nos livros de história adotados pelo MEC e que você decorou durante toda uma vida? É oportunismo político e um ato de desonestidade usar a cor ou a sexualidade para obter privilégios. Recomendo que se informe…procure ir além dos livretos da história autorizados pela ditadura nacional, se é que você tem interesse em conhecer a verdade. Negros são e foram perseguidos e mortos sim, mas brancos e pessoas de outras cores também o foram, e nem por isso usam a cor para se darem bem. Aranha é só mais um idiota útil que existe no Brasil.Usado, manipulado por pessoas que têm sede de poder.

  30. Sou gaucha, torcedora e acima de tudo sou gremista. Essa menina estava no momento errado e no lugar errado, por que quem nunca agiu pela emoção ou raiva do seu time estar perdendo? Ela foi completamente errada e já está pagando por seus atos… foi demitida, sua casa apedrejada e por ai vai… Grêmio jogou no ultimo sabádo contra o Flamengo, nossa torcida foi chamada de racistas e de viados e isso não é preconceito? Nossa torcida tem brancos, negros e pardos ou outros como todas as outras torcidas mas agora estamos todos sendo julgados por pessoas que muitas vezes não tem moral pra isso… o time foi prejudicado e excluído da competição mas ai me vem a pergunta, com tudo isso o racismo será erradicado no Brasil? Acho que muito fácil está sendo crucificar, mas ninguém quer olhar pro próprio umbigo.

    • Pois é Karine…Eu sou torcer do Inter e encaro com naturalidade a rivalidade existente entre times de futebol. Pessoas de bom senso sabem que, torcedor do Grêmio chamar colorado de “macaco” e torcedor do Inter chamar gremista de “gazela”, isso não passa da rivalidade no futebol. Durante muito tempo sempre escutei pessoas se dirigindo a outras com epítetos de magrelo, gorducho, branquelo, negrão, índio, viado etc e as pessoas levavam isso na boa, até retrucando de forma sadia.Depois dessa ditadura esquerdista, instalada no Brasil desde FHC e agora aguçada pelos petistas, nunca mais as pessoas foram livres para agirem, discordarem, se imporem, procurarem melhorar a sua autoestima.Preferem buscar o caminho mais fácil, usando o estado para impor o seu viés coletivista e ditatorial sobre o indivíduo.Lamentável o que fizeram com essa moça. E não se iluda: muitos ainda serão alvo dessa ditadura velada no Brasil.

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:08

      Concordo com vc qdo diz que i racismo não será erradicado…no entanto é a partir dessas atitudes que estaremos dando mais um passo p que isso, quiçá, algum dia venha a acontecer. Ela errou e precisa pagar por isso…p isso temos o judiciário. Se estão crucificando ela, o problema são das pessoas que querem fazer justiça a qqr preço. E quem está crucificando ela tb não é racista?

    • tudo besteira o povo só vive por futebol jogadores ficando rico e a mídia ainda mais
      e os trouxas fica se matando por causa de uma time como se fosse mudar um resultado
      com passar dos tempo nada mais vai fazer sentido, matarão a seleção brasileira ,como a corrida matou o Airtom senna ,em fim o povo é ignorante e sempre vai ser assim.

  31. e facil punir um time somente, mas quero ver se daqui para a frente em qualque campeonato que ouver racismo se vao desclassificar todos os times principalmente os time de sao paulo e rio de janeiro …punir um time do sul ou do norte e muito facil quero ver punir todos daqui pra frente……….

    • ISTO TUDO É UM ABSURDO.E SE ELA TIVESSE CHAMADO ELE DE MICO DOURADO? OU DE BUGGIO? TERIA ESTA REPERCUSSÃO? E SE NO LUGAR DE ARANHA FOSSE UM JOGADOR DE VÁRZEA O STDJ TERIA TIRADO O GRÊMIO DO CAMPEONATO?RESOLVEU O PROBLEMA TUDO ISSO? O QUE A TORCIDA DO FLAMENGO FÊZ NO DOMINGO COM A TORCIDA TRICOLOR NO MARACA ? E ONTEN, O RACISMO CONTINUOU.

  32. Saiu barato. Deve pagar pelo ato de racismo. De fato o povo do Sul é bem nessa linha e acredito no exemplo que pode dar esta conduta deprimente.
    Está saindo muito barato e deve SIM ser um exemplo das consequências da conduta reprovável dessa pessoa.

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:11

      Márcio Ribeiro, ela está tendo o merecido. E qto ao Aranha, não esqueça que foi quem sofreu o ato racista dessa “pobre menina”. Que saibamos que todo ato gera uma consequencia…

    • Realmente acha que saiu barato,a guria perdeu o emprego,teve a casa pedrejada,tem que durmir um dia em cada casa teve a vida transformada num inferno e enquanto isso o goleiro aranha virou celebridade,todos da familia dele dá entrevista…tirando a hipocresia de lado…quem realmente está sendo racista e quem está sendo prejudicado?….

    • Dizer que “o povo do sul é bem assim mesmo” é tão preconceituoso quanto manifestar preconceito de cor. Gostaria de saber de onde tirou isso, pois eu sou do sul e essa garota não me representa.

  33. Não é a imprensa que a fez um monstro e sim um celular que a flagrou em um momento em que ela mostrou sua verdadeira face e o seu verdadeiro ser ..a imprensa ésta fazendo a parte dela de informar, é inevitavel aqui no Brasil a convivencia dela com negros, por isso essa foto dela com uma menina negra existe, não quero que ela seje colocada em uma guilhotina, mas apenas que pague por ter insultado ser humano só por causa de sua cor de pele, por ser achar superiora a outro ser humano por que a sua cor de pele é mais clara, ela esta colhendo o que plantou ou o que gritou, mas como eu disse no comentario anterior ja tem pessoas com dó dela, pena, por que imagino que nunca sofreram preconceito por ser de outra cor ou diferente, se sofressen saberiam o que o goleiro Aranha sentiu ao ouvir muitos o agredindo no estadio por ele ser negro. A moça é racista e merece ser tratada como tal ponto final.

  34. Concordo com você Tas, e acho que a mídia aproveita demais do caso e fica acabando com a imagem da garota só porque conseguiram uma imagem nítida da atitude dela, e os outros que fizeram a mesma coisa? Ela errou sim e deve pagar por isso mas não é a mídia que deve fazer isso nem os telespectadores, vamos deixar para quem cabe essa responsabilidade. E viva o Aranha!

  35. Sabemos que toda causa tem seu efeito, ela deveria ter pensado que seu ato traria consequencias e ela teria que arcar com o que viesse. Sempre se é perdoiadao um ato assim sem punição, concordo com o que disse, ela ja foi punida , todos viram, após isso a vida dela muda naturalmente, não tem que ser mais crucificada, e qto ao clube, tem sim que ser punido, para que não ocorra mais isso, foi esse ja ato ocorreu antes. Temos que saber que punição existe se não quero , o melhor é pensar antes de se fazer algo .

  36. Realmente, estão dando um foco maior (caso dessa Patrícia) do que o necessário, não é de agora, que isso acontece, o Sul tem muito disso, esconde bastante os seus preconceitos, mas julgar fica fácil, a menina errou, e errou feio… Mas, vale lembrar, que um episódio, bem mais sério, aconteceu aí, pelas bandas, do Sudeste, e não vi nenhum “caça às bruxas”, naquele episódio, vergonhoso, do assassinato fora do país, por indivíduos de uma determinada torcida, até hoje, estamos esperando as desculpe de meia duzia, que envergonharam nosso país fora das Terras Tupiniquim. Pois é, aí, eu me pergunto, O Corinthians, naquela época, foi PUNIDO? Sua torcida pagou pelo crime de alguns? Mas, claro, era o Corinthians, né??? Desculpe-me, nada contra, mas fica injusto. Só acho… (Deixo claro, que sou totalmente contra as atitudes preconceituosas protagonizadas por “alguns membros da Torcida gremista”).

    • Deve SIM ser dado o foco para servir de combate ao racismo que o povo do SUL comete contra as pessoas afrodescendentes. Além de cadeia espero que pague com o bolso pela conduta desabonadora.

  37. Como diria o alborghetti: Cadeia nela!

  38. O goleiro Aranha é só mais um manipulado por esses oportunistas de esquerda com esse discurso oportunista da tal de “lógica da dominação histórica”. No Brasil, país miscigenado, nunca existiu racisco, o que existe na verdade são uma minoria de pessoas racistas, muitas delas oportunista, como o Ex-Presidente da República, o Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, que disse em 2009, em entrevista a imprensa britânica, que “a crise financeira mundial foi causada por “gente branca, de olhos azuis”. Se isso não for racismo, muito menos o é dessa garota, que impulsionada pela emoção de um jogo do seu clube de coração, bastou lhe saltar da boca a palavra “macaco”, palavra tão demonizada, e de forma proposital e oportunista, pelos ativistas negros, para dela tirar proveito de uma raça sobre às demais (alguém ainda lembra da tal de cotas raciais?), para que a jovem fosse logo massacrada por um bando de idiotas úteis a serviço de um bando de psicopatas esquerdistas. Essa é a pior de todas as ditaduras que existiram no Brasil: a ditadura da manipulação das mentes humanas. Ela é sútil e deixa séquelas, em muitos casos, para o resto da vida.

    • Marinelva, você acabou de cocondar comigo que esse discurso racial é oportunista qdo reconhece que tenho ” melanina” em proporções bem menores do que o Aranha. O Brasil é um país miscigenado, você dabe disso. Quem precisa rever conceitos é você. Busque a verdade, se esclareça.Procure ir além dos livretos de história impostos pelo MEC, que você verá que não há racismo no Brasil. Para que existisse racismo seria necessário existir aqui, como existe nos EUA e na Alemanha, grupos ideologicamente organizados,tentando impor leis e até procurando enbasamentos pseudocientíficos para justificar superioridade da raça branca sobre as demais. Aqui no Brasil, o que existe mesmo é, no máximo, uma minoria preconceituosa, que nem mesmo tem voz, e uma corja de oportunistas de esquerda que usam pessoas para conquistarem o poder. Sou do tempo em que as pessoas não precisavam recorrer ao estado para se defenderem. Sabe por quê? Por que tinham autoestima elevada.Hoje, sofrem algum tipo de preconceito menor e correm logo choramingando,como se criança fosse, para os braços do “papai” estado. Muitos até para se darem bem.

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:15

      Bem…se vc pensa que é “normal” alguém xingar, diminuir outro ser humano pq ele tem muito mais melaninas do que vc…acho que precisa rever seus conceitos…

    • Cadeia nela.

    • helena ferreira iomeie 7 de setembro de 2014 at 14:22

      pedro vc é inteligencia sem comparação, faço de suas palavras sábias as minhas, que todos no lugar de estar ai fazendo tempestade em copo de água, ir fazer algo útil como por ex. resgatar animal ai abandonado!!!!!

    • Concordo totalmente com vc Pedro

  39. Algumas considerações:

    1. Não sou uma pessoa irracional. Muito pelo contrário. Sou tolerante.

    2. Não tenho nenhuma ascendência negra. Sou descendente de europeus. Mas acredito que tenha mistura antes, durante ou depois. E isso, a mim, pouco importa.

    3. Falam que a torcedora está sofrendo assédio moral. Isso é uma coisa. Racismo é outra. Bem pior.

    4. Não se justifica ela querer se explicar que no calor do jogo fez aquele ato nojento que apenas reflete nossa sociedade podre e hipócrita, que se diz sem preconceitos, mas sempre opta pelo “veja bem” quando convém, principalmente quando se sente ameaçada.

    5. Ela foi estúpida. Ainda que tenha “se arrependido”, ela demonstrou que quando o calo aperta ela é racista. Mas daquelas bem hipócritas que abraça um amigo negro na foto, mas que muda de lado na rua, se vier um negro em sua direção à noite ou se sentar um negro ao seu lado no transporte coletivo.

    6. Há o exagero da mídia? Sim. Em parte. Sou jornalista e sei como a mídia age. Vão ligar o holofote até o assunto render. Quando o caso cair para o pé da página, vamos ao próximo escândalo.

    Mas…

    1. Nada justifica o que ela fez. E se ela não tivesse feito, nada disso teria acontecido. Se ela tivesse se comportado de forma decente, ido ao jogo, torcido e voltado para casa, tudo estaria em paz e ela não se tornaria símbolo da luta contra o preconceito racial e qualquer outro tipo de preconceito.

    2. Ela personifica a mocinha branca e racista. Um prato cheio para a mídia. Mas foi ela quem procurou.

    3. Ela não ofendeu apenas o goleiro Aranha. Ela ofendeu milhões de negros que foram vilipendiados pela aristocracia que dominou e domina o país há mais de 500 anos.

    4. Ratifico que no calor de uma discussão ou de um jogo, ela poderia ter matado alguém sem querer… e se arrepender… e pedir perdão. Nem por isso a pessoa ressuscitaria. E ela seria uma assassina.

    5. Ela está sofrendo assédio moral? Sim. E o crime moral que ela cometeu?

    6. Ela deve ser perdoada, claro. Mas deve pagar pelo que cometeu. Em boca fechada não entra mosca. E não sai merda.

    Raramente as pessoas conseguem refletir sobre a dor do outro, até porque, como já ensinou William Shakespeare. “Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente”.

    • Sylvio. Não me causa espanto essa sua avaliação. Afinal é bem provável que você tenha recebido o seu diploma de jornalista aqui, nesse país, onde o ensino foi para o beleléu, trocaram-o por conteúdos ideológicos. Por isso é que se vê no jornalismo brasileiro papagaios (e não são poucos) a repetirem os chavões de uma esquerda militante. Sua cegueira vem daí. Cegueira essa que não lhe permite enxergar que a “aristocracia que ofendeu e vilipendiou negros no Brasil”, já não existe, foi para o beleléu, assim como foi o ensino no país. O que existe de concreto, agora, é um bando de idiotas manipulados pela retórica marxista – e nesses grupo não incluo somente jornalista, pois essa manipulação é multidisciplinar, e ela já atua desde o ensino fundamental até as pós-graduações existentes no Brasil.
      Você diz ser descendente de europeus e cogita até a possibilidadede de você vir de uma “mistura” de raças. E realmente há essa possibilidade. Há marxistas que dizem que os primeiros habitantes humanos, na terra, surgiram no continente africano. Mas essa parte do marxismo não é conveniente expor ao público, não é mesmo? É melhor dizer que “isso pouco importa”. Afinal ela pode permitir ao leitor igualar o marxismo à bíblia em termos de quantidade de contradições existentes, e sobre as quais os esquerdistas fazem questão de contar e divulgar.Como se a bíblia pudesse ser lida como um livro qualquer, especificamente como é lido o “Manifesto do Partido Comunista” de Marx e Engels, em que eles apontam o comunismo como o mais alto grau do humanismo ao mesmo tempo em que pregam o ódio de classes como a solução para humanidade.
      Antes, para os marxistas, o ódio era restrito a proletários e burgueses. Mas como “na natureza nada se cria, tudo se transformar”, lema ateísta, e o materialismo histórico marxista não emplacou, eis que tiveram a “brilhante” ideia de revirar o sarcófogo de Gramsci, bater a poeira e retirar a múmia que lá jazia, esquecida, para assim resgatarem o comunismo, que fora rejeitado no leste europeu. Foi dessa forma que ampliaram o conceito marxista de classes. Hoje, o ódio disseminado na cultura brasileira é o ódio de uma minoria não cristã contra a maioria cristã, o ódio de uma minoria homossexual contra a maioria heterossexual (e aqui usam o discurso assimétrico, divulgando na mídia que o ódio se dá ao contrário), o ódio das mulheres contra os homens, escondido sobre a falácia do discurso de gêneros, e o eterno ódio, sem fim, dos trabalhadores contra seus patrões.
      Você diz que não justifica o ato da garota ter chamado o Aranha de macaco, o qual qualifica de “nojento”, quando ela alega ter agido assim pelo “calor do jogo”, mas, certamente, deve ter achado louvável, o ato consciente do ex-presidente Lula, quando disse à imprensa britânica que “a crise financeira mundial foi causada por gente branca dos olhos azúis, afinal ele não atribuiu a responsabilidade da crise mundial a alguém da cor negra, muito menos a toda uma etnia, não é mesmo? Aliás, me parece até que foi movida uma queixa, individualmente, contra o ex-presidente.Você sabe no que deu? Por que raios então é que essa aristocracia tão poderosa, que você diz ter dominado e que ainda domina o Brasil há 500 anos, não “caiu de pau” no ex-presidente, movendo ações contra ele por ter atingido os seus? Será que isso não ocorreu pelo fato do ex-presidente Lula personificar “o cara da moda”, aquele que faz o “joguinho” da luta de classes na América Latina, para se dá bem, e isso não é do interesse da mídia tornar público? Não, a garota não cometeu nem um ato de racismo. Ela apenas foi infeliz em ser flagrada por uma mídia já manipulada ou corrompida por uma militância esquerdista internacional.Não existe racismo no Brasil. O que há de concreto, aqui, é a existência de uma minoria preconceituosa, mas que não tem um milésimo de poder para espalhar o ódio racial. Quem prega o ódio no Brasil ocupa altos cargos públicos, tem poder demasiado para isso e o usa escancaradamente aos olhos da sociedade brasileira, que os assistem pasmada. É verdade que em “boca fechada não entra mosca”, mas quando se mantém a boca sempre fechada estamos sujeitos a engolir sapo.E os brasileiros já engoliram um, que foi barbudo, durante oito anos, e há quase quatro estamos engolindo a sua barbeira. Mas discordo quando diz que “em boca fechada não sai merda”. Mas é só o que vejo sair da boca de jornalistas brasilieiros e dos idiotas úteis que idolatram os esquerdistas. Ah! Desculpe se não me apresentei antes: sou mais um dentre os poucos “direitistas” existentes no Brasil, desses a quem os esquerdistas costumam demonizar como nazista, facista,capitalista, racista,machista e homofóbico.Nada verdade, para o Brasil, somos uma espécie de “limpa-fossa” dos esquerdistas. Quando eles jogam merda no país, nosso dever é o de mantê-lo limpo e denunciar ao povo brasileiro quem foi o cagão nojento responsável pela sujeira. Se preparem, pois, parafraseando o jogador Cristiano Ronaldo, digo: “hoje, quando a nossa epopeia finalmente começar, seremos muito mais do que 10 milhões. Seremos ainda paixão, emoção, crença, determinação, perseverança. Seremos espírito de vitória. Seremos esperança”. Essa frase tinha que sair logo da mente de um Português, para que eu pudesse lembrar aos leitores o quanto é comum se ver, nos livros de história e geografia impostos pelo MEC, colonizadores portugueses vistos como brancos assassinos, estrupadores e responsáveis pela crise financeira no Brasil. Mesmo assim desconheço qualquer deles, residentes no Brasil, que tenha recorrido ao estado brasileiro para se beneficiar de leis contra o etnocêntrismo.

    • Meu caro, apedrejar casas, ameaçá-la de morte, de estupro, etc. são crimes e vão bem além do “assédio moral”. O racismo é revoltante sim, quem vai negar? Quem vai negar que queira vê-la pagando pelo que fez? Mas a reação é completamente desproporcional. Negar isso é negar o óbvio – principalmente se você condena quem lincha estupradores ou amarra ladrões em postes.

      Arrepender-se de matar alguém não vai trazer a pessoa de volta, mas ameaçar a menina e fazer a vida dela um inferno também não vai acabar com o racismo no Brasil. Aliás, vai no máximo dar mais munição para quem realmente é racista.

      ps.: o crime em questão não é de “racismo”, mas de “injúria racial”, bem menos grave que o racismo.

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:20

      NELSON SIQUEIRA JUNIOR

      Adoro ler postagens de pessoas inteligentes e humanas, como vc e o Sylvio. Parabéns pela escolha certa de cada palavra.

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:18

      SILVIO MICELLI
      Sou sua fã.

      Vc expressou sabiamente o que muitos querem dizer…e calou a ignorância de muitos que perdem a oportunidade de ficarem calados!

    • Nelson Siqueira Junior 9 de setembro de 2014 at 1:11

      Sylvio, os seus comentários foram os mais lúcidos e apropriados de todos os que vi nesse blog. De fato:
      1- Há sim um processo de crucificação em curso e tendo em conta que cada um é responsável por seus atos, ela apenas está colhendo o que plantou, nada mais, o resto que se comentou por aí é bobagem;
      2- Sou sim favorável à punição do Grêmio e de todos os clubes que ficam babando o ovo desses marginais que compõem as torcidas uniformizadas e que, no mais das vezes, são os grandes responsáveis por essas manifestações de homofobia e preconceito no esporte, as quais, aliás, muitas vezes terminam com a morte de inocentes;
      3- Sei que nada será feito contra os clubes e suas relações espúrias com as uniformizadas, pelo menos, enquanto esses clubes continuarem a ser trampolins para aspirações políticas de uma meia dúzia de vagabundos, que são verdadeiros chefes de quadrilhas ao invés de dirigentes esportivos;
      4- Francamente, temos de parar com essa história de ser bonzinhos e perdoar tudo, racismo é CRIME, homofobia é CRIME, ofender, agredir ou matar outro ser humano por causa de sua crença, escolha sexual, opção de time, etc, é CRIME. Para tudo isso existe a lei, que deve ser rápida, dura e implacável;
      5- Finalmente, quem quiser perdão, que vá se entender com Deus. A nós, pobres humanos, nos cabe conter essas bestas humanas e impedir ou pelo menos, minimizar os prejuízos que causam à sociedade e o sofrimento que causam às suas vítimas (não vamos esquecer que nesse caso é isso que o goleiro Aranha é). A tolerância da sociedade brasileira tem sido muito bem explorada por esses criminosos que, uma vez desmascarados, viram da noite para o dia, coitadinhos, apanhados no momento errado e no lugar errado; CHEGA DE IMPUNIDADE, CADEIA NELES!

  40. Sou contra o racismo, ou qualquer outra forma de preconceito por qualquer motivação, mas pensem o seguinte, essa garota é branca, de classe média, e ofendeu o goleiro , que é conhecido até mesmo pelos torcedores e aqueles que o admiram somente por um apelido (Aranha) que pode ser oriundo da espécie Macaco Aranha, mas isso é irrelevante, o que quero que pensem é, e se ela fosse afrodescendente assim como ele… Existiria crime? Existiria punição? Sou de uma família bem miscigenada, de maioria “negra” mas sou “branco”, e se eu fizer qualquer comentário que possa ser considerado racismo? Ou e se eu sofresse preconceito entre meus familiares por ser diferente deles?… É hipocrisia uma lei que só condene o branco, considero bandidos aqueles que tem atacado a pessoa da moça, ela merece punição,mas vejo que algo chamado perdão e arrependimento já não valem mais nada nesse mundo, pena, nunca mais ela terá uma vida normal.

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:23

      Fábio, se ela fosse negra, seria punida sim…e não é por fazer parte de uma família “diferente” que comentários racistas podem ser ditos…o que precisamos resgatar é a consciência de que somos todos sere humanos.

  41. Esta critica a história é pq está na midia. A garota é penalizada pq a mídia mostrou. Vejo todos os dias o racismo no Brasil. Tanta gente preocupado com racismo que esquecem que o próprio negro discrimina ele próprio. Vejam hoje quantos negros tem na faculdade pq acham que eles são discriminados. Vejam que a maioria carcerário são de negros e pardos, por isso que eu digo que eles próprios se discriminam e a sociedade sabe disto. Então a mudança tem que partir da raça negra pra não ser discriminados.

  42. NINGUÉM PODE ERRAR MAIS NA VIDA? O SUJEITO MATA, ROUBA, ESTUPRA, E TEM DIREITO A SER PRESO E DEPOIS VOLTAR A VIDA NORMAL (CONTINUAR ROUBANDO MATANDO E ESTUPRANDO)….E ESSA JOVEM POR UM DESLIZE TEM QUE SER CRUCIFICADA PARA SEMPRE? NUNCA MAIS SER PERDOADA? POR APENAS TER FALADO “MACACO” PARA UM SER HUMANO COMUM IGUAL A TODOS? EM SÃO PAULO É OFENSA VC CHAMAR ALGUÉM DE “BAIANO”, E NUNCA ACONTECE NADA…..MUITOS CHAMAM JOGADORES DE “VIADO” E NINGUÉM FALA NADA….VAMOS PARAR COM ESSA SACANAGEM….OS POLÍTICOS VIVEM ROUBANDO E NÃO ACONTECE NADA!!!! ACORDA POVINHO……

    • O motivo q o racismo nao diminui e pq existe muitas pessoas com o seu pensamento em achar q pode desrespeitar as pessoas e normal cada um tenque fazer sua parte nao achar tudo normal so pq era uma pessoa negra ja esta na hr de punir assim quem nao tem respeito fica em casa ja q dizem q e do calor do jogo.existe na lei macaco injurus racial e sobre os presos negros e sem vergoismo mas nao esquecendo os chefoes do trafico a maioria e branca ate nesta aula eles sao10.

  43. Também acho exagero o massacre da menina, acho que a lei prevê penalidades para esta atitude, não há necessidade de mais nada. Mas concordo com a penalidade ao clube, não foi um ato isolado, não foi somente amenina, foi a torcida. E a torcida deve ser penalizada, o clube deve se responsabilizar por isso
    Que sirva de exemplo para que não se repita.

  44. Duas perguntas:
    Quando gritarem o “gaúcho viado” nos outros estados do Brasil será criminalizada essa injúria também?
    E se fosse a torcida do Flamengo ou do Corinthians (aquela que matou já) aconteceria algo?
    Sou gremista, gaúcho e acho que o clube deve ser punido para que a torcida tenha mais noção do que faz dentro do estádio, mas fazerem o que estão fazendo com essa guria realmente é exagero, deixem para a justiça, pois todo o país tem racistas e homofóbicos, então é no mínimo hipocrisia ficar “matando” essa guria por isso… Deixem para a justiça.

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:27

      DIEGO
      “pois todo o país tem racistas e homofóbicos” E VC É ALGUÉM QUE GOSTARIA QUE ASSIM CONTINUE P O TODO SEMPRE.
      Um ato não justifica outro…então vamos deixar esculhambar….se tem, porque parar, né?

      OH! IGNORÂNCIA…É POR EXIXTIR PESSOAS COM ESSE TIPO DE PENSAMENTO QUE O MUNDO NÃO MUDA…

  45. Ela diz; “Não sou racista”. Mas as palavras utilizadas tem 100% de teor racista. Por que usou estas palavras? Porque sabia que ofenderia. E o fato dela ser “apenas uma torcedora” não lhe da o direito de ofender a outras pessoas, seja de que raça ou credo que for…….

  46. Tas, o que algumas pessoas ainda não entenderam nesse caso é que a gente não conserta um erro cometendo outro. Já até apedrejaram a casa dessa moça aqui em Porto Alegre. Hoje a gente vive no Brasil, não só com relação a esse caso, um clima de olho por olho E dente por dente. E isso me preocupa tanto quanto essa praga chamada racismo. Não custa lembrar que há bem pouco tempo, no litoral de SP, uma mulher foi espancada até a morte graças a um boato nascido nas redes sociais. É claro que os torcedores do Grêmio envolvidos nas ofensas ao Aranha erraram e erraram muito. Mas a punição tem que vir do Estado. Se eles não forem punidos exemplarmente pela Justiça, todo esse barulho não vai ter servido para nada. Aliás, que tal estendermos a campanha do anti-racismo para fora dos estádios também?

  47. O maior racista do Brasil da atualidade é o próprio goleiro do Santos, se somos todos originários dos macacos porque esse papel ridículo desta aranha!!!!

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:28

      SOMOS TODOS ORIGINÁRIOS DO MACACO, ENTÃO PQ APENAS OS NEGROS SÃO XINGADOS?

    • Querido Gigante, vamos voltar pra aula de biologia, dica: Darwin.

    • RIDÍCULO E O TEU PENSAMENTO.

    • Todos somos originários dos macacos??? De onde cê tirou isso?? É cada um que aparece deturpando a teoria da evolução… vergonha.

    • Cala a boca! Desculpe as palavras querido, mas nós não somos originários dos macacos porra nenhuma! Ela e a torcida foram racistas sim e não tem nem o que discutir sobre isso. O goleiro do Santos foi mais uma vítima de pessoas ignorantes!

  48. Em partes o autor desse texto tem razão, porém, nada muda o fato da torcedora ter agido de forma tão desumana, digo desumana devido ao fato de que mesmo entre os animais não existe este tipo de ação e além do mais somos racionais (ao menos dizem). Mas como disse o autor, que seja feita a justiça, lembrando que a justiça do Brasil não é lá exemplo de Justiça.

  49. SÓ TENHO UMA COISA A DIZER SOBRE ESSA MOÇA QUE FALOU PALAVRAS RACISTAS PRO GOLEIRO ARANHA: TANTO ELA COMO TODOS QUE PROFERIREM ISSO OU QUALQUER OUTRAS PALAVRAS DE OFENÇA.QUE SEJAM BANIDAS(OS),DE QUALQUER PARICIPAÇÃO ESPORTIVA.
    ESSA É MINHA OPINIÃO.
    QUEM SABE ASSIM OS DITOS TORCEDORES(AS) RESPEITEM MAIS O PRÓXIMO.
    SEJA ELE NEGRO,BRANCO OU QUE COR FOR. PRONTO FALEI.

    • Celso luiz Olivetti 6 de setembro de 2014 at 20:09

      Concordo plenamemte com vc hoje não podemos mais levar nossos filhos ao campo muita selvageria falta de educação a que ponto iremos chegar hoje todo mundo fala o que vem a boca ,esquece de pensar nas consequências ,e ai quando elas vem choram e querem pedir desculpas…, não até quando, tem que doer no bolso sim para aprenderem a ficar de boca fechada.

  50. É a certeza da impunidade que faz Patricias, agirem sem pensar que toda ação corresponde a uma reação. Se vai servir de “bode expiatório”, que sirva! Que sirva de exemplo para outros. Tem q haver mudanças, chega de impunidade. Desculpas, muito bom, representa arrependimento, mas isso não muda a consequência do ato.

  51. há várias formas de preconceitos gravíssimos e as pessoas só dão enfase no racismo, todos temos algum tipo de preconceito , se fossemos todos julgados, já pensou ? quão feio é o preconceito .. mas todos temos algum , quem somos nós pra condenar ela.? deixa nas mãos da justiça .. ela vai pagar e pode se reintegrar à sociedade de preconceituosos de todos os tipos..

  52. Acho que todo ser humano possui uma capacidade de ponderar exatamente oque é certo ou
    errado ela disse que foi no embalo , se os outro pulassem de uma ponte a jovem tambem pularia ? fica a dica

  53. Eu fico impressionada quando eu vejo pessoas que acham normal atitude que ela teve.
    Pra mim a atitude dela foi ridícula, acho que o que faltam é as pessoas se colocarem no lugar das outras,eu fico imaginando o constrangimento que o aranha passou dentro daquele campo.
    Eu sei muito bom o que é sofrer com isso,sou branca mais minha mãe é negra e quando ela me levava na escolinha os próprios amiguinhos faziam piadinhas dizendo que eu devia ser adotada.
    Fico decepcionada por ver que a sociedade não muda,que passa ano , entra ano e as coisas continuam as mesmas.

    • Eric Viking Petersson 6 de setembro de 2014 at 17:33

      A questão é que ninguém acha isso normal atualmente… a questão é: não foi só ela que tomou tal atitude e, além do mais, tinha negro também ofendendo o próprio Aranha! E toda a crucificação e esculhambação foi em cima da menina. Ok, ela de fato tomou uma atitude completamente idiota, mas não é necessário fazer da vida dela um Coliseu cujo todos que assistem de camarote querem ver a vida dela destruída. Sobre a punição que o Grêmio tomou, achei a punição exagerada, mas irá servir de exemplo às outras torcidas caso tomem atitudes como essa.

  54. O que ela fez foi errado,mas crucifica-la não é o certo,cadê as outras pessoas preconceituosas do jogo?Ela agora vai levar a culpa de todos os outros torcedores racistas por ter sido a unica a ser identificada?

    • Antonia Horochoski 6 de setembro de 2014 at 18:00

      A torcedora deve sim pagar por seu erro, mas o time não tem culpa e tirar o Gremio da competição é injusto, se todos os times fossem pagar pelos erros dos torcedores, não sobrariam times em nenhuma competição.

    • Antonia Horochoski 6 de setembro de 2014 at 17:56

      A torcedora deve sim pagar por seu erro, mas o time não tem culpa e tirar o Gremio da competição é injusto, se todos os times fossem pagar pelos erros dos torcedores, não soprariam times em nenhuma competição.

  55. Também sou contra a punição do grêmio, mas infelizmente é só com “GRITOS” para os nossos governantes tomar alguma atitude em relação ao racismo, leis sérias precisam ser tomadas. A Patrícia não deixou de ser o que é a natureza dela, ela só foi infeliz de ter esse comportamento na hora errada, mas tomara que isso seja uma lição de vida e ela aprenda com seus erros. VLW!!!

  56. maria leila saroba 6 de setembro de 2014 at 11:07

    Eu acho que o radicalismo é deseducador, tantos motivos levam ao preconceito se fossemos punir não haveria cadeias suficiente.Hoje vemos brigas pela diferença de cor, opção sexual,idade,religião,etc,etc.Acredito que faz falta é educação e respeito o resto é frescura . Isso tudo só afasta as pessoas de se amar ,pois devido a predominância do lado externo das pessoas se esquece de valorizar a essência do ser humano.Primeiramente devemos nos aceitar como somos com as nossas limitações sem querer privilégios por causa disso pois diante disso que seremos todos iguais.

  57. Achei injusta sim. O torcedor do cotinthas matou uma pessoa com um tiro de rojão e nada. Esse ano um torcedor morreu com um vaso sanitário na cabeça e nada também.

  58. Concordo. Ela vai ser punida poque falou o que nao devia e deu cagada de a mídia ver isso. Porém sói contra esse exagero de críticas, quem aqui nunca ofendeu alguém com conotações racista que atire a primeira pedra.

  59. Ao meu ver a punição ao Grêmio deve ser exemplar; tem que desclassificar. Racismo é inconcebível. Os racistas, com certeza, não mudarão de opinião. No entanto, os jovens torcedores gremistas; crianças ainda em formação, terão a oportunidade de refletir sobre o absurdo que é discriminar uma pessoa pela sua cor, sofrendo com a desclassificação do time. Quanto a torcedora, deve ser punida dentro dos meandros da lei.

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:33

      Lucas, Everaldo era Negro e sofria de racismo sim!

    • “Ao meu ver a punição ao Grêmio deve ser exemplar; tem que desclassificar. Racismo é inconcebível”
      - Todo tipo de preconceito é inconcebível, porém acho que dão valor demais ao racismo, a punição contra o grêmio vai ser ótima, pois vai abrir precedente para varias situações do mesmo tipo, e quando seu time for expulso por uma situação parecida, use os MESMOS parâmetros e aceite a punição, não tente relevar nem argumentar!

      “Os racistas, com certeza, não mudarão de opinião. No entanto, os jovens torcedores gremistas; crianças ainda em formação, terão a oportunidade de refletir sobre o absurdo que é discriminar uma pessoa pela sua cor, sofrendo com a desclassificação do time.”

      - Esta parte do seu comentário é muito infeliz, não admito que julgue toda uma torcida baseada nesse caso que a mídia faz questão de super valorizar para poder vender polemica as custas da vida de uma pessoa. Caso você não saiba , o maior ídolo gremista, a estrela dourada no emblema do clube é Everaldo Marques da Silva, para mim não importa, mas para você talvez faça diferença saber, ele era negro!

  60. Marcelo até pode ser exagerada a punição da massa e mídia em cima da moça
    , mas infelizmente não concordo com ela.
    Não sou racista e nem
    Piadinha racista eu faço e não gosto q façam por isso jamais gritaria o que ela gritou para o Aranha.
    Se ela o fez é pq se acha no direito mesmo que seja no calor do momento de humilhar uma pessoa diante de uma multidão .
    Não acho exagerada a punição ao Grêmio .
    Primeiro pq a torcida é reincidente. Segundo pq ao punir o clube atinge diretamente a torcida tb e os fanáticos que ao sentir na pele poderão reconsiderar em outro momento antes de cometer tal ato. Além de servir de exemplo as demais torcidas, ao passar a msg do “faça tb e serás punido”.
    Esporte não deveria ter a ver com fanatismo, mas tem infelizmente e já passamos demais as mãos na cabeça dos que cometem racismo em massa em campos de futebol.
    Da pra se imaginar lá no campo ouvindo um monte de gente te xingando de macaco????

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:37

      GEOVANE

      Quem sabe se vc ler o Art. 20…Serve esse p vc?

    • Torcedor é bicho tonto mesmo! Fica torcendo no futebol, como se fosse a coisa mais importante do mundo! Descarregam seus recalques em cima dos times de futebol, em cima dos adversários, brigam, xingam e, às vezes até matam, como se isso tudo fosse mudar o resultado de uma partida. Gosto de futebol, mas, só fui assistir em estádios 4 vezes! Não gostei mesmo. Te xingam, te agridem , te ameaçam. Atiram urina dentro de sacos plásticos, atiram restos dos seus lanches! Nunca mais entrei em estádios e não pretendo também. A maioria só vai prá bagunçar! Encher a cara de cerveja! Prá mim isso não é espetáculo! Assisto na TV, de graça, sem ninguém do lado enchendo a paciência!

    • LEI Nº 7.716, DE 5 DE JANEIRO DE 1989.

      Mensagem de veto
      Vide Lei nº 12.735, de 2012

      Texto compilado

      Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor.
      O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

      Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de preconceitos de raça ou de cor.

      Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      Art. 2º (Vetado).

      Art. 3º Impedir ou obstar o acesso de alguém, devidamente habilitado, a qualquer cargo da Administração Direta ou Indireta, bem como das concessionárias de serviços públicos.

      Parágrafo único. Incorre na mesma pena quem, por motivo de discriminação de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, obstar a promoção funcional. (Incluído pela Lei nº 12.288, de 2010) (Vigência)

      Pena: reclusão de dois a cinco anos.

      Art. 4º Negar ou obstar emprego em empresa privada.

      § 1o Incorre na mesma pena quem, por motivo de discriminação de raça ou de cor ou práticas resultantes do preconceito de descendência ou origem nacional ou étnica: (Incluído pela Lei nº 12.288, de 2010) (Vigência)

      I – deixar de conceder os equipamentos necessários ao empregado em igualdade de condições com os demais trabalhadores; (Incluído pela Lei nº 12.288, de 2010) (Vigência)

      II – impedir a ascensão funcional do empregado ou obstar outra forma de benefício profissional; (Incluído pela Lei nº 12.288, de 2010) (Vigência)

      III – proporcionar ao empregado tratamento diferenciado no ambiente de trabalho, especialmente quanto ao salário. (Incluído pela Lei nº 12.288, de 2010) (Vigência)

      § 2o Ficará sujeito às penas de multa e de prestação de serviços à comunidade, incluindo atividades de promoção da igualdade racial, quem, em anúncios ou qualquer outra forma de recrutamento de trabalhadores, exigir aspectos de aparência próprios de raça ou etnia para emprego cujas atividades não justifiquem essas exigências. (Incluído pela Lei nº 12.288, de 2010) (Vigência)

      Pena: reclusão de dois a cinco anos.

      Art. 5º Recusar ou impedir acesso a estabelecimento comercial, negando-se a servir, atender ou receber cliente ou comprador.

      Pena: reclusão de um a três anos.

      Art. 6º Recusar, negar ou impedir a inscrição ou ingresso de aluno em estabelecimento de ensino público ou privado de qualquer grau.

      Pena: reclusão de três a cinco anos.

      Parágrafo único. Se o crime for praticado contra menor de dezoito anos a pena é agravada de 1/3 (um terço).

      Art. 7º Impedir o acesso ou recusar hospedagem em hotel, pensão, estalagem, ou qualquer estabelecimento similar.

      Pena: reclusão de três a cinco anos.

      Art. 8º Impedir o acesso ou recusar atendimento em restaurantes, bares, confeitarias, ou locais semelhantes abertos ao público.

      Pena: reclusão de um a três anos.

      Art. 9º Impedir o acesso ou recusar atendimento em estabelecimentos esportivos, casas de diversões, ou clubes sociais abertos ao público.

      Pena: reclusão de um a três anos.

      Art. 10. Impedir o acesso ou recusar atendimento em salões de cabeleireiros, barbearias, termas ou casas de massagem ou estabelecimento com as mesmas finalidades.

      Pena: reclusão de um a três anos.

      Art. 11. Impedir o acesso às entradas sociais em edifícios públicos ou residenciais e elevadores ou escada de acesso aos mesmos:

      Pena: reclusão de um a três anos.

      Art. 12. Impedir o acesso ou uso de transportes públicos, como aviões, navios barcas, barcos, ônibus, trens, metrô ou qualquer outro meio de transporte concedido.

      Pena: reclusão de um a três anos.

      Art. 13. Impedir ou obstar o acesso de alguém ao serviço em qualquer ramo das Forças Armadas.

      Pena: reclusão de dois a quatro anos.

      Art. 14. Impedir ou obstar, por qualquer meio ou forma, o casamento ou convivência familiar e social.

      Pena: reclusão de dois a quatro anos.

      Art. 15. (Vetado).

      Art. 16. Constitui efeito da condenação a perda do cargo ou função pública, para o servidor público, e a suspensão do funcionamento do estabelecimento particular por prazo não superior a três meses.

      Art. 17. (Vetado).

      Art. 18. Os efeitos de que tratam os arts. 16 e 17 desta Lei não são automáticos, devendo ser motivadamente declarados na sentença.

      Art. 19. (Vetado).

      Art. 20. Praticar, induzir ou incitar, pelos meios de comunicação social ou por publicação de qualquer natureza, a discriminação ou preconceito de raça, por religião, etnia ou procedência nacional. (Artigo incluído pela Lei nº 8.081, de 21.9.1990)
      Pena: reclusão de dois a cinco anos.
      § 1º Incorre na mesma pena quem fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo. (Parágrafo incluído pela Lei nº 8.882, de 3.6.1994)
      § 2º Poderá o juiz determinar, ouvido o Ministério Público ou a pedido deste, ainda antes do inquérito policial, sob pena de desobediência:(Parágrafo renumerado pela Lei nº 8.882, de 3.6.1994)
      I – o recolhimento imediato ou a busca e apreensão dos exemplares do material respectivo;
      II – a cessação das respectivas transmissões radiofônicas ou televisivas.
      § 3º Constitui efeito da condenação, após o trânsito em julgado da decisão, a destruição do material apreendido. (Parágrafo renumerado pela Lei nº 8.882, de 3.6.1994)

      Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      Pena: reclusão de um a três anos e multa.(Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      § 1º Fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      Pena: reclusão de dois a cinco anos e multa.(Incluído pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      § 2º Se qualquer dos crimes previstos no caput é cometido por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza: (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      Pena: reclusão de dois a cinco anos e multa.(Incluído pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      § 3º No caso do parágrafo anterior, o juiz poderá determinar, ouvido o Ministério Público ou a pedido deste, ainda antes do inquérito policial, sob pena de desobediência: (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      I – o recolhimento imediato ou a busca e apreensão dos exemplares do material respectivo;(Incluído pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      II – a cessação das respectivas transmissões radiofônicas ou televisivas.(Incluído pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      II – a cessação das respectivas transmissões radiofônicas, televisivas, eletrônicas ou da publicação por qualquer meio; (Redação dada pela Lei nº 12.735, de 2012) (Vigência)

      III – a interdição das respectivas mensagens ou páginas de informação na rede mundial de computadores. (Incluído pela Lei nº 12.288, de 2010) (Vigência)

      § 4º Na hipótese do § 2º, constitui efeito da condenação, após o trânsito em julgado da decisão, a destruição do material apreendido. (Incluído pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

      Art. 21. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. (Renumerado pela Lei nº 8.081, de 21.9.1990)

      Art. 22. Revogam-se as disposições em contrário. (Renumerado pela Lei nº 8.081, de 21.9.1990)

      Brasília, 5 de janeiro de 1989; 168º da Independência e 101º da República.

      JOSÉ SARNEY
      Paulo Brossard

      AGORA ME DIGAM ONDE ESTÁ ESTAMPADO NA LEI A TIPIFICAÇÃO PARA SE ENQUADRAR A TORCEDORA? CHAMARA ALGU´ME DA RAÇA NEGRA DE MACACO NO IMPULSO DA VIOLENTA EMOÇÃO DURANTE DISPUTA ESPORTIVA NÃO CONFIGURA RACISMAO NÃO. APESAR DE SER DEGRADANTE A AÇÃO…MAS DENTRO DA LAI NÃO HÁ CRIME É ATIPICO POR ISSO CRUCIFICÁ-LA É TAMBÉM UM CRIME. EXPOR SUA FIGURA AO PUBLICO TAMBÉM É CRIME HAJA VISTA QUE SE OCORRESSE O DITO CRIME O GOLEIRO É QUE TERIA QUE EFETUAR REPRESENTAÇÃO CONTRA A MESMA. E NÃO O FE. ENTÃO NÃO HÁ CRIME … ELA PASSA A SER VITIMA DA DISCRIMINAÇÃO DA MÍDIA… TAL QUAL A DONA GEISA SE LEMBRAM????

    • Concordo plenamente.

    • Concordo com o marcelo. Sou colorada e acho que e exagero mesmo. Racismo e o que a cbf e os outros Estados vem fazendo a anos com os times do sul. Duvido que ganharia esta repercussao e punicao toda se fosse times de sao paulo e rio. Ja vi muito racismo por parte das torcidas dos outros estados e nunca vi uma punicao assim. Tiraram o sul pra bobo. Estao generalizando.

    • O problema, Daniag, por exemplo, é que por muuuito mais (por uma morte) o Corinthians não foi desclassificado, praticamente impunido.

      São dois pesos e duas medidas e, com certeza, esta de racismo merecia uma penalidade menor (ou de igual peso) do que a morte de uma pessoa.

  61. Coitada! Graças a Deus ela fez isto com goleiro bem sucedido e adulto e com uma criança?

  62. Quando os justiceiros espancam um ladrão, muitos aparecem pra defender o vagabundo. E agora que essa moça está sendo apedrejada, ninguem aparece pra defender!!…..felizmente vejo alguns posts aqui de pessoas que tem consciência e não apedrejam o próximo!!…..

  63. Sim. E todos nós demais que fazemos coisas sérias que banalizamos alegando a sua i ntermitência e o seu efeito externo no conjunto. Não é porque foi um ato eventual (em clima de brincadeira) e que não teve um impacto sério (até o Aranha se sentir impactado…), que não deixa de ser uma atitude altamente reprovável. Assim como a daqueles que apedrejaram a casa dela.

  64. ASSIM COMO EU ARANHA AROUCA TINGA , NEGROS SABEMOS OQ E SER OSTILIZADOS,TRATADOS COM INDIFERENÇA PELA COR DA PELE ! AGORA QUE FALO É FACIL PEDIR DESCULPAS .. AXO É POUCO P DAR EXEMPLO ESTAMOS LONGE DE SER UM LUGAR ONDE SEREMOS VISTOS PELO CARATER E A COR DA PELE SER UM PEKENO E SIMPLES DETALHE TENHO NOJO DESSE TIPO DE GENTE , MUITO ORGULHO DE SER NEGRO DESCENDENTE DE AFRIKANO !!

  65. Eu tenho um sentimento único no caso dessa guria: repulsa.

    Tenho repulsa tanto perante a ação dela de chamar o Aranha de macaco, mas tenho muito mais repulsa com o que estão fazendo com ela.

    Me da asco ver o que algumas pessoas estão fazendo com ela. Falam que ela tem que ser punida severamente, quiçá crucificada, e a maioria dos argumentos destas pessoas esta enraizado de xenofobia contra os gaúchos, machismo, sexismo, preconceito e demais adjetivos. Irônico, não?

    A guria estava localizada no extremo direito da Geral, era humanamente impossível o Aranha escutar algo que viesse dela, a não ser que ele tenha o sentido aranha do Peter Parker (haha). Ele reclamou, e com razão, foi de cerca de 05 (cinco) “marmanjões” que estavam logo atrás do gol por ele defendido. A guria teve a má sorte de ser a única que apareceu explicitamente injuriando o Aranha.

    O que estão fazendo com ela quase uma caça as bruxas, parece que estou vendo algum filme de época que tem como temática a caça a algo ou alguém. Seguindo esta lógica os próximos passos é organizar uma passeata, com tochas e tridentes, atear fogo na casa dela, persegui-la pelas ruas e depois queimá-la em praça pública.

    Abraços Marcelo Tas e desculpa pelo texto grande.

  66. como decentente de negros (apesar de minha pele ser branca) acho que o que tão fazendo com ela é pouco, ela não teve a mínima dó do Aranha ou de nenhum negro quando os chama de macaco, então porque devemos ter dó dela???

  67. ah! ia me esquecendo. quem tiver xingando, a garota, o time ou o jogador também não é diferente dela só é mais um ******** que não tem vergonha nem caráter. principalmente manifestantes cara de pau que vai só encher o saco com história de igualdade. É essa nossa é bem desigual sabia? Se parassem de aparecer essas criaturas com seu falso moralismo as pessoas viveriam melhores. ah vão protestar por algo que sirva. como a falta de atendimento nos hospitais por causa da condição precária da saúde pública. seus vagabundos ou então vão fazer curso pra ajudar nos hospitais. pra vocês verem como é difícil cuidar de um monte de pessoas com poucos recursos e pessoas que nem estão realmente doentes só ocupando lugar de quem precisa.

    • Marinelva da Rosa 9 de setembro de 2014 at 13:43

      Sérgio a tua postagem “Mas não se preocupam com a educação, a saúde e a segurança do povo. Quando o mau exemplo vem de cima, os que estão abaixo o seguem.” Racismo, desigualdade social tem tudo a ver com o que disse acima…uma coisa leva a outra. Penso que a palavra chave seja EDUCAÇÃO.

    • Querem que o Brasil seja um país de primeiro mundo… mas como será, se os próprios governantes não respeitam o povo? Se preocupam em querer acabar com o racismo, com a desigualdade social, etc. Virou modismo! Mas não se preocupam com a educação, a saúde e a segurança do povo. Quando o mau exemplo vem de cima, os que estão abaixo o seguem.

  68. olha eu não tô nem ai pro futebol, ou pra o chamado goleiro . ou pra quem quer seja. mais isso foi absurdo, eu sempre estudei em colégio particular e leva insultos bem chatos por exemplo Babuíno , cabeça chata macaco etc…
    por ser de onde eu nasci. e nunca liguei pra isso. A pobre garota foi só um bode expiatório pra essa besteira ela não merece nada disso e espero que esteja vendo seu assim chamado atleta por que tudo que aconteceu e acontecer com ela a partir daquele momento é culpa sua e da mídia. Ah senhores jogadores não esqueçam quem paga seu salário. são os torcedores. que querem ver vocês perderem e que são capazes de brigar com a mãe deles por vocês.
    por dar atenção a coisas triviais como essa. e punir outros que não tem nada a ver com isso também é ridículo. isso ocupa policias que deveriam estar cuidando de coisas mais importantes como prendar verdadeiros criminosos. os policias e os integrantes do exercito sim arriscam as vidas e as das famílias deles pra tentar garantir a relativa “segurança” das pessoas. E os atletas o que fazem?

  69. Seguinte…

    Acho EXTREMAMENTE desproporcional o que está acontecendo com esta jovem.
    Primeiramente, se fosse tão grande este “aranha” pois se é tão grande assim, saberia o momento de parar e que isso faz parte do esporte dele, que certo ele mesmo já ofendeu, juizes, jogadores e diversas pessoas de forma que seria, de certa forma, preconceito.

    Para mim parece apenas que é um goleirinho de nada que não têm grande futuro querendo o seu momento de aparecer na mídia, que seja fazendo cena (o que aconteceu na partida) ou dizendo que não ia registrar nada (que no dia seguinte foi completamente contrário). Se fosse desta forma, os são paulinos poderiam tranquilamente punir os santistas por chama-los de bambis, os palmeirenses de porcos, os torcedores do atletico mineiro de frangas e assim por diante.

    Antes de ter feito TODO este reboliço, seria interessante ele compreender o por que era realizado estes cânticos (apologia ao novo mascote do maior rival – Inter – Um primata.

    Acho que de grande,este atleta não têm nada, a não ser um grande falso ego.

    • A lei tem que ser cumprida!
      Não é normal cantar em forma de Racismo,Isto é racismo coletivo.Não venha com essa que faz parte do futebol.Racismo é racismo.E neste caso foi exemplar a punição ao Grêmio,pois as coisas acontecem em seu estádio.
      Não concordo com atos de linchamento e agressões,Mas a punição a esta moça adulta e responsável pelos seus atos,e se tiver mais pessoas que sejam punidos da mesma forma pela lei.
      Agora não usem argumentos de coitadinha,olha ela esta chorando,veja ela só tem 23 anos,neste caso não dá para aceitar,
      Fato é fato não se contesta.!!!

    • Concordo plenamente.

  70. Olha, essa menina tem que ser punida sim, que é para ver se acaba de uma vez por todas com essa babaquisse de ofender as pessoas, o time do grêmio é que tem que ser cobrado, já que jogou mal contra o Santos, não teve competência, ai vai la brigar, encher o saco do time que venceu, hora, futebol é assim, perde hoje, ganha amanhã, e assim vai, nenhum time é imbatível….ha, ia me esquecendo, vou peguntar denevo, alguém viu lagrimas saierem dos olhod daquela menina????

  71. Sabe o porquê desta proporção toda no caso?porque a moda do momento é “erradicar o racismo” uma vez que sabemos que neste exato momento muitos outros negros são humilhados, mais vamos lá, não sou a favor de “acabar com a vida dela” ela mesma se encarregou disto(em parte)ela pode relaxar,eu duvido muito que ela fique presa por racismo e injúria. Sabe o que é mais lindo,ao mesmo tempo que se levanta uma bandeira nesta luta queima-se a mesma,sejamos francos,sem hipocrisia,demagogia,o racismo não vai acabar,ser racista ou não é uma questão de querer,não falo como uma vítima da circunstância, falo como um ser humano, que come,bebe,anda,fala e pensa como qualquer outro humano,é percebeu,somos humanos,negros,brancos,pardos…
    Mas só não peçam que os negros sejam omissos e cínicos, a ponto de acreditar que esse pedido de desculpas muda todo o contexto da atitude.Enquanto a hipocrisia e a modinha do “todos contra o racismo” continuar vai ser assim,um xinga,o outro acusa,e no meio do bolo,estão todos “misturados” (me refiro ao auditor que baniu o grêmio mas fazia supostas postagens racistas).E mais uma vez eu digo:Parem com a modinha.Por favor!Quem cresceu no olho do furacão não se encanta com qualquer “calmaria”.

  72. ELA VAI SER CRUSCIFICADA? MEEU DEUS Q COISA..RUIM..NAO CHEGA A TANTO NEH..PARA GNT..NAO TO CM PENA DELA E NEM CNTRA..MAS ELA DEVE SIM PAGAR PELO ERRO COMO TD MUNDO UM JA PAGOU OU PAGARA ..MAS CRUSCIFICAR? NAO É PRA TANTO..

  73. Da até desanimo ler esses posts, grande maioria falando bonito, gastando o dicionário. O fato é que as pessoas que estão julgando deveriam colocar a mão na consciência, se olhar no espelho, prestar atenção no próprio “rabo”. Ninguém é tão santo e correto que tenha direito a julgar alguém, até porque o santo não faria isso. Cometemos atos desprezíveis o tempo todo, a diferença é que ninguém fica sabendo, em nossos pensamentos já matamos alguém (que tenha merecido ou não) mais de dez formas diferentes, já xingamos, e jogamos praga nas próximas dez gerações do infeliz, e talvez de alguma forma já até hostilizamos ou agimos com preconceito mais vezes do que podemos contar. Então por favor, sem falsos moralismos, sem propaganda enganosa, mais verdade por favor, não com os outros, e sim com vocês mesmos.

  74. O pior de tudo que tô vendo aqui é pessoas que escrevem “que Deus me perdoe…” mas desejam que a menina (sim, menina) seja apedrejada… seja punida como EXEMPLO… que apoiam crucificá-la em praça pública… se pudessem pediriam o enforcamento dela para “SERVIR DE LIÇÃO”… belos “cristãos” falando em nome de Deus, hein? Falsos moralistas e hipócritas, que acham certo “chutar cachorro morto”,como se fala aqui no Sul. Queria que cada um que vem aqui falando “em nome de Deus” lembrasse que essa menina é um ser humano, e que todos os dias no Brasil alguém comete algum ato racista, mesmo que errado, mesmo que velado, infelizmente, mas comete, e ninguém sai por aí fazendo justiça com as próprias mãos… não temos esse direito NÃO!! Se ela tem que responder a lei, responderá… concordo que deve, mas perante a justiça… mas ela não tem que PAGAR QUALQUER PREÇO, principalmente o preço que VOCÊS INTOLERANTES estão imputando a essa moça. Todos os que agora estão se inflando pra xingar e atirar pedra pensem um pouquinho nas próprias atitudes antes. Todos os dias nesse país de meu Deus (isso é uma expressão, antes que os chatos de plantão me condenem por “HERESIA”… ah, isso também era uma punição feita “em nome de Deus!”) pessoas matam, estupram, espancam crianças, mulheres, homens, idosos, cometem atos de pedofilia, assalto, homicídio, racismo também, mas isso não dá o DIREITO a ninguém querer fazer JUSTIÇA com as próprias mãos!!

    • Telma Lima, claro que é permitido discordar, sempre! Liberdade de expressão, né…. quando falei em apedrejar, é apedrejar mesmo… talvez você não saiba, mas a casa dessa menina foi apedrejada, pixada, ela mesmo foi ameaçada de apedrejamento sim, tanto é que precisou de escolta policial para ir até a delegacia!!! Olha o absurdo que estão fazendo essa menina viver! Acho que nem os Nardoni foram tão hostilizados!!! E outra coisa, quanto ao comentário dela ser ou não racista, cabe a um juiz decidir, bem como a pena a ela aplicada, não a mais ninguém! Quando eu falo que não temos o DIREITO de fazer justiça com as próprias leis, eu não estou errada! Ninguém pode ser JUSTICEIRO e sair por aí condenando as pessoas… Se ela está errada, e sim, eu acho que está, que pague perante a justiça, só isso…

    • Andreia,permita-me discordar de você. ” mas desejam que a menina (sim, menina) seja apedrejada… seja punida como EXEMPLO…”Nada de apedrejamento,nada de exemplo…só justiça. Olha s´o argumento: Não sou racista. Ah! Tá! Imagino se não fosse!

  75. Pobrezinha, está arrependida, coitada dela, não é? Pena que isso só acontece depois que ela recebe a devida punição, alias, será que ela “reconheceria o erro” assim se esse evento não tomasse tamanha proporção? Enquanto nos solidarizamos com “coitadinhos” como ela, esses mesmos coitadinhos continuam oprimindo, hostilizando e agredindo outros seres humanos apenas por conta de uma cor de pele mais escura. Então gente, vamos esquecer essa moça, pobrezinha, esta arrependida. Afinal, qual o problema de chamar alguém de macaco uma vez na vida? –’

    • A questão é que se você se colocar no lugar dela sentiria que a punição foi desproporcional, parecida a hostilização de uma suzane von richthofen, ou algo assim! Ridicula a desproporcionalidade. Tortura emocional como punição antes mesmo da condenação!

  76. Pode ter sido calor do momento, as vezes falou de bobeira, assim como existem várias piadinhas racistas contadas por pessoas que não são. . Apedreja-la não levará a nada, o preconceito existe, ficar dando ibope pra isso só aumenta o racismo.

    • Katinha…..a vc, antes de falar bobagens, tem uma coisa no RS chamada GRENAL…. procura te informar, procura saber quem é o escurinho…depois escreve bobagens! Ridiculo como as pessoas falam sem saber das coisas, das fontes, não só desse caso, mas de tantos outros..fácil julgar foto da internet, sem nem ler o escrito abaixo dela como em muitos casos….

    • mas e aquela foto em que ela está segurando um boneco preto vestido com a camisa do Inter e fazendo cara de nojo???Foi no calor do momento tbm que ela resolveu levar aquilo pro estádio?

    • Vamos lé pessoal! Vamos jogar para debaixo do tapete…como sempre… Quem se interessar,vá ouvir a entrevista da vítima,dada ao Fantástico no domingo passado! Ela não é racista…aqueles gritos foram emitidos com uma arma na cabeça da ” menina” Vamos dar a seriedade que os atos delas tiveram…É crime e pronto! Para não falar pior!

  77. Olha gente eu acho um exagero punir um clube desse jeito e também a moça em questão, não que eu seja a favor mas acho tudo isso hipocrisia não só da justiça mas de todos que a crusificam. Os torcedores ah um tempinho atrás entraram em conflito onde a conseqüência foi a morte, e a punição foi uns jogos sem mando de campo ,é um mundo perdido onde uma ofensa (repito nao sou a favor)é considerado mais que a perda de um ser humano.

  78. Essa mocinha tem que pagar sim para servir de exemplo, e tem que ser exculachada sim para que não se esqueça do que fez. Aposto que as desculpas dela não são verdadeiras, imagino que em seu pessamento ela deve continuar chamando ele de macaco. Isso acontece em todos os lugares,mais NO SUl É BEM MAIS FREQUENTE.

    • Este teu comentário é absolutamente preconceituoso de alguém que não conhece o RS. Só pq a nossa terra foi colonizada basicamente por italianos e alemães sempre aparece uma pessoa ignorante falando estas bobagens.

    • Mari cautelar tem coisas que me deixam de cabelo em pé por exemplo o caso do menino kevin espada que foi morto por torcedores do corinthíans e nada foi feito a briga generalizada no jogo entre Atlético e vasco da gama onde foi uma verdadeira batalha campal e nada foi feito ,quando estamos em um campo de futebol se deixamos levar por emoção e
      fanatismo ou quando torcedores que jogam contra a dupla grenal cantam canções maldosas que gaúcho e viado e gosta de dar o botão não e um preconceito contra os gaúchos quando a globo faz piadas com gaúchos não é preconceito ora lá quando a torcida chama um juiz de filho da puta não e preconceito contra o juiz ora você mesmo agora no seu texto foi preconceituosa quando generaliza o sul do pais para seu conhecimento o racismo no Brasil não vai acabar com essa punição vai acabar quando brancos e negros tiverem direitos iguais porque pra mim já existe preconceito intelectual quando colocam cotas para diferenciar brancos ,negros ,índios ,mulatos cafuzos ,pardos o preconceito já está na certidão de nascimento quando colocam a cor e não de raça brasileira como deveria ser.

    • Sabe o que está demais? A impunidade!!! Sabe o que foi demais? Ter uma boa parte da torcida humilhando alguém diante de milhões de pessoas (presentes e telespectadores), eram várias pessoas contra uma. Que ela sinta o que é ter várias pessoas contra ela! E não só ela, mas todos os demais racistas. Julgar o valor dos outros pela cor da pele é racismo sim, e não adianta negar agora. Em outra entrevista ela vez mais uma tentativa de se defender e disse que apenas imitou a torcida. Que eu saiba quem imita os outros é macaco, não é não? No fim, adivinha quem é o animal dessa história? Punição a todos os envolvidos!!! Pois, não queiram que essas pessoas se achem no direito de humilhar alguém. Se fosse um coro daqueles para sua mãe ou seu pai? Seria demais puní-los? Justiça já para todos identificados no vídeo!!!! (Não acho certo punir o Grêmio).

    • 1º – E”x”culachada é com s
      2º – As vezes a pessoa que faz isso não é racista, faz apenas para desestabilizar o jogador.
      3º Você quer dizer que é certo ”crucificar” uma pessoa como punição exemplar??

  79. O primeiro erro foi ter julgado algo CRIMINAL no DESPORTIVO!
    Sou Gremista e acho que o clube não deveria ser desclassificado por um ato isolado de PARTE de sua torcida. A torcida de um clube de futebol apenas reflete a sociedade brasileira.
    No calor da emoção e por ser “cabeça fraca” essa guria acabou errando, beleza, que pague por seus atos!
    Quantas vezes os torcedores do próprio Santos já chamaram Gremistas e Sãopaulinos de G@Ymistas, ve@dos, g@ys???
    Quantas vezes a Colorados e Flamenguistas já não foram chamados de Macacos??
    Quantas vezes Corinthianos foram chamados de ladrões e considerados marginais?
    Quantas vezes os árbitros foram chamados de FD*??
    Quantas vezes aconteceu uma punição parecida com esta que o Tricolor de Porto-Alegre sofreu?? NUNCA!!
    TODOS que criticaram a atitude da guria já falaram ou pensaram em qualquer uma das palavras que citei acima, TODOS!
    Uma das pessoas que votou contra o Grêmio tem post racista no facebook.
    Quanto aos Corinthianos que mataram um guri com um sinalizador, foram presos. Não cumprirarm a pena que deveria e o que aconteceu com o Clube?? NADA!
    Outros Corinthianos que atiraram um vaso sanitário e mataram um jovem… Nada houve novamente…
    País com cotas racias não querendo ser racista…
    Esse é o nosso Brasil, reforçando Charles de Gaulle… O Brasil não é um país sério!

    • E não esquecendo que o rival do Grêmio (Inter) tem um mascote simbolizando um macaco com o nome de um ex jogador negro do time (Escurinho)…e ninguém fala nada… Sou totalmente contra o racismo, aliás, grande maioria de meus amigos são negros… Acho que sim, torcedores racistas (que nem pode ser chamados de seres humanos) tem que ser punidos… Mas, punir o time que em nada tem a ver com a educação dada a estes monstros (racistas) já é demais. Isso ainda vai dar problema (torcedores infiltrados nas torcidas rivais pra prejudicar o time rival)…. E chega de racismo!!!

    • Concordo!!!

    • “No calor da emoção e por ser “cabeça fraca” essa guria acabou errando, beleza, que pague por seus atos!”
      Cabeça fraca com certeza sim, agora ofender alguém pq está no seu momento “calor da emoção” não é justificativa. Se você branquinho, loirinho dos olhos claros está com raivinha pq seu time está fora da Copa do Brasil que isso sirva de lição, pra vc e milhares de brasileiros. O fato é que preconceito gera preconceito e se nada for feito com essa moça nunca vai parar, temos que inibir o preconceito. Não acredito que puni-la ira acabar de vez com isso, mas é apenas um começo, uma lição para os agressores verbais, que aprendam a se comportar e ter uma outra visão de vida.
      Para sua maior informação as cotas raciais não tornam o país mais racista, só para pessoas como vc de mente pequena, as cotas foram criadas para privilegiar pessoas que foram menos favorecidas no passado. A questão não é dar chances para um negro pq teve a infelicidade de nascer negro, mto pelo contrário, as cotas servem para dar chances a essas pessoas de cor tão linda que foram oprimidas no passado.

    • Falou TUDO!

    • Esqueci de colocar no comentário anterior…
      Depois de tudo que o tal de Aranha falou sobre o Estado do Rio Grande do Sul, perdeu toda a razão que tinha!
      Desrespeitou um estado inteiro!

  80. Essas nossas leis e a midia sao ridiculas, desde quando a palavra macaco e racismo….alguns anos atraz no Norte e Nordeste os militares eram chamados de macacos,que explica isso…torcedores se matam,jogam vaso sanitarios nas pessoas, xingam juizes, jogadores, e nada acontece, agora pegaram a menina de cobaia….os politicos deitando e rolando no povo….que país e esse…

    • Enquanto a mídia só fala deste fato, que eu acho uma vergonha fazer este escândalo todo, mesmo sedo contra o racismo, os políticos estão deitando e rolando. Esqueceram deles e a roubalheira continua. Enquanto no Brasil tiver quotas para negros nas faculdades, o racismo vai existir. Na minha opinião, tinham que acabar com estas quotas para que o racismo diminua. Como terminar com o racismo, se o próprio negro coloca em sua certidão de nascimento a cor para se beneficiar das quotas. Para sermos iguais devemos mostrar que possuímos as mesmas aptidões. Esta menina estava no lugar errado e na hora errada. Tiraram ela para bode expiatório. Ela não estava sozinha. Tinha uma torcida inteira junto.

  81. Acho justo a punição ao time sim, afinal quem é torcedor de verdade sabe muito bem que todos os atos em estádios caiem como punição ao time!
    I não foi só ela, foi sim a torcida inteira pq não puni?
    Faz tempo que vem tendo campanha contra o racismo, ai a torcida provoca aquela manifestação contra o goleiro, por conta q estava perdendo io tima não vai se punido!
    Justo D+, agora quero v si vai te essa palhaçada de novo!!!

  82. A verdade tem que ser dita.O racismo cada dia fica pior.Infelizmente. Reparem que só os negros e mulatos sofrem agressões. Os brancos (eu sou branca) só ficam presos para algumas indagações. Eu lembro, nos ônibus quando faziam blitz, só os negros e mulatos eram revistados, Vi muitas e muitas vezes isso acontecer, quando trabalhava. Os insultados tem sim que reclamar. É um direito, agora ela é coitadinha.

  83. Baita atitude a do Aranha em negar um encontro com ela prá ela pedir desculpas a ele. Só reforça a certeza que tive já na sua primeira entrevista, assim que saiu do campo. e prá quem chama os gaúchos de racistas, como em alguns depoimentos aí encima, segue o link.http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/brasileirao/noticia/2011/07/jogador-do-flamengo-diz-ter-sofrido-ofensas-racistas-em-jogo-contra-o-santos-3421478.html

  84. Concordo com a punição tanto do clube, tanto da jovem, racismo é crime e para crime existe lei! Se todo crime fosse perdoado não precisaria existir tribunais e presídios, era só pedir desculpas e estava tudo certo. O Brasil mesmo sendo um país de grande mistura de raças ainda é um país muito preconceituoso, justamente por as pessoas terem em suas mentes que existem crimes pequenos e crimes grandes, crime é crime! E se pela lei, racismo é crime inafiançável, no futebol tem que ser da mesma forma.

  85. em momento algum essa mulher se preocupou com o Aranha.. e sim com o Gremio.. como toda hora ela fala…. gremio.. gremio e gremio…. se eu fosse o Aranha metia sim um processo bem gostoso e todos nos sabemos q o pessoal do sul são racistas, nao falo todos.. mas uma boa parte…. pode ser com a cor ou com nos Nordestinos…. tem que punir sim uma mulher dessa… para que sirva de lição… ainda tem um comentarista que falou !” a pq o aranha tem que amenizar, ir a televisao… so faltava ele dizer.. aranha vai a televisao e pede desculpas para a patricia” me poupe viu …..

    • Princípios e bons valores vem da educação do nossos pais. Sinceramente se ela tivesse isso no sangue não entraria na onda da torcida em realizar os xingamentos contra quem quer q fosse. Ela entrou na onda por vontade própria, tem sim q ser penalizada e já está sentido isso na pele. Sou contra as pessoas ficarem xingando-a disso ou daquilo. A lição q ela teve ficará pro resto da vida e na próxima vez, q ela pense antes de entrar na onda de qq um.

    • mara lucia hermes 5 de setembro de 2014 at 21:29

      Concordo,que a torcedora deva ser punida,sou colorada,mas o resto do país,querendo crucificar uma pessoa,como se esta fosse marginal,assassina,ou seja torcedora corinthiana,já estrapolou tudo ,principalmente em um país,que se permite atirar vaso sanitário em estádio e matar,torcedor marginal ir a outro país e matar,baterem em torcedores na rua e igualmente levar a óbito,ou deixar aleijado,tudo isso pode,mas se tratando de Rio Grande do Sul,nada pode,a nossa mídia é podre.Condenam uma menina,como se no eixo São Paulo Rio,não acontece coisas piores.E a inveja do nosso Estado é tanta,que qualquer coisa que acontece,é motivo para nos tirar para idiotas.O resto do país que tanto fala mal do Rio Grande do Sul,tenho apenas uma coisa para dizer,a inveja é a única doença que mata.Temos tradição,sangue nas veias,coisa que falta para a maioria neste país.Duvido que neste eixo que tanto se acha,algum torcedor saiba simplesmente o hino do seu estado,quiçá do seu município.Se o resto do país não gosta dos gaúchos,pelo menos não falem mal de nós,pois em todas campanhas que precisam de ajudas nos estados vítimas de catástrofes,os gaúchos sempre colaboram,mas um dia veremos quem é quem.Quando do incêndio da Boate Kiss,a maioria postou coisas tão anti humanitárias,que nos fizeram crer,que não fizemos parte deste país,nos ofenderam,tipo coisa que não se faz com nenhum animal,quanto mais com seres humanos,e agora o país inteiro nos crucifica novamente por uma coisa tão idiota,como se ninguém nunca neste país,alguém tenha cometido algum ato racista.Não gostar dos gaúchos,é uma coisa,mas a inveja é outra.E para o goleiro Aranha,eu desejo de coração,que ele repense em tudo que falou deste povo trabalhador e honesto.Pois nenhum time da dupla grenal,teve que roubar pontos do campeonato para ser campeão.

    • Muito engraçado falar do racismo do “pessoal do sul”… Isso pra mim é xenofobia escancarada. E hipocrisia, também… Já vi negros e nordestinos sofrendo discriminação e agressões em São Paulo e no Rio de Janeiro… Ah, sem falar nas “brincadeirinhas” com a masculinidade dos gaúchos… Acho que perdeste uma excelente oportunidade de não falar besteira…

    • Marili de Fatima piaia 5 de setembro de 2014 at 20:36

      Por favor…pare de dizer o PESSOAL DE SUL.
      Eu sou do Sul com muuuuuito orgulho e torcedora do INTERNACIONAL. Vcs não acham que já está na hora de parar de fazer tortura psicológica com a moça??? Nós do Inter sofremos em cada GRENAL um hino com a palavra MACACO e não fizemos um ZOE desses….e a descriminação das loiras …não tenho culpa de ter nascido loira. Não sou racista muito pelo contrário. Estamos e vivemos em um país com diversidades de raças e culturas, portanto meus amigos DEMOCRACIA!!!! Vc acabou de fazer uma descriminação dizendo o “pessoal do Sul”…ha!!! cara parem com isso..o Brasil é grande e tem espaço para todos.

    • Lembrando que nesse seu comentario você tambem esta sendo rascista ao dizer que o povo do sul é rascista.
      Eu como morador do Rio Grande do Sul discordo disso.
      Alem de considerar isso como insulto.
      Você esta sendo tão rascista quanto a menina foi (mesmo eu achando que ela só agiu no calor do momento (por isso detesto futebol).)
      Quer dizer, como alguem com AMIGOS negros pode ser rascista?

  86. Sou a favor da manifestação máxima de todos e punição cabível da justiça diante de qualquer ato racista. Ela foi flagrada em rede nacional num ato racista, não existe essa de que não teve a intenção! Agora, que não é somente ela, não tenho a menor dúvida! Em briga de torcida se você entrou no embalo dos “amiguinhos” e também chutou um torcedor do time adversário que vier a falecer, você também vai pagar por isso! Não existe essa de fui no embalo da galera! Essa escandalização de atos racistas servirá de alerta a todos aqueles que, ainda hoje em dia, persistem nessas atitudes, atitudes essas incabíveis num país marcado pela miscigenação étnica como o Brasil. Também sou a favor da penalização do Grêmio, não foi a primeira vez que isso aconteceu, perdemos o espetáculo sem sombra de dúvidas, mas ganhamos com um Brasil que não tolera preconceito (crime) de forma alguma! Quisera que as coisas na política andassem dessa maneira também!

  87. Olá Marcelo,

    Sou Gremista e tenho pouco a acrescentar ao que já falaste. O GRÊMIO merece sim ter esta punição e a partida contra o Santos fica pra próxima, é sempre cheia de emoções. A principal razão de sermos punidos é porque o nosso núcleo de terroristas (quase todos os clubes tem um) acha que é maior que o GRÊMIO e faz muitas besteiras em nosso nome. Este caso da injúria racial é só a ponta de um Iceberg.

    Agora o GRÊMIO tem uma oportunidade real que nenhum clube brasileiro terá por algum tempo de termos um estádio apenas para os torcedores do GRÊMIO com conforto, real animação e aquela fezinha silenciosa em busca do gol que fez o GRÊMIO ganhar tantos títulos.

    Só ganha quem sabe perder e a GERAL não sabe perder.

    • gustavo rettenmaier 5 de setembro de 2014 at 20:11

      Meu caro amigo gremista, sou colorado, e acho sim que racismo, ou qualquer outra forma de preconceito deve ser coibida, com decisões e punições fortes.
      Mas acho que foi exagero o que fizeram com o Grêmio, como você disse, todo clube tem seus “terroristas” infiltrados nas torcidas, e infelizmente eles estão vencendo a guerra.
      Tive o prazer de assistir um GRE-NAL na tua casa, com estádio dividido ao meio pelas torcidas e não vi nenhum incidente.
      Acho que os clubes precisam ter mais rigor com seus torcedores, em especial essa “figurinhas carimbadas” de todos os jogos.
      Mas acho que a pena ao Grêmio foi desproporcional, existem torcidas cometendo crimes tão ou mais odiosos, sem nem uma parcela da penalização.
      Quanto a essa menina, tambem concordo, ela apenas entrou no “embalo” de uma torcida apaixonada, que sempre dá um espetáculo nas arquibancadas, mas que sofre pela situação relativamente difícil, de um clube grande, sem um tirulo realmente importante a tanto tempo.

  88. Eu concordo com tudo que está acontecendo.
    Alguém tem mesmo de pagar o pato. Claro que ela é peixe pequeno, mas vai aprender e a mensagem vai ficar para os próximos. Quem mandou amar loucamente e desenfreadamente a ponto de não pensar antes de vomitar besteiras.

  89. Pessoal acho que temos que tomar cuidado com essa tal palavra racismo. Será que essa palavra deve ser aplicada somente quando falamos da diferença de cores de pele???
    Ou a mesma deve ser aplicada, quando falamos em uma atitude depreciativa não baseada em critérios científicos em relação a algum grupo social ou étnico??

    Aqui em casa eu e meu Esposo já fomos na escola do meu filho por 4 vezes, tivemos que falar com o pai de um de seus amiguinhos. E por muito pouco não denunciamos a escola.
    Meu filho de apenas 7 anos sofreu Bulling na escola por ser branquinho e ter o cabelo escorrido. Um garotinho da mesma sala ficava atormentando a vida dele, chutava a mochila, empurrava ele da escada e isso sem falar dos xingamentos de BRANQUELO, CABELO DE MENININHA, e dai por diante.
    Uma certa vez parei o menino na frente da escola e falei: Olha não faz assim com o ele, ele está sofrendo, chega em casa triste e chorando.
    No dia seguinte, pasmem vocês, meu filho chega em casa chorando e me fala: Mamãe você falou com ele, e ele me disse para eu ir chorar no peito da mamãezinha.
    Não vou entrar em detalhes, mas posso garantir que o meu filho que é o branquelo da história, nunca percebeu a diferença entre o tom da pele dele com o tom da pele do amigo, e nem nunca viu a diferença entre seus cabelos.

    Sabe porque?? Porque em casa nunca foi ensinado a ele que cada pessoa tem uma cor.
    Em casa foi ensinado a ele que existem pessoas, e que todas são diferentes uma das outras e que TODAS DEVEM SER RESPEITADAS.

    Isso que aconteceu com o goleiro realmente é o fim da picada, mas o que vocês me falam de um Shopping onde a pessoa não pode entrar se não tiver de carro??? E o que vocês me falam de um Bairro hiper famoso de São Paulo que não queriam a construção de metrô no Bairro, pq o mesmo iria começar a ser frequentado pelo “povão”, o que será esse dito povão hein rsrs?? O que você me falam de um certo templo de sei lá quem onde as pessoas não podem entrar se estiverem de chinelo??
    O que falar da cara de certas vendedoras ao nos olhar quando adentramos em certas lojas rsrsrs. Nunca passei por isso, mas já estive ao lado de uma pessoa quando a mesma passou.

    Que nome você dariam a tudo isso???

    Olha não sei se estou certa ou errada, mas falo que enquanto existir esse negócio de separação do ser humano por cor, por religião, por time de futebol,por dinheiro e dai por diante a coisa não vai sair disso.
    Enquanto existir cota para negros nas Universidades nós não podemos falar que evoluímos.

    PAREM COM ESSA COISA DE…TENHO ORGULHO DE SER NEGÃO, TENHO ORGULHO DE SER BRANQUELO…Sou mais bonito que esse ou aquele, as minhas rugas ainda não aparecem as suas já, o meu cabelo é mais bonito que o seu, a minha roupa é mais bonita, eu sou magro o outro é gordo e dai gente, que toda diferença seja bem vinda, pq esse mundo seria muiiito chato se fosse tudo igual, todo mundo com a mesma cara, affff que chatice. E tem mais TODOS VAMOS MORRER UM DIA, e quem não for queimado lá para virar cinzas, vai virar comida para os bichinhos hein rsrsrs. ESSE É O FIM DE TODOS.
    Devemos nos orgulhar de sermos SOLIDÁRIOS, AMIGOS, HUMANOS uns com os outros.

    Plantemos o amor e o demais cada um vai pagar aqui o que faz com seu próximo.

  90. E né? Mas chamar os gremistas de viado , gay todo mundo chama. Não estou defendendo ela sou gremista e meus colegas me chamam de racista é não sou. Quantas vezes vemos esse tipo de coisa em jogos? Esse tipo de brincadeira? Sim , ela admite nós também admitimos que ela passou dos limites mas gente? Esse é o Brasil né? Ta explicado tanta falta vergonha na cara. Agora o que vemos nas redes sociais é ameaça a gaúchos e gremistas, nos acusando de racista. Isso só confirma que o Rio Grande do Sul realmente não se identifica com o Brasil e o Brasil não se identifica com o Rio Grande do Sul. Também acho que não deveriam desclassificar o grêmio uma coisa não tem a ver com a outra. Se houver injuria onde trabalho, a pessoa responsável que terá que pagar e não a empresa toda. Agora concordo sim, ela tem que pagar pelo que fez. SE COLOQUEM NO LUGAR DELA , PENSEM NO OUTRO .. PENSEM NO PRÓXIMO PESSOAL!

    • Achar q o rio grande do sul nao combina com o brasil mostra o quanto vcs do sul são preconceituosos e se acham melhores e diferentes de boa parte do brasil como sempre vejo na net

  91. Ela precisa ser responsabilizada pelos seus atos.Talvez isso a ensine pensar pela própria cabeça!”Embalo da torcida!”Sei!!!!

  92. Ela é jovem e tem toda uma vida para repensar o seu erro. Deve pagar pelo seu erro na forma da lei, mas, da mesma forma, tem o direito de ser deixada em paz para dar continuidade a sua vida. Todavia, o clube deve ser penalizado para que outros torcedores pensem antes de cometer um ato desta natureza. Nosso país de queixa da impunidade dos corruptos e vive aceitando a impunidade do cotidiano. O ato lamentável desta jovem deve servir de exemplo para que não se torne uma regra.

  93. Pessoal, sou colorado e tambem nao concordo com o que essa guria fez mas… Pelo amor de Deus… Basta, ela ja foi penalizada, nunca mais vai esquecer esse fato, essa lição e… PONTO
    Em vez de gastarmos energia nisso, pensem nos politicos que nos roubam nosso dinheiro, que matam nossos irmãos nas filas dos hospitais, que aceitam dinheiro de bandidos para deixar eles “livres”, que corrompem menores, que criam empregos fantasmas, que favorecem amigos enfim, uma infinidade de atrocidades que, se fossem combatidas por todos nós com a metade da energia que se está colocando nesse caso, duvido que não mudaria. Porque não apedrejam a casa do politico aue desvia o dinheiro dos velhinhos?? Porque quando o politico que desvia o dinheiro das escolas entra num restaurante todo mundo não levanta e vai embora?? Porque quando o politico que faz seus servidores pagarem metade de seus salarios pra ele entranum teatro todos não levantam e vaiam ele???
    Ja pensou que força teríamos se agíssemos como estamos julgando essa guria????

    • SOU GRÊMISTA E NEGRA MAS ACHO UM EXAGERO A IMPORTÂNCIA Q ESTÃO DANDO A ESTE FATO,ISSO TUDO NÃO SERIA PARA DESVIAR O FOCO DA POLITICA,TANTAS COISAS ACONTECENDO,TANTOS ATOS DE RACISMO TODOS OS DIAS,O ARANHA FOI MAL EDUCADO COM TODOS OS GAÚCHOS,DEVERIA PEDIR DESCULPAS TAMBÉM,DEU, CUMPRA-SE A LEI,MAS DEIXEM ESSA GURIA EM PAZ ,ELA CERTAMENTE APRENDEU A LIÇÃO.

    • Mario Luiz Caniato 5 de setembro de 2014 at 19:25

      Nunca se falou tanto em racismo !! grupos socialistas fazem parecer que isso é o fim do mundo !!! a partir do momento que uma pessoa pratica um ato racista de fato tera sim que ser punida e não escrachada como esta sendo essa menina , a televisão não pagou direito de imagem porém foi mostrada ao mundo todo … acredito que estão exagerando e formando uma cortina de fumaça escondendo crimes cometidos por politicos muito piores que esse disse me disse , pois ela dizia no momento BA-GA-ÇO e não MA-CA-CO
      e ai ???? como ficaria se a menina tivesse um bom advogado !!!

    • Obrigado, colorado, pela coragem da sua opinião

  94. Que tipo de criatura sairia da cruza de uma vaca branca e um macaco feio?

  95. Onde estão os outros torcedores, que como ela insultaram e imitaram macaco, na direção do goleiro Aranha? Não estou defendendo esta torcedora, mas ela está pagando sozinha, com a exposição, por um erro que ela não cometeu sozinha. Acho errado a punição ao clube. A justiça deve é punir, e banir dos estádios esses torcedores.

  96. O STJD finalmente se redimiu da decisão cretina do rebaixamento do Fluminense. Pra quem defende essa escória, vocês não estão entendendo a dimensão da coisa. Isso vai muito além de disputa futebolística. Racista tem que ser ESTIRPADO COMO UM CÂNCER da sociedade. Isso é inaceitável! Nosso país não tem histórico de ódio racial. Então que esses criminosos paguem com o rigor da justiça!

    • Caraca..mais um paladino da moral e dos bons costumes. Daqueles hipocritas que seria o primeiro a jogar pedra em Madalena.

  97. Eu concordo que já esta demais, e ela não foi a unica, não sei quantos torcedores tinha no dia do jogo, só sei que ela não gritou sozinha, nem foi ela que começou a gritar, ela foi ate foi na onda de vários torcedores, não justifica o erro, mas ela estava no foco da câmera e acabou “dançando” sozinha, acredito quando ela diz que não é racista, e ela se acertando com a lei já é justo.

  98. ana milena duellis 5 de setembro de 2014 at 18:30

    Assim, na minha opinião ela deve ser penalizada sim, pq não é a primeira vez que ocorre uma “cena” como essa, porém não concordo com o time ser penalizado, pois o time não teve culpa que a torcedora não soube se conter e pensar que ela só pq é “branca” é melhor que alguém…

    • Acontece que a punição contra o time, apesar de parecer injusta, é exatamente para impedir que a torcida volte a realizar atos como esse, pois antes de fazer qualquer ato do gênero, a torcida agora pensará o que é mais importante: alguns gritos na arquibancada, ou o time conseguir terminar o campeonato.

  99. Marcelo Tas … Não me decepcione!… Se ela fosse homofóbica e tivesse xingado sua linda filha, você mesmo a estaria apedrejando. #EpedradanelaSIM

    • Elisabete, sim, eu já perdoei o Bolsonaro e o Feliciano. Responder ignorância com ignorância é tentar apagar incendio com gasolina. Pense nisso, mocinha.

  100. A MÍDIA só esta esquecendo de mostrar o mesmo goleiro ARANHA, provocando e xingando a torcida do GRÊMIO! Xingando inclusive de VIADO! Houve sim descriminação e foi DOS DOIS LADOS!!! O goleiro Aranha também deve desculpas a torcida do Grêmio e também deve ser penalizado!

  101. Atitude racista é ridícula, ela foi ridícula e tem que ser punida SIM.
    É inadmissível você ver e ouvir um ser humano dizer o que esta cidadã disse ao goleiro
    Aranha. Ela tem que sentir vergonha do que fez.

  102. Marcelo,

    Você está errado em pelo menos um ponto: a atitude não é pontual. A torcida canta hinos racistas contra o Internacional, pois o Inter aceitou jogadores negros antes que o Grêmio e esse é o motivo dos gremistas chamarem os colorados de macacos. Racismo puro, e tem que ser punido. A moça eu não conheço, não sei se ela é ou não, se foi pontual ou não, mas a torcida do Grêmio PRECISA para com esse comportamento.

    • Carlos Heron Martins 5 de setembro de 2014 at 19:21

      Luis, o primeiro atleta negro no Grêmio foi o Tesourinha em 1952, já o Inter foi o Dirceu Alves em 1928.

    • Mais do que desinformado. Além do comentário do amigo acima, a PROPRIA TORCIDA DO INTER SE INTITULA DE “MACACOS”. PODEM PROCURAR POR VIDEOS DA TORCIDA DO INTER QUE INCLUSIVE FREQUENTEMENTE TEM TORCEDORES FANTASIADOS DE MACACO NO MEIO DA TORCIDA.

    • equivocado este leitor, pois o Grêmio foi o primeiro time de futebol no RS a ter atleta negro. Por favor, se informe antes de dar informação equivocada.

  103. Deus me perdoe por pensar assim, mas espero que ela passe por tudo aquilo que seja necessário para servir de exemplo para todo mundo! Eh abominavel este tipo de preconceito!! E mesmo que todos a crucifiquem, ninguém eh perfeito!! Pode ter sido um ato impensado, mas que sirva de exemplo para algo bom!

    • Ô animal, espero que se um dia sua filha estiver na mesma situação, que ela “PASSE POR TUDO AQUILO QUE SEJA NECESSÁRIO PARA SERVIR DE EXEMPLO PRA TODO MUNDO”, inclusive ser AGREDIDA, ESTUPRADA E MORTA, que foi o que a Patrícia ouviu de muita gente. Foi assim que seus pais lhe ensinaram a pensar?

  104. Foi muito bem feito para esta moça aprender que torcer não é desta forma seja ofendendo os outros ou fazendo bonecos do time adversário – mas já sofreu muito foi muito exposta – MERECIDAMENTE – mas já pagou com certeza aprendeu e fez MUITA GENTE APRENDER TAMBEM – quanto a punição do Gremio É MAIS QUE JUSTA POIS NAO É A PRIMEIRA VEZ – LEMBREM-SE QUE CHEGARAM A OFENDER UM HEROI FALECIDO (FERNANDAO)- muito justo e espero que os “pseudos doutores ” do STJD mantenham a punição só assim vao aprender ….e não sou gaúcho não….sou de SP não tenho interessem em defender qualquer dos dois únicos times do RS !

  105. Diante dos comentários de muitos aqui fica muito visível que falta uma maior compreensão do cenário de dominação social que vivemos, para não cair nessas armadilhas do discurso dominante. O racismo beneficia e privilegia os interesses exclusivos da raça dominante (branca), logo NÃO EXISTE RACISMO INVERSO!!! Me permita citar uma reflexão do Carlos Moore:
    “O racista se beneficia do racismo em todos os sentidos: econômica, política, militar, social e psicologicamente. Não somente ele se sente superior, mas vive uma vida efetivamente superior à vida daqueles que ele oprime.”

    Como vocês brancos pensam em desconstruir o racismo se não tem a capacidade nem de reconhecer que isso é um problema de vocês? Vocês negam seus privilégios, vocês negam seu racismo e preconceitos… Enquanto não houver essa transformação na mentalidade de vocês, jamais conseguiram se posicionar de forma honesta com o outro ou com vocês mesmos.

    • quanta bobagem… quanto vitimismo…
      é muito feio sentir pena de si mesmo, procurar bodes expiatorios para seus proprios fracassos. a vida nao é um mar de rosas PRA NINGUEM. trabalhe duro todo dia, principalmente estude algo que gosta e um dia vc chega la, ou nao, afinal de contas a vida so eh meritocratica nas novelas…

  106. Li uma informação, que espero que esteja errada, de que o goleiro injuriado não aceita se encontrar com a moça, para a devida retratação. De coração espero que ele reflita e aceite o encontro, pois mostraria hombridade e caráter. Manter a injúria apenas dará gás a esse tipo de coisa continuar acontecendo. O racismo não irá mudar por canetada e sim por gestos de grandeza. O goleiro Aranha manter o coração duro apenas continuará a espiral de violência e intolerância que o país está sofrendo de norte a sul, afinal agora TODOS os gremistas estão sendo atacados por todo o país…

  107. Que Deus me perdoe por pensar dessa forma, mas q ela passe por tudo aquilo q seja necessário para servir se exemplo para todos!!

    • O pior de tudo que tô vendo aqui é pessoas que escrevem “que Deus me perdoe…” mas desejam que a menina (sim, menina) seja apedrejada… seja punida como EXEMPLO… que apoiam crucificá-la em praça pública… se pudessem pediriam o enforcamento dela para “SERVIR DE LIÇÃO”… belos “cristãos” falando em nome de Deus, hein? Falsos moralistas e hipócritas, que acham certo “chutar cachorro morto”,como se fala aqui no Sul. Queria que cada um que vem aqui falando “em nome de Deus” lembrasse que essa menina é um ser humano, e que todos os dias no Brasil alguém comete algum ato racista, mesmo que errado, mesmo que velado, infelizmente, mas comete, e ninguém sai por aí fazendo justiça com as próprias mãos… não temos esse direito NÃO!! Se ela tem que responder a lei, responderá… concordo que deve, mas perante a justiça… mas ela não tem que PAGAR QUALQUER PREÇO, principalmente o preço que VOCÊS INTOLERANTES estão imputando a essa moça. Todos os que agora estão se inflando pra xingar e atirar pedra pensem um pouquinho nas próprias atitudes antes. Todos os dias nesse país de meu Deus (isso é uma expressão, antes que os chatos de plantão me condenem por “HERESIA”… ah, isso também era uma punição feita “em nome de Deus!”) pessoas matam, estupram, espancam crianças, mulheres, homens, idosos, cometem atos de pedofilia, assalto, homicídio, racismo também, mas isso não dá o DIREITO a ninguém querer fazer JUSTIÇA com as próprias mãos!!

  108. eu não sou contra não, pois toda a atitude tem uma consequencia !!! ela so ta colhendo oq plantou!! qd acontecer com algum de vcs ou de suas familias vcs vão entender q ela merece td isso sim !

  109. Discordo do Tas neste ponto. Ela não fez a declaração apenas pelo calor da emoção, mas sim pela certeza da impunidade. Certeza esta, que faz com que jovens bebam e dirijam pelas ruas, que faz com que alguém molhe a mão do guarda para escapar de uma multa e um dos principais motivos, para este país estar na situação ruim que está hoje. A certeza da impunidade.
    Se tivéssemos mais policiamento, e o cidadão soubesse que iria pagar pelos erros, seríamos uma sociedade mais organizada e talvez melhor. O que fazem com esta garota é algo para que sirva de exemplo. Agora não deveria ficar só por aí. Prefiro mil vezes, ver pessoas presas quando promovem brigas, dentro e fora dos estádios. Se a polícia fez um bom trabalho, identificando a torcedora, deveria fazer o MESMO e identificar outros agressores e criminosos que se juntam às torcidas.

  110. Aqui se faz, aqui se paga! Na minhã opinião não existe meio racismo. Ou é racista ou não é, ponto final. Tem que ser radical mesmo, os brasileiros só aprendem dessa forma, quando aprendem. Essa mina vai pensar mil vezes antes de falar besteira por aí a partir de agora. Qualquer tipo de preconceito deveria ser tratado radicalmente sim, com pena de prisão. No final das contas todos vamos para o mesmo buraco, seremos devorados pelos mesmos vermes. É isso aí, que a justiça seja feita!!!

  111. 15 anos pra ela ; o gremio não tem culpa.

  112. Tudo exagero, nas imagens são mostrados diversos torcedores fazendo o mesmo, a diferença é a cena dela é mais forte, pois é possível fazer a leitura labial. Contudo, quem já esteve num estadio sabe o poder da massa, o quanto se faz contagioso uma manifestação em grupo grande de pessoas. Acredito que a intensão dela, e dos demais, era tirar a concentração do goleiro do time oposto. Só que tudo neste país a imprensa cai matando…

    • Não que eu concorde com o ato dela, foi feio, foi desrespeitoso, lamentável,… Mas é inaceitável a maneira como estão expondo ela na mídia, como se ela fosse uma criminosa que representasse perigo à sociedade.. Ela por acaso matou alguém? Roubou alguém assim como nossos políticos fazem o tempo todo na cara dura e nada é feito? A mídia está fazendo isso pq? Pq ela foi a única a aparacer no telão, sendo que ela não foi a única a fazer o tal ato sozinha, cadê os outros covardes também, que gritaram horrores (macaco,preto fedido etc..)… Tantos bandidos cometendo crimes bárbaros por aí e saindo pela porta da frente da delegacia sem ao menos serem punidos….
      Parabéns essa é a porcaria de mídia que temos em nosso País, aquela que é a primeira a condenar e apedrejar como se fosse a única e a primeira criminosa, essa história já deu né, acho que ela já aprendeu a lição!!
      Acho que temos coisas bem piores à serem resolvidas neste PAÍS IMUNDO!!

  113. Marcelo,sobre a garota concordo com vc!
    Mas sobre a punição ao grêmio descordo,a punição ao grêmio eu entendo como sócio educativa,e uma lição também a justiça comum,essa punição acho que passo um recado a altura,da gravidade dessa situação,que no mundo de hoje esse tipo de violência não pode ser aceita!

    • Concordo com vocês. ..

    • Concordo com vc Douglas, a punição de exclusão do Grêmio no campeonato, foi por assim correta em virtude de mais uma vez acontecer atos de racismo por torcedores do clube! Quanto a garota e os outros torcedores, merecem pagar na justiça pelos seus atos!

  114. Não acredito que demonizar uma pessoa pelo comportamento de uma torcida inteira seja totalmente correto, mas a massa utiliza sempre esta estratégia para se livrar da consequência por seus atos.

    Desclassificar o time Grêmio que, com certeza, como instituição não apoia atitudes racistas, não vai fazer com que seus torcedores deixem de ser racistas (mesmo que um racismo enrustido), mas com certeza é um passo avante na tentativa de banir a expressão de racismo no interior estádios (ao menos).

    Se este é o melhor caminho para combate a intolerância? Talvez realmente não seja, mas já é um caminho.

    Quanto aos que falam em banir palavrões dos estádios, banir o uso de adjetivos pejorativos ressaltando características, por vezes indesejadas (como calvice, magreza extrema, estrabismo dentre outros inúmeras)… Nunca fui a um estádio e não sou fã de futebol, mas creio que tornar um estádio um ambiente mais familiar seria mais adequado do que transformar o local em um criatório de trogloditas…

    • Pois é Carlos, tu fala em racismo enrustido. Como tu falou, tu nunca foi a um estádio e não sabe como é um ambiente onde milhares de pessoas pagam pra ver o time do coração. Se você não sente nada disso, bom para você, mas por favor, não comente a respeito. O Marcelo como bom Santista, duvido que nunca chamou o juiz ou um jogador adversário de algo ofensivo. Todos sabem que isso não passa para fora do estádio e os jogadores, mais que ninguém, sabem disso também. O Aranha está sendo aranha e ganhando um pouco de fama. Ou tu acha que a educação virá dos estádios para as ruas. Engano seu! Isso que fizeram com o Grêmio, e que já mais fariam com qualquer time do eixo RJ-SP, é para justificar alguma bagunça feita internamente. Isso continuará acontecendo em todos os estádios do Brasil, assim como torcedores continuarão morrendo, pode ter certeza, será abafado. Como tudo que acontece no Brasil.

  115. -a moça está sujeita a pena da da lei. Acho sim anabolizado o massacre que estão fazendo com ela. O que assusta é o viés fascista de grande parte dos que estão aí a massacrá-la. Quando Joaquim Barbosa foi hostilizado não se ouviu posicionamento contra. Quando o próprio lula fez declarações homofóbicas sobre Pelotas nada se fez. Quando o jornalista Heraldo Pereira foi vítima do ataque do jornalista Paulo Amorim não se fez tanto barulho, ele heraldo foi a justiça exigiu reparações. Este é um país que está se enveredando a passos largos para o protofascismo hipócrita e farisaico.

  116. E muito triste, isso não só a segregação, mas a imposição de ter que ser cristão também. Eu fui buscar emprego numa loja a bandeirantes calçados, declarei que era da Umbanda, então eles disseram que os valores da loja eram pessoas cristãs. Muito triste sou negra com orgulho.

  117. Parabéns Tas pelas palavras! Só uma pessoa inteligente e coerente como você para escrever isso!

  118. Esta moça apenas fez um teatrinho naquela coletiva, nem chorou, pediu diversas vezes perdão ao grêmio e em momento algum se lembra do pobre do aranha, no qual o ofendeu diante de um país inteiro.

  119. Por favor, se escuta tantas coisas desse tipo nos estádios…é claro que ela está errada,mas por que a mídia esta comentando tanto?Chega, estou com pena dessa garota!!!!

  120. acho que ela deve pagar pelo que fez, e que sirva de lição a todos que se acham superiores parabéns a justiça.

  121. Tenho apenas uma pergunta.O ato racista dessa menina não foi desproporcional???Eu acho que sim,então,que pague por este ato e sirva de exemplo.Agora ela faz cara de coitadinha.

  122. viva o aranha? a reação dele foi ridícula, assim como a do povo.

  123. Em relação a atitude desumana de Patricia acho que ela deve ser punida sim embora ela tenha pedido desculpas em rede nacional, e acho também que o Aranha deveria fazer diferente e aceitar as desculpas de Patricia pois ela foi no calor do momento, não concordo em ponto algum com tal atitude mas também não concordo que todo o Grêmio sofra as consequências.

  124. todos somos filhos de Deus sendo qualquer raça, religião, devemos respeitar ao próximo se queremos ter um brasil melhor ..

  125. Respondendo a pergunta: merece sim, só não acho justo ser a única execrada, não tenho pena nenhuma depois da foto bem ilustrativa dessa matéria abaixo, na qual ela faz cara de nojo para um macaco de pelúcia com a camiseta do inter.
    http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/a-torcedora-gremista-que-chamou-aranha-de-macaco-tem-nome-e-sobrenome-a-policia-militar-e-o-ministerio-publico-do-rio-grande-do-sul-so-nao-tomarao-atitude-contra-o-racismo-se-nao-quiserem-29082014/

  126. Olá Tas,

    Sou muito sua fã! Meu sonho virar repórter CQC. Rs

    Então, Tas, confesso que de primeira, por estamos tão acostumados com as coisas acontecerem, que algo TÃO grave como isto passa despercebido, como passou por mim no início.
    Foi só após ler o texto do meu amigo que minha ficha caiu um pouco mais.

    “Estou IMPRESSIONADO com o numero de pessoas no meu facebook que se sensibilizaram com a moça que gritou “macaco” no estádio de futebol e a repercussão que o caso teve, acreditando que tudo não passou de exagero.
    Vamos deixar alguns fatores aqui bem claros (vou responder a alguns argumentos que podem parecer bem toscos, mas foram os que li por aqui no facebook);
    1- Ninguém quer proibir o uso de palavrões nós estádios. Procure no dicionário o significado de palavão (macaco não se enquadra). Agora se você não tem discernimento para usar é melhor calar a boca!
    2- Quando você admite o uso de termos racistas em situações como essa você banaliza a questão do preconceito e incentiva essas ações fora do estádio também.
    3- “Ah, mas não é justo ela ser condenada por um crime quando muita gente tbm faz o mesmo e não acontece nada”. Qual o sentido dessa frase? Então libera ela pq não da pra prender os outros? Libera todo mundo na cadeira pq tem muito criminoso solto aí!!
    4-Ninguém aqui ta sendo hipócrita, todos nós já tivemos deslises, mas trabalhar para que isso diminua não é hipocrisia é ética!
    5- O racismo dela não justifica o seu machismo.
    6- Se uma palavra define se ela é ou não racista, não interessa, ela cometeu um crime e deve responder por ele.
    7- Atualmente essa é a forma que as pessoas encontraram de chamar por justiça, divulgando e compartilhado! Não sou a favor de toda essa exposição, mas se ela cometeu um delito, tem que responder por ele, é simples! E quem sabe assim outras pessoas aprendam com o erro dela. Se acontecesse de outra forma, talvez a justiça não fosse feita e muitos (como alguns aqui) continuariam a acreditar que chamar de macaco em uma partida de futebol não passa de um forma de expressão!
    “Some white people are so privileged, they expect sympathy for their guilt.””

    Sinceramente? Acho que o caso merece tudo isso SIM. Ela cometeu um crime, deve pagar por ele e o próximo que queira tentar a mesma coisa, tem que entender ao que esta sujeito, para quem sabe um dia isso não aconteça mais.

    Beijo, Tas!!

  127. Olha acho tudo isso desproporcional! Obviou racismo é mais do que crime, é errado,
    é falta de educação, principalmente quando todos os brasileiros tem um pouco de negro no sangue.
    Eu acho q o futebol tem violência desproporcionada, pode chingar a mãe de PUTA, Mas não pode chamar alguém de macaco…
    No futebol os ânimos se alteram, e aumenta as emoções dos torcedores de maneira impressionante, aí num jogo rola uma pancadaria absurda, pessoas desmaiadas tomando chute na cabeça, e nada acontece, agora pq ela é branquela(será que falar isso é racismo?), bonita, vira todo esse farfé!
    Cota racial pra universidade não é racismo? Pq negro precisa de cota eles são menos inteligentes??
    Acho q poderia existir cota por estudar em escola pública, mas aí o estado assume que há um problema na educação…

    Somos todos otários, e essa coitada é um bode expiatório!

    • não acho ela uma coitada………
      tem 23 anos…. que responda por seus atos
      mais desproporcional que o julgamento público é alguns inverterem totalmente os fatos, a realidade, e tentarem transformar a caluniadora em coitadinha

    • Certo Pam,concordo,principalmente quando friza a mudança de temperamento de uma pessoa quando está em uma partida de futebol,principalmente quando a cultura do lugar é “racista”,ela já nasceu em um mundo de racistas, a família toda deve ser também…a verdadeira lição ela deve estar aprendendo agora…com esta violencia toda.

    • Falou e disse,Tata

    • Tem razão Pam.

      É muito mimimi, se não querem racismo comecem por si mesmos ignorando o racismo. Não tem o porque ficar levando a sério, se ela chamou de macaco bate palmas pra ela, agradece afinal macaco é um animal lindo e não tem nenhum problema com ele. Po, ficar se doendo é muito pior. Parem de dorzinha, se alguém te chamar de macaco pede uma banana, leva na brincadeira, ou mostra o dedo do meio e vai embora. Mais preconceituoso é quem deixa se afetar.

  128. O que esse menina fez é algo inaceitável, agora, quando ela se deu conta do ocorrido, tentou esconder os fatos, dando a declaração falando que não é racista, provocações entre torcida e jogadores, é algo normal, mas ela cometeu racismo, e como disse o Aranha após o jogo, ele não foi apenas chamado de macaco, mas também foi vítima de outros xingamentos racistas. Essa torcedora deve ter esquecido de que vários ídolos da história do seu time também são negros. Como santista, já celebrei muito com negros jogando pelo meu clube, e tenho orgulho de falar que sou AlviNegro.

  129. Caro Tas,
    Seria um exagero sim se fosse algo isolado. Um “ponto fora da curva”. Mas não é o caso. A torcida do Grêmio tem um comportamento racista desde sempre, eu diria. Infelizmente existe um repúdio aos atletas negros e talvez, você ache exagerado, por ser branco ou por falta de empatia.

    Claro que a gente fica com “pena” de uma menina de 23 anos passando este apuro todo. Mas existe uma Lei na vida chamada “ação e reação”. Ela não está nesta crise por acaso. Ela expôs a família dela e expôs o Aranha, goleiro do Santos, a uma situação humilhante. Ele também tem família, tem filho, esposa e olhando por este lado, o dele, imagine quanta vergonha não sente uma pessoa, sendo ofendida em rede nacional? Quanto ranço escravagista não existe. As cenas são fortes e se algo não acontecer com esta menina e com os identificados talvez a vergonha continue. Infelizmente, sobrou pra ela. Seria melhor se fosse um homem, adulto, com fama de “arruaceiro” e não uma menina, bem “educada”, de boa família e branca. Bem: ela foi a escolhida desta vez. Quantas vezes será que ela gritou “macaco” no Estádio do Grêmio? Quantos ‘Preto fedido” ela não gritou? Uma hora, ela seria flagrada. Foi.
    Apesar de parecer triste e cruel acredito que este processo deve seguir sim e os culpados devem ser punidos, inclusive o clube, que “abriga” em suas alas torcedores racistas, em pleno século XXI. Isto deve servir de lição e no fundo, as organizadas deveriam ser banidas dos estádios. Porque no fim, espantam as famílias e as pessoas que realmente torcem por um clube. Por que são estas torcidas que marcam confrontos, etc, etc etc.

    • Com certeza sempre alguém, assim como a imprensa ganha com todo este exagero…dá pena sim do abuso com esta jovem, mas, que sirva de lição para muitos brasileiros, que se não respeitarem pelo amor,que seja então pela dor…mas, que existe o exagero com certeza… mas,o perdão é necessário sr.Aranha,vc também,tem filhos e não se esqueça que muitas vezes,eles nos assustam com suas atitudes…independente de serem bem educados ou não…e como diz a canção e o ditado,”quem não tem telha de vidro que atire a primeira pedra.”

    • O que tu conhece da torcida do Grêmio pela adjetivá-lá dessa forma? Fala-se em racismo, porém essa simplificação infantil das coisas, como fizeste, me da o direito como torcedor do Grêmio a te classificar como preconceituoso, pois me acusa de algo que não sou. Estou certo????

      Antes de sair dando opiniões sem base e fundamento algum melhor mesmo é pensar um pouquinho só, mesmo sendo difícil para alguns, antes de agir.

  130. Rapaz, se a moça fosse julgada numa sala escura só ela e o juiz acabaria em pizza como quase tudo no BR, a questão é que se nomeou um bode expiatório loirinho e novinho, agora pede perdão pelo que fez, mas a torcida do Grêmio que fez questão de esconder os autores do crime, devia ter analisado todas as imagens, onde está a tecnologia que filma as torcidas no estádio? o que foi feito já passou e outros virão e farão o mesmo, se eu matar alguém posso pedir perdão a família dessa pessoa posso até ser perdoado, mas tenho certeza que vou ser punido por isso, as vezes a descriminação quer seja racial, etínica e outras cumpre o mesmo papel de homicídas quando transforma pessoas comuns em prisioneiros psicológicos.

    Tem que acabar esse negócio de “facção” torcida “organizada”.

    • Cara de onde tu tirou que a torcida escondeu os racistas? O próprio clube fez questão de analisar as imagens do jogo e entregar a polícia para que os envolvidos fosse indiciados. Os sócios identificados já foram exonerados e na ultimo jogo na arena os que cantaram cânticos racistas foram repudiados por TODA a torcida gremista, com vaias e xingamentos. Não distorção as coisas a teu bel prazer, o grêmio (e sua torcida) tiveram uma atitude exemplar após este ocorrido e isso ninguém pode negar.

  131. As pessoas valorizam símbolos, no caso dessa menina, infelizmente após seus atos ela personificou o movimento racista elaborado por centenas de pessoas, e por consequência se comete a injustiça de atribuir a ela toda revolta ao racismo, de fato a o que se esta fazendo a esta garota é desproporcional, como vc colocou e bem TAS ela já assumiu a culpa pediu suas desculpas e ao meu ver não tem pq não ser perdoada, torço para que ela se estabeleça e que aprenda que palavras trás consequências.

    Um abraço

  132. Se brincar ela vai é pro tronco ainda com chibatadas daqueles que dizem sofrer racismo todos os dias.

    • Laudyson, sua reflexão é uma chibatada. Por que acobertar e defender racista é uma chibatada, porque chamar o outro de macaco ou qualquer outro termo depreciativo é uma chibatada. Antes de simplesmente despejar palavras seja na rede ou numa praça, ou num jantar, reflita, não ignore a história do nosso povo negro e não finja que vivemos num país democratico, e igualitario, não, não vivemos, mas jamais nos calaremos diante desses crimes, seja ele racismo, machismo ou homofobia….

  133. Talvez tenha sido Franz Fanon quem tenha melhor articulado em palavras a impossibilidade negra no mundo social. Para ele, nós negras e negros habitamos uma zona chamada “a zona do não-ser”. Somos, por assim dizer, civilmente/socialmente mortos e é essa morte ontológica (a impossibilidade de sermos reconhecidos/as como parte da comunidade humana) o que faz possível a existência civil branca. Não é estranho, portanto, que a solidariedade na luta antirracista quase sempre resvala na impossibilidade branca de pensar no que Fanon chamou de “exclusividade recíproca”. Em suas palavras: “não é possível reconciliação porque, dos dois termos [o branco e o negro] um é supérfluo” (1963, 39). Qual?
    Sou negra e professora de várias crianças negras e posso te dizer q essa construção nociva que é o racismo vivido cotidianamente por nós precisa ser banido da nossa sociedade e precisa se extinguido para ontem, pois cada vez mais e mais jovens negros são mortos somente por causa da sua cor de pele e ficar nesse lengalenga q não existe racismo e q somos todos da raça humana é somente mais uma balela da nossa sociedade q julga e classifica sim as pessoas por causa da sua cor de pele. Somos todos da raça humana até q algo fuja desse dito “padrão”.
    Aqui entre nós, a polícia mata negros somente por causa da sua cor de pele e isso é aqui no Rio, SP ou qualquer outro Estado brasileiro. Os menores salários são da população negra, as mulheres negras ocupam o mesmo lugar do período colonial, na cozinha dos senhores brancos; as nossas favelas são o que melhor representa o que é racismo. A carne negra é com certeza a mais barata do mercado e ainda ficamos nos culpando por causa dessa menina q chora por causa da merda q fez em um dito calor do momento/ Desculpe, mas não sinto pena dela e confesso ficar bem feliz por causa dessa filmagem ter sido feita, pois se não fosse ela ainda estaríamos no oba oba ele (o Aranha) está querendo “causa”. Só vou acreditar em mudança real quando as balas das policias não matarem os jovens negros e depois surgirem a desculpa de ato de resistência.

    • Fabiana da Silva (Fabbi) 6 de setembro de 2014 at 20:02

      Ricardo em momento algum eu citei algo de combater ódio com ódio.
      Volte ao meu texto e veja se em algum momento eu escrevi isso.
      Anderson, racismo (assim como a homofobia) é construído no seu convívio com a sociedade e sua rede familiar. Nenhuma criança (seja ela branca ou negra) nasce racista ou homofóbica.
      Elas vão apreendendo no convívio com o outro.
      Então vc ver negros cometendo atos racista é somente pq os mesmos foram ensinados a verem a sua própria gente como algo não “positivo” para a sociedade.
      Vc ver quantos negros sendo representandos em todas as esferas sociais? Sejam elas os meios televisivos ou em uma posição de destaque de um grande banco, por exemplo?
      O racismo pode e deve ser combatido e esse embate começa dentro de casa e na escola.

    • Parece que Ricardo não soube interpretar suas palavras Fabiana, ou será que é o mesmo velho discurso patriarcal e racista que usa a tatica de inverter as coisas proprositalmente??
      Ricardo, aponte-me onde a Fabiana falou em combater ódio com ódio? Não seja hipocrita rapaz… O racismo precisa ser descontruido, voce homem branco cis, com suas palavras aí jogadas dessa forma não esta ajudando em nada, apenas perpetuar.

    • eu respeito seu ponto de vista mas penso que estão supervalorizando a questão… os maiores racistas que conheço são afro-descendentes e não concordo que deva ser assim… esse goleiro mesmo nunca, teve uma boa índole e várias vezes ofendeu torcedores inclusive da região sul do país chamando-os de “gauchos viados”… isso não é descriminação??? Hipocrisia pura e simples…. cotas nas universidades são “convenientes” aos que se dizem discriminados, mas na verdade essa é a maior forma de discriminação “legalizada” que o país já aprovou… e tenho dito…. espero nao ser condenado pela minha opinião, mas do jeito que as coisas estão andando neste país hipócrita, nao duvido que eu tbm seja “taxado” como “racista”…. as torcidas do sudeste do país deveriam ser condenadas pela sua falta de escrupulos e ofensas, sem contar por seus atos contra a integridade física de torcedores alheios; quando os assassinatos cometidos pelas torcidas de SP e RJ serão julgados e punidos???

    • Bem certinho, Fabiana. Combater ódio com ódio e intolerância com intolerância. É isso que vários líderes negros tem ensinado para humanidade.

      Não vejo como essa retaliação moral pode contribuir para o combate ao racismo velado, esse dos policiais e da sociedade. Espero que o Aranha use a oportunidade para promover um encontro de perdão. E espalhar um pouco de compreensão e amor por aí. Não acredito que a inclusão social dos negros seja por meio de punir por punir.

    • Cara Fabiana, como disse no texto, concordo 100% sobre a inadmissível atitude da policia e da Justiça brasileiras. Parabéns pela sua postura firme e lúcida. Conte comigo para apoiá-la, sempre.

  134. LEONARDO SILVEIRA 5 de setembro de 2014 at 16:14

    O erro não está só nela. Está em todos nós. Está no nosso preconceito que fica anônimo sempre. Sempre julgando os negros porque são negros, os gays pela sua opção, os gordos, os deficientes, os pobres. Só é legal quem veste a roupa da hora, anda com carro bacana. Vê se esse mar de gente que é influenciado pela mídia sensacionalista quer fazer uma análise fria dos fatos, não só deste, mas sobre tudo que tem acontecido ultimamente. Vê se alguém quer pesquisar mais afundo uma notícia para saber se é verdade. Isso não tem nada a ver com o caso, mas explica porque nossa sociedade hoje é tão superficial e fútil. A atitude da menina vai ser qualificada como Injúria racial e quem deve punir ela é a justiça, não as pessoas. Penso que, quem continua a falar asneiras dela, deveria se colocar no lugar do pai/mãe dela. Não os conheço e por isso não sei se são racistas, se deram a educação adequada a menina. Mas imaginem que deve ser difícil passar por um momento deste com a filha sofrendo ameaça de estupro e de morte. Os outros caras que chamaram o Aranha de Macaco também e, inclusive, imitaram o som de um macaco ficaram no anonimato e ninguém os bombardeou de críticas como estão fazendo com a menina. E os torcedores do Corinthians, do Sport, que MATARAM dentro do estádio? Desses ninguém deu tanta ênfase. Isso não acontece só no RS. ACONTECE em todo o jogo, em todos os estádios do Brasil. As torcidas organizadas aqui no Brasil, quando entram no estádio se transformam, brigam, xingam todo mundo, cometem atos racistas, vandalizam, MATAM! Mas todo mundo acha normal.
    Chega de banalizar coisas importantes, (como criar novas práticas a favor de uma igualdade social e étnica maior, com um bombardeio de propagandas, assim como muitas multinacionais fazem conosco. Tirar as organizadas dos estádios. Banir torcedores vândalos e que cometem atos iguais aos dessa menina, que também deve ser banida). Ao invés disso, ficam julgando todo mundo da cadeira confortável das suas casas, mas fazer algo para ajudar, isso não conseguem. As pessoas julgam umas as outras de forma cruel, enquanto a justiça continua falhando. É por isso que não se consegue erradicar o racismo da cultura porca do nosso país. Chega de serem tão hipócritas.

    Brasil: O país onde a população finge que não vê a corrupção para ganhar bolsa-família, onde um estado com 11 milhões de habitantes é taxado de racista e nazista pela atitude de 50 pessoas e onde tem um monte de falso-moralista.

    Viva a idiocracia!

    Parabéns aos envolvidos!

    Sou teu fã e fã do CQC, Tas!

    • LEONARDO SILVEIRA 5 de setembro de 2014 at 18:14

      Lu,

      Quando eu falo de 50 pessoas, me refiro ao fato de algumas pessoas no centro do país e de outras regiões generalizarem e dizerem que TODO o gaúcho é racista e nazista por causa de 50, 100 baderneiros. Durante a semana, em vários sites vi as pessoas falando que os gaúchos são racistas e tal. O ato de 50, 100 pessoas dentro de um estádio não pode ser generalizado de tal forma. Com relação ao bolsa-família, me refiro ao fato de muitas pessoas votarem no partido de situação com o argumento que ele dá bolsa família e dá outros benefícios que apenas estão “remediando” problemas que deveriam ser solucionados. Gostaria que o governo desse muito mais educação de qualidade, por exemplo, assim com tu e como muita gente também gostaria. Tenho a sensação que para o governo é muito boa esta condição uma pequena parte da população com muita grana e a outra grande parte com pouca e com pouco acesso aos itens básicos para, pois assim que pode continuar manipulando os votos com os pequenos e negociando os votos com os grandes empresários. Me desculpa se eu estiver errado, mas enquanto essas muitas pessoas não entenderem porque tem uma vida difícil e não tem acesso a educação, saúde e etc., vamos continuar nesta lama que estamos. Minha dúvida mais difícil de sanar é: Quem votar nesta eleição?

    • Devo concordar com muitas das coisas que citou, mas descordar profundamente de tantas outras… Sim, o Brasil é racista sim, e não é por conta de 50 pessoas não… Também atacar o bolsa-familia neste contexto é totalmente falacioso, até porque estas fazendo isso do conforto da sua casa também meu caro.

      Mas concordo contigo quem tem que punir é a justiça e ela precisa ser punida sim. Racismo não passará, mas machismo também não e os caras que estão falando barbaridades sobre ela, também são criminosos.

  135. Acho tudo isso um grande exagero, e um absurdo a forma que está sendo conduzidas as coias, se você for a um “puteiro” e chamar a profissional do sexo de “puta” ela pode te processar? para com isso gente, querer moralizar um pais que nao tem moral, não é desta forma que se inicia, querer começar uma educação em um estádio de futebol é isto? parem com isso, educação começa em casa, ensinamento na escola, chamar uma pessoa de Macaco, na rua é uma coisa, dentro de um estádio é outra. Talvez muitos não tem ideia do que esta menina e esta família esta passando, falam o que apenas ve, e não pelo que realmente é. E digo mais, o maior crime racista que ja vi, foi a cotas para negros, mas este ninguem reclama.

    • Bem dito, Fábio.

      Várias vezes presenciei afrodescendentes conversando e se chamando, reciprocamente de “nego” e “negão”, porém tente um branco entrar na conversa e chamar algum deles pelos mesmos termos… Todos sabemos que ele será acusado de racista. (eu já vi acontecer).
      Há um fenômeno muito “interessante” ocorrendo no Brasil de hoje: não se pode chamar negro de negro, gay de gay, mas o preconceito reverso é até encorajado e fomentado através de políticas como a de cotas e o movimento liderado pelo Jean Willys que satanizou a parcela heterossexual da população.
      É politicamente correto sair na rua com uma camiseta escrita “100% Negro” ou criar um grupo de pagode chamado “Raça Negra”, porém sejamos honestos e, imaginemos a reação da população se eu criasse uma banda de rock chamada “Raça Branca” ou saísse à rua com uma camiseta estampando a expressão “100% Branco”. A reação seria a mesma? É claro que não, a turba hipócrita e histérica me taxaria de racista.

      Quanto ao goleiro Aranha, ele estava assumindo, automaticamente, o papel do símbolo da luta contra o racismo no futebol. Até que resolveu, em entrevista ao Fantástico” soltar uma coleção de acusações ao povo do Rio Grande do Sul, mostrando que ele é tão preconceituoso quanto as pessoas que o xingaram no estádio. E ninguém comenta isso.

      Em relação à punição ao Grêmio, foi totalmente injusta, porque um clube que se dedica, desde 2005, a fazer campanhas anti-racismo no futebol, não pode ser culpado de uma injúria cometida por um bando de desordeiros infiltrados em uma de suas torcidas.

      Ela errou? Claro que sim e, merece ser punida (e vai) pela justiça, porém o que está acontecendo na realidade é um linchamento moral em praça pública de alguém que cometeu um crime contra a honra, não contra a vida do Aranha.
      A casa dela já foi apedrejada e ela recebe, quase diariamente, ameaças de morte.
      Enquanto isso, os mensaleiros são tratados como HERÓIS.

      Em nota publicada esta semana, pelo presidente da OAB, no site da instituição, ele afirma: “Apenas este ano, são 12 os casos de racismo ocorridos no futebol brasileiro, sem falar nos casos não divulgados, não denunciados e não comprovados.”
      Então por que apenas o Grêmio foi julgado e condenado? Só porque “saiu na TV”? Simples, serviu de bode expiatório.

      Por que a mídia e a turba histérica não dão importância aos vários casos de morte em jogos de futebol?
      Há pouco tempo atrás, um demente jogou um vaso sanitário na cabeça de um torcedor que faleceu. Alguma emissora comentou? Alguém foi punido? NÃO.

      O Brasil do conflito de classes, tão sonhado pelos comunistas, já chegou: pobres odeiam a classe média, feministas odeiam os homens, afrodescendentes odeiam brancos, homo-afetivos odeiam heterossexuais e a população odeia qualquer representação de autoridade como os pais, a polícia e os professores.

      Novamente afirmo: a injúria ocorreu, SIM, mas no Brasil do caos e do ódio, a imagem e a “honra” valem mais que a vida.

      Mantenha a coragem e lucidez sempre, Marcelo. Teus fãs só aumentarão.
      Parabéns.

    • Fábio, obviamente você não é negro, então com qual propriedade você diz que ser chamado de macaco na rua é uma coisa e no estadio é outra? ^~
      Porque acredita que o que a menina e sua familia estão passando é pior do que os negros passam desde sempre?

    • Educação começa onde se tem oportunidade, deveria ser em todos os cantos, mesmo que vc ache q estádio não tem nada a ver com isso, desculpa, mas isso é bem obvio

  136. Teu comentário retrata o sentimento de todos os torcedores do Grêmio, e acredito que dos demais torcedores que primam pela justiça e bom senso.

  137. Marcelo Tas, concordo com quase tudo que disse. Acredito que o Gremio tem que pagar a conta da sua torcida sim. Um só existe pelo outro, é um casamento eterno… E como no casamento um é co-autor da divida do outro, colhe os loros e arca com os dividendos essa é a parte que resta ao Grêmio. Espero que essa medida não seja a unica e sim a primeira de uma serie delas, até as torcidas apreenderem que seus atos influenciam sua maior paixão.

  138. Somos o país da indulgência, as pessoas cometem seus delitos com plena consciência do que estão fazendo; depois, quando se vêem diante das conseqüências dos seus atos, fazem cena e cara de “coitadinhos” e um monte de gente fica com “peninha” e passam a mão na cabeça…xingação é ofensa, é delito mesmo, não é diversão…

  139. Boa tarde Tas, infelizmente neste país tudo tem que ser muito divulgado até porque as atitudes são tomadas mediante massificação da notícia. Onde já se viu uma marmanja dessas dizer que não sabia que estava ofendendo, me poupe ELA NÃO SABE A DIFERENÇA DE OFENSA E ELOGIO ?? E ainda disse que estava indo na leva da torcida, o mais estranho é que ao lado dela havia uma menina, mais nova que ela, que não se manifestou em momento algum, e aí ? ela é pau mandado ? LOIRA BURRA… opss BURRA É OFENSA OU ELOGIO ? Sou sua fã, amo seu humor ácido, bjo

  140. Falsa liberdade e de expressão , falso moralismo , falsa democracia , falso anti rasismo, ak e tudo falso
    Alicia parabéns e isso
    Peor se foze ANTA

  141. povo quer justificar uma forma de preconceito usando “descendencia do animal macaco”
    eu nao descendo de nenhum macaco, os primatas tiveram um ancestral, e foram separados por ramificacoes até chegar cada um no seu genero, ha alguns milhoes de anos, sendo humanos modernos de uma familia diferente da dos macacos
    e se o que conta eh o inicio evolutivo entao da pra ir alem e ver que todo mundo descende de algum tipo de peixe, afinal o boom da vida se iniciou na agua antes de ir para terra firme, mamiferos, primatas, hominideos, sao etapas evolutivas que vieram depois e pesa a divisao pelas caracteristicas biologicas
    e mesmo que fosse toda essa baboseira, tudo que eh usado em caracter depreciativo, com fim de atingir a moral de uma pessoa q eh errado, nao importa se vc eh filho do capeta, nao me da direito de ir te chamar de satanas
    eu tenho amigos de todo tipo, fazemos piadas, e praticamente todo mundo tem disso, mas isso se limita ao nosso circulo de amizade
    eu nao vou sair em publico, ou em rede nacional provocar alguem que eu sequer conheço
    galera nao tem o minimo de bom senso
    pior ainda eh nego que foi taca pedra na ksa da mina, eh mto a kra do brasilzao de meu deus, combater intolerancia com intolerancia
    o ultimo que sair apaga a luz

    • Ah, esqueci de comentar: eu, particularmente, admiro muito os primatas, muito mais do q a raça humana! Eles sim deveriam se sentir ofendidos ao serem confundidos por um ‘ser humano’!

    • Bemmm por ai! Um dos melhores comentarios ate agora! Mas vamos cuidar pra nao xingar ninguem de ‘peixe’ em rede nacional ou jah viu!!! Haha.
      Exagero, exagero e ‘jogada de midia’, pra mim isso eh o que esta parecendo….
      Jah nao moro no Brasil ha quase 8 anos, ai abro meu facebook e vejo toda essa ‘estoria’ sobre uma torcedora (dentre milhares) gritando uma palavra que eles dizem q ofendeu o goleiro do time oposto, q provavelmente nem ouviu o q ELA falou! Mas q nao eh humilde o suficiente pra aceitar as desculpas q ela esta disposta a oferecer! Q examplo o dele!!! #Soh que nao!!!
      Mas ai acusar um estado inteiro de racista? Que HIPOCRISIA!
      Nunca gostei muito de futebol e cada vez q esse tipo de coisa acontece, soh prova o quanto o Brasil inteiro precisa aprender muuuuuito e se educar melhor antes de priorizar um esporte acima da vida? Onde jah se viu ameacar uma pessoa de morte por causa de um ‘comentario infeliz no calor do momento’ q ela e centenas de outras pessoas fizeram e fazem sempre em estadios?!
      Vamos ver o resultado de tamanha ‘sabedoria’ daqui a mais ou menos um mes, nas eleicoes p presidente!!!
      E eh ai q eu queria chegar, pra mim isso eh tudo jogada de midia pra esconder algo realmente serio, acontecendo enquanto tanta gente esta ‘desperdiçando’ tanto tempo e atenção em um assunto tão corriqueiro!
      Concordo contigo mimimi, “o último q sair apaga aluz”, pq eu jah fui!!!!

  142. Para aqueles que te chamam de carece, lacraia branca, aeroporto de mosquito, Roberto Calvo… cadeia neles….
    Vamos prender todo mundo… somos todos racistas… preconceituosos… “bullyneiros”, chamamos as pessoas conhecidos ou não por nomes pejorativos… ow chinês me dá um pastel de flango… gordão sai da frente… aowww cabeçudo… baiano da peste… etc… punição sim… a todos… a menina está sendo massacrada por um crime global… prende todo mundo que comprou ingresso pra geral do Grêmio…
    Tá pagando o seu erro com juros Brasil… mais fácil matar um do que corrigir um todo…

  143. Pois é, queria ver se a Globo deixava tirar o Flamengo do copa, mas como foi o Grêmio, então está apoiado. Só sai time que não enche a mídia e os cartolas corruptos de dinheiro…

  144. é Marcelo Tas, em vista do que vem acontecendo, estou quase incluindo uma palavra na velha máxima: futebol, política, religião e racismo não se discute…. porque está difícil separar o que é racismo, do que é um simples xingamento, daqui a pouco não poderemos falar mais nada mesmo, tipo: ai que vontade de matar tal pessoa! ai tomara que morra! e por aí afora, que já virá alguém, ou uma câmera para nos monitorar, prender e virar celebridade, me lembra aquele filme “minority report”, em que as pessoas eram julgadas antes de cometer o crime.

  145. racismo é crime e ponto final, cometeu, pague, quem dera tantos outros crimes fossem tratados com a mesma severidade como este.

    • A questão é muito mais profunda do que argumentos com pouco esclarecimento. Quem já chamou algum negro de macaco e acha isso comum, é racista SIM! O racismo não é só esse escancarado (como sempre vemos em jogos de futebol) o racismo é aquele que está implícito na sociedade. É quando você segura sua bolsa quando passa por um negro na rua, é tratar pessoas negras por “apelidos” e achar que isso é brincadeira, é quando um branco é contratado enquanto o negro, muitas vezes, era mais bem preparado. O racismo está no nosso dia-a-dia para TODOS verem e fingir que está tudo bem. Sinto dizer, mas NÃO está tudo bem. Tem pessoas que tem sua liberdade cerceada pela cor da sua pele. Que andam pelas ruas com medo de serem confundidas com bandidos, adivinhe o porquê? Por causa da cor da pele.
      Nós temos uma dívida imensa com essa pessoas, que sofrem hoje pelos resquícios do nosso passado escravocrata. Pessoas que tiveram seus descendentes (e nossos descendentes também, porque nós os brancos, temos o sangue deles correndo em nossas veias) submetidos como animais ao bem querer de seus “donos”.
      Esses atos de racismo tem que vir a público e serem punidos. Apenas não concordo que o erro de muito seja personificado apenas nessa torcedora.

    • Quem nunca chamou alguem de macaco que atire a primeira pedra!
      Ela xingou? Sim. É inadimisivel (não sei como escreve) ? É. Mas prender a mulher por causa de palavras? Ridículo. Só mostram o erro dela, mostrar o que ela faz de bom ninguem quer? Mostrar que ela é voluntaria em programas que ajudam crianças carentes ninguem quer. Mostrar que ela tem amigos negros que convivem com ela diariamente e sabem quem ela é realmente ninguem quer. É facil pisar no calo da coitada, mas e no seu calo? Você ia querer que pisassem? Bando de hipócritas! Como se acabar com a figura da mulher fosse acabar com o racismo…

    • Estranho que se alguém afrodescendente me chama de Japa. Se alguém falar que Japa é tudo igual e eu reclamar, respondem cheios de marra dizendo que é só brincadeira. Por que quando fazem coisas assim comigo tenho que relevar e considerar brincadeira e ao contrário não???

  146. Prisão para quem comete delitos. O povo negro sofre em muitas instância Marcelo. Sempre trazemos o peso do preconceito em nossas costas. A escravidão continua muito forte no DNA do Brasileiro e isto só vai mudar quando atitudes preconceituosas forem punidas devidamente. Ele merece ser presa sim, pelo delito que cometeu. E se a sociedade tb impõe uma sanção pela atitude da pessoa, desde que não infrinja a lei, acho válida na mesma proporção.

    Dizer que a sociedade está pegando pesado com a meliante é ser conivente com a atitude criminosa e leviano com a causa negra. Se você tivesse a cor da pele negra como a minha certamente esta crítica superficial e aparentemente desconhecedora da história dos negros brasileiros jamais teria sido escrito por você ou por qualquer outro brasileiro.

    • Bem certinho, Bruno. Combater ódio com ódio e intolerância com intolerância. É isso que vários líderes negros tem ensinado para humanidade.

      Acredito que você deve rever seus conceitos, pois o pior racismo não é este que aconteceu. Este todos veem e pode se facilmente combatido. Difícil é você combater o racismo velado, aquele que fica bem escondidinho, que faz a pessoa atravessar a rua, que faz o negro receber menos salário, que fazer negros não ocuparem posições importantes. E aí meu amigo, só com educação e com programas de inclusão social.

      E me desculpe a comparação, mas falando em escravidão, o que essa menina tem recebido é um “açoite moral”, uma espécie de revanchismo. Condenável. Espero que o Aranha use a oportunidade para promover um encontro de perdão. E espalhar um pouco de compreensão e amor por aí.

    • Cara vc tem meu respeito!!Concordo plenamente…acho q tdo mundo deveria pensar 2 vezes antes de fazer algo pq, se ela n tinha intenção pq fez?isso q eu to tentando entender ate agora!!! tipo to neim ai pela punição dla ou qual a melhor punição q ela deveria ter,mas cara pq fez isso?só pq tem olhos claros?!!poh meu éh folgada msmo!!

  147. Concordo que não deve haver a crucificação, que é muito comum por parte da opinião popular. Mas a justificativa não me convenceu. “Macaco” não teve conotação racista? Que conotação teve? Entendo, no máximo, que houve uma atenuante de crime praticado por multidão. Foi no embalo? Beleza… não desconfigura o crime de injúria racial. Nosso Código Penal reconhece isso como uma atenuante (o que eu acho um erro… quem comete um crime “no embalo da galera”, pra mim, além de criminoso é covarde).

    Por fim, quanto à punição, eu concordo que ficou pesado, até mesmo desproporcional, se levar em consideração o número de criminosos, em comparação com o número de presentes. Porém, acredito este possa ser um meio de coibir esses marginais de reincidirem na prática. Vou com a declaração do Fábio Koff. Foi excessiva, mas se for necessário um “mártir” pra fortalecer a bandeira da luta contra o racismo, o Grêmio, no momento, até em virtude da repercussão das imagens fortes, servirá bem. E entrará mais uma vez para a história.

  148. Vejo esta moça como vítima da violência no ambiente existente nos estádios de futebol. Ocorrem tantos outros crimes não apurados, não denunciados e de pouca ou nenhuma repercursão. Injuria e difamação são crimes e nunca houve uma preocupação em apurar os despropérios atribuidos a mãe do árbitro, na maioria das vezes ausente nas arquibancadas e os demais palavrões as mulheres que arriscam em ir aos estádios de futebol. Punição demasiada ao Grêmio, cadê os outros, crusificação da Patricia, ambiente hostil nas arquinbancadas, contra o racismo, a violencia contra as mulheres, e em sintese, contra a violência!

  149. Concordo contigo. Sou gremista e me envergonho da atitude de alguns torcedores que foram realmente muito infelizes e racistas. Minha família é toda colorada (mãe, irmãos e meus parentes mais próximos e mais queridos) e já chamei a torcida do inter de macacada, não por serem negros até pq meus parentes são loiros na sua maioria.. é um hábito ruim e nisso inclui meus parentes… é errado e não farei mais. Tenho amigos queridos negros e até minha falta de racismo me deixou burra qt ao fato de que um comentário desses magoaria tanto alguém. Na verdade as pessoas s tem um lado cruel e o mais ofendido é o macaco. Não farei mais. PONTO. Qt a Patrícia que pague pelo erro, mas pelamordedeus… estão destruindo a vida da menina. Cade a piedade? Espero que o Aranha dê o perdão que ela merece e a ajude a ter a vida dela de volta. Isso seria grandioso da parte dele. Qt a suspensão do Gremio eu acho injusto. Não foi o clube que fez isso… muito menos a torcida toda. Alguns traçaram o destino do clube e isso tbm não é justo.

  150. Pouco me importa a punição, desde que haja. Ela cometeu o crime e tem que ser responsabilizada, assim como os amiguinhos da torcida, acompanhando ela. Cada um deve ter seu quinhão de cobrança pelo ódio que propagaram. Desproporcional é o alarde sobre esse assunto corriqueiro no nosso Brasil crioulo. Se o Aranha jogasse na Europa, os artistas “bons moços” iriam aparecer comendo banana na internet, no velho estilo protesto auto-promocional. Véspera de eleição, o “trending” nas redes sociais brasileiras é a infeliz xingando o cara de macaco. Quando o negão, ministro do STJ, Sua Excelência Joaquim Barbosa foi ameaçado de morte por militantes dos petralhas, passou batido. Além de racismo (xingaram ele de um monte de nomes por causa da cor da pele), instigar, ameaçar e intimidar o presidente da mais alta corte do Poder Judiciário brasileiro e seus familiares de morte é terrorismo e crime gravíssimo. Caso fosse nos Estados Unidos ou num país (infelizmente) um pouco mais sério que o nosso gigante pela própria natureza, o FBI, a CIA e a Interpol já teriam trancafiado esses caras para investigação no primeiro dia. Não vi ninguém levantar a bandeira do protesto. Será que em briga entre cachorro grande ninguém se mete! O Aranha que se vire lá com essa menina e com os outros torcedores racistas.

  151. Acho que defender essa racista é defender o racismo.

    No pais em que politico que rouba do povo é herói, assassino é solto para assassinar podemos esperar de tudo. É capaz que se o Hitler aparecer, pedir perdão pelo seus atos no holocausto vão coloca-lo para gerir algum hospital judaico.

    • fatima aparecida dos santos 5 de setembro de 2014 at 16:00

      Sou Torcedora do Santos, e acho sim q esta moça deve ser punida, mas o clube não deveria sair da competição, pois ele não tem culpa.Mais esta mçoa deve ter o castigo q ela merece, e Deveria pedir desculpa ao Goleiro Aranha ao Vivo, pq só assim ela iria sentir na pele o q fez e nunca mais fazer algo tão grava q foi o ataque ao Goleiro do Santos chingando ele de MACACO.

    • Palavras bem colocadas, concordo com quase tudo, só não concordo que colocariam Hitler para gerir um hospital judaico, era capaz de colocarem como governador do estado.

  152. Marco Túlio Lima 5 de setembro de 2014 at 15:29

    Pois eu acho ótimo um momento como esse… Embora um acontecimento triste, essa punição veio na hora exata. Daqui pra frente vão entender que racismo é crime e tem consequências. Deixar passar é permitir novos ataques. Eu hein Taz!

    • Exato! Aqui se faz, aqui se paga! A próxima pessoa que pensar em cometer um ABSURDO desse, vai pensar mais de duas vezes antes de comete-lo. É um absurdo o que ela fez, ela reconhecer o erro é apenas o primeiro passo. Ela não é uma pessoa ignorante, sabia que era crime quando o fez.

    • Marco, disse tudo.

  153. Tem gente confundindo!. O Fato do Goleiro se “chamar” Aranha e isso não ser caracterizado bullying ou racismo, com certeza o apelido/sobrenome ou qualquer que seja o “rotulo” que usamos para chama-lo, vem da aceitação do mesmo, ou da família e amigos. E sabemos também que a mudança busca do apelido do referido, de Aranha para Macaco, não precisamos analisar profundamente o fato que se encontrava o mesmo, para saber que tinha uma intenção preconceituosa!. Até mesmo a autora da “mudança de apelido” do goleiro confirmou sua culpa, e se arrepende do ocorrido. NAO CONFUNDAM!.

  154. Ela errou, vai pagar na justiça. Ponto final. O brasileiro acha que está sendo justiceiro indo contra a atitude dela! Não, ao contrário disso, estão sendo iguais a ela! Como disse Jesus: “atire a primeira pedra quem for livre de pecados” (de racismo ou de qualquer outra coisa). Deixe a justiça para os juízes ou melhor ainda: para Deus!
    E para os que se dizem justiceiros: vão procurar coisas úteis para fazer! Parem de cuidar da vida dos outros! Isso tb é pecado!

  155. Visivelmente percebe-se que a guria agiu de maneira impensada e foi no calor do jogo (o Aranha provocou e muito). Mas ela errou e tem que ser punida. Agora pergunto: por que a imprensa não fala nada sobre o Auditor do STJD que publicava imagens racistas de forma PENSADA em seu facebook? Por que esse cara não dá entrevista no Fantástico? Estão crucificando uma guria, enquanto o marmanjão estudado que realmente é racista está numa boa.

  156. Acrescentando ao comentário anterior..
    Sou da raça humana…
    Sul americana..
    Brasileira..
    Advogada..
    O mascote do meu time de coração é um saci..
    e, por fim, sou descendente direta de negros e italianos.

  157. Sou contra ao racismo também, mas minha pergunta é:
    por quê estão julgando apenas essa garota??…tinha outros torcedores perto dela, inclusive um afrodescendente também, e as câmeras também filmaram…acredito que aqueles marmanjos sim deveriam ser punidos pois me pareceram muito mais agressivos que esta garota. A infelicidade dela foi ter sido tomada pelo calor da torcida e por ter sido filmada claramente.
    Acho injusto apenas ela pagar pelo ato racista sendo que o grupo de torcedores atrás do gol que ofendiam o goleiro era bem maior.

  158. Gostei da sua manifestação Marcelo.
    Em um mundo civilizado a intolerância não pode existir. Mandela, contra todas as expectativas, acolheu os brancos em seu governo..pois todos são iguais e ele, um negro, não podia admitir esse tipo de separação em seu governo.
    RACISMO não existe..pois somos TODOS DA RAÇA HUMANA..
    Existe preconceito, mas não somente contra os negros, existe preconceito contra o branco, contra mulher, contra o judeu, o gaúcho, o nordestino, o cristão, o evangélico, o gordo, o magro, o portador de HIV, contra algumas profissões..
    De santo e pecador todo mundo tem um pouco..
    Ela estava errada? Sim…mas ai depende do contexto..
    O arbitro vai processar a torcida por chamar a mãe de FDP? Não..
    O ateu vai processar o evangélico por tentar fazer ele acreditar em Deus? Não..
    As mulheres vão processar as empresas que preferem contratar homens? Não..
    E assim por diante.
    Não dá pra processar e denunciar todo mundo porque senão a Justiça, que já é lenta, vai parar definitivamente.
    Preconceito é uma questão cultural..de educação, e começa em casa..
    Patricia será julgada pela Justiça, por um ato que ela cometeu no estádio, junto com outros milhares de torcedores.
    Mas, qual é a função da torcida? motivar o time e desestabilizar o adversário. O que qualquer torcida faz? Grita, xinga, chama de todos os nomes possíveis…e TODAS FAZEM ISSO (alguns até matam).
    Não pode haver intolerância..
    Justiça sim..mas ela tem que prevalecer para todos, pois não existem dois pesos e duas medidas.
    Se hoje essa menina é condenada publicamente, então amanhã, quem chama de veado, corno, FDP, (etc, etc…) também deve responder a processo criminal, pois preconceito é preconceito.

    • Você diz isso pq nunca sofreu com preconceito!! Eu já vivi na pele isso que o aranha passou e sei o quanto é dolorido, as pessoas dizem com maldade e dói, dói muito mesmo. É terrível ser comparado a um animal “menos evoluído” que um ser humano. E isso acontece todos os dias.

  159. Chamar mulher gorda de “baleia” pode. Chamar mulher biscate de “galinha” pode. Chamar magrelo de “frango” pode.

    Mas chamar homossexual de “veado” não pode. Nem chamar negro de “macaco” em estádio. É crime (na lei, nem racismo é, trata-se de injúria,Mas na prática, é cadeia na certa e de brinde, apedrejamento de sua casa).

    Bem vindos à ditadura dos movimentos das minorias ativistas e organizadas. De acordo com a lei de criminalização da homofobia em apreciação no Congresso, se você expressar que não desejaria ter um filho homossexual, é crime inafiançável.

    Se você em uma briga com outro homem bater nele, trata-se de lesão corporal leve. Mas se ele for homossexual, crime inafiançável.

    Ou seja, teremos duas classes de gente: os ordinários (a maioria) e os extra-ordinários, cujos direitos legais se sobrepõem aos dos ordinários.

    Toda ditadura de esquerda começa assim: subvertendo, sem armas, a ordem da maioria impondo as práticas da minoria contra o todo. As esquerdas fazem assim com os costumes para emergirem em um contexto insuportável como as salvadoras da sociedade. Duvida? Veja este vídeo e entenda o que querem nossas esquerdas.

    • lucas….
      Ou seja, teremos duas classes de gente: os ordinários (a maioria) e os extra-ordinários, cujos direitos legais se sobrepõem aos dos ordinários.
      Toda ditadura de esquerda começa assim: subvertendo, sem armas, a ordem da maioria impondo as práticas da minoria contra o todo. As esquerdas fazem assim com os costumes para emergirem em um contexto insuportável como as salvadoras da sociedade. Duvida? Veja este vídeo e entenda o que querem nossas esquerdas.
      ….

      Cara, de onde você tira essas idéias? Guarde seu ódio politico e não tente afundar-nos em suas idéias reacionárias…..Não misture acontecimentos sociais e isolados, em espraiamento de seus desgostos politicos…. por pessoas como você, estamos assim….

    • O sistema criou um universo de intolerância..
      e a sociedade, hipócrita, se beneficia disso.
      “A mesma mão que afaga é aquela que apedreja?”
      Vejamos como portam-se as torcidas nos próximos jogos.

  160. Ana Cláudia de Oliveira 5 de setembro de 2014 at 15:15

    Bom na minha opinião está garota está se fazendo de vítima o choro dela é falso, nem lágrima sai ela está fazendo isto para terem dó dela porque ela sabe que a Pena por racismo não é pouco, ela tem que pagar pelo ato que ela cometeu sim, pois só o goleiro Aranha sabe a humilhação e a dor que ele sentiu e está sentindo, o advogado dela falar que Macaco é apenas mais um palavrão usado no meio do futebol que não foi nada para ofende-lo para néh só no Brasil mesmo para se ouvi umas coisas desta. A garota perdeu a vida dela que se dane pois ela teve um atitude e agora está pagando é o nosso velho ditado né AQUI SE FAZ AQUI SE MESMO SE PAGA…
    Agora não adianta se arrepender não garota deveria ter pensado antes de fazer.

  161. Acompanho futebol há mais de 60 anos, sou CRUZEIRISTA, e durante todos estes anos tem ouvido a churumela de que a torcida do Grêmio não é racista. É racista, sim, tanto que sempre ouvi colorados dizerem que “Negro gremista é sem vergonha”. O Grêmio, como instituição respeitada por todos nós (inclusive os colorados), nã merece ter em seus quadros idiotas que se consideram MAIS IGUAIS que os outros, leiam, por favor, a Revolução dos Bichos. Respeitem o Grêmio e suas glórias, como nós, torcedores de outros clubes, também o respeitamos e admiramos.

    • Nao foi a mafia azul do cruzeiro suspensa pela direcao por repetidos atos de vandalismo, brigas e mortes? Pela sua logica está correto chamar a torcida do Cruzeiro de assassina, vissa senhoria inclusa!

  162. Ela parece estar mais preocupada com o grêmio que com o crime que cometeu. Se o gremio nao fosse punido ela nao estaria nem ai para Aranha. Se isto passar impune aí que os negros vão ser massacrados em todos os jogos. O grêmio deve ser punido sim porque não é a primeira vez que a torcida comete injúria e o clube não faz nada em relação aos atos da sua torcida. Tem que fiscalizar, coibir, expulsar dos jogos.

  163. Pra mim,preconceito racial e não deixar a pessoa entrar em algum estabelecimento ou algo parecido por causa de sua cor,ate pelo motivo já dito em alguns comentários ,se somos descendentes do animal macaco,porque agora todos vamos achar ruim de ser chamado assim.Essa menina pode não ser racista,mais ela foi muito infeliz em falar isso onde existem 9346572 cameras em um jogo,ele deve pagar sim como esta na lei.
    Hoje em dias as coisas não funcionam mais como eram,quem não lembra do Didi chamando o Mussum de Negão,Preto,o próprio Mussum fazendo piadas de sua cor.

  164. Tas,

    Você, como um grande jornalista e uma pessoa muito inteligente, atual e conhecedor de vários assuntos, deveria saber como a sociedade brasileira age quando já não dá mais pra segurar.

    Acho sim, que a punição social seja desproporcional. Mas não ficarei com dó da moça, independente do tal “calor do momento”. Ela é maior de idade, ciente dos atos como qualquer outro torcedor no estádio.

    Injúria é crime! Mas no Brasil (o país da palhaçada), quando que alguém é punido por isso??! Tem hora que cansa, tem hora que a gota que transborda o balde acaba caindo.

    Acho que tudo isso é bom para que todos os muitos outros casos de injúria, racismo e preconceito que acontecem pelo país afora com pessoas anônimas também passem a não ser mais tolerados.

  165. Wladimir Silveira 5 de setembro de 2014 at 15:06

    Pois é…aí está a discussão das discussões.Em época de eleições, precisamos filtrar o que vemos na mídia.Está claro, que ela cometeu algo que é inadmissível e um ato
    em pleno século XXI que não deve ocorrer de for alguma, ainda mais quando se trata do Brasil, um país miscigenado.Mas, por outro lado, o que estão fazendo com a moça me parece a inquisição da Igreja Católica com as chamadas “bruxas”, onde joga-se na fogueira homens e mulheres que eram acusados de atos de bruxaria.Ela já pediu desculpas, e acredito que ela nunca mais fará isso.E quanto ao preconceito racial?Existe e muito, não é preciso ir nos estádios pra perceber isso, lá infelizmente é só a ponta do iceberg.

    • É Wladimir o fato é que para ela o pedir desculpas sai com muita facilidade porque causou grande alvoroço mais imagina se não tiesse acontecido dessa forma o Aranha teria sido ofendido, magoado como tantos outros negros e muitas crianças que sofrem preconceitos a cada dia e ninguém faz nada. como uma velha professora me ensinou pedir desculpa não tira a dor de ninguém já o racismo fere a alma e ninguém merece passar por isso que ela e muitos outros como ela sofram cada dia mais punições e tenham seus rostos estampados em todos os locais para que sirvam de exemplo e quem sabe um dia possamos acabar com mentes como a sua que julgam a desculpa a solução dos erros do mundo. se um dia alguém mata uma pessoa e pede desculpas então está perdoado acredito que nõa!!!!

  166. Boa observação! A velha necessidade do ser humano de elencar um Judas para açoitar, algo tão destrutivo da moral de quem sofre com as ofensas como de quem as pratica… De fato que a questão do racismo é algo histórico replicado em escala mundial, no que diz respeito aos negros, por conta da cor da pele, estes são comparados a macacos, e sinceramente?! Se fosse negro, não me ofenderia por ser chamado de macaco, vejo como uma comparação positiva, afinal, vejo mais virtudes em um grupo de macacos, do que em certos grupos de humanos (legislativo, por exemplo)… Entendo a revolta do goleiro insultado, e repudio toda e qualquer ofensa, seja a quem for. Porém, nos estádios de futebol, aonde essa prática é comum e passada de pai pra filho, sim, pois, vejo inúmeros pais acompanhados de seus filhos insultando as mães dos juízes, e por ter sido banalizada essa prática, tal ato se torna ingênuo. Portanto, ainda não vi manifestações de apoio a esses profissionais do tipo #somostodosfdp, espero que essa discussão sobre postura e educação em locais públicos que motivam a alteração dos ânimos, esta possa ser ampliada a uma reflexão do quanto somos responsáveis pelos nossos atos, e o quanto somos responsáveis por construir uma base relacional fundamentada apenas no respeito ao próximo! Um pouco de empatia talvez valha mais que um “rolezinho” na igreja…

  167. ACHO QUE ELA DEVE PAGAR PELO ERRO NA JUSTIÇA, mas não ser alvo de de linchamento tanto nas redes sociais quanto nas ruas, por estaríamos baixando ao nível que ela baixou e estamos cometendo o mesmo erro que ela cometeu. Sou contra o Racismo e sou contra qualquer tipo de agressão moral ou física. Se não pararmos com as agreções o racismo não vai parar e vamos viver nesse circulo vicioso.

  168. Franciele Borboleta Gehm 5 de setembro de 2014 at 15:01

    Sou gaucha e torcedora do maior rival do gremio, o que está acontecendo ai é que aqui no sul os colorados são chamados de macaco, em troca nos chamamos os gremistas de bambi. o futebol aqui no sul é diferente, a gente vai ao estadio grita xinga canta nossas musicas. mas depois do jogo vamos todos beber juntos no bar. A rivalidade aqui é diferente dos outros estados. A moça em questão foi infeliz em gritar macaco, acredito que a intenção dela não foi racista, ela só repetiu o que é gritado em todos os jogos, porem dessa vez o aranha se ofendeu.
    Deveríamos levar em conta que era um estadio de futebol, e quem nunca gritou “juiz ladrão” por exemplo? Quanto a punição do gremio, acho injusto sendo que em vários jogos de outros times torcedores até mataram torcedores mas nada foi feito Lembram do caso da privada que foi jogada?
    Acho que a pessoa mais racista de toda historia foi o próprio Aranha, se reverem a entrevista dele, no final do jogo ele diz “estavam falando negro fedido” ele não fica ofendido ao chama-lo de fedido, mas por chama-lo de negro, como se chamar alguém de negro fosse pejorativo.

  169. Marcello Martins Schneider 5 de setembro de 2014 at 15:01

    Taz, meu xará, aqui no Brasil, muitas pessoas se dizem não preconceituosas, até que sejam filmadas, como esta moça.

    Ninguém é bom ou mau o tempo todo, assim como aquele que é preconceituoso nem sempre o é em todo momento.

    Tenho um exemplo claro em minha família. Meu pai, que é gaúcho, loiro, de olhos azuis, descendente de alemães, é nitidamente preconceituoso em relação a negros, gays e pessoas menos favorecidas financeiramente. Entretanto, foi casado com minha mãe, que é negra, por 18 anos.

  170. Primeiro lugar, como que é o nome do Goleiro?
    Segundo, todos então devem ser punidos por estarem chamando o goleiro de aranha, isso é bullng. (mas isso não serve para nós gaúchos que sempre fomos e ainda somos rebaixados perante o restante da nação brasileira)
    Terceiro, não foi um ato de racismo, mas sim uma atitude de “Maria vai com as outras” no calor do jogo.O Goleiro acusou todo gaucho de racista, assim como toda a torcida do grêmio, a partir desse momento ele se tornou um agressor também. Agora o que vemos nas redes sociais é amaeaça a gaúchos e grêmistas, nos acusando de racista. Isso só confirma que o Rio Grande do Sul realmente não se identifica com o Brasil e o Brasil não se identifica com o Rio Grande do Sul.
    Por enquanto seria isso, muito obrigado.

    • sou gaucha com muito orgulho, colorada e sempre foi assim, nao so com nossos times mas com os do Brasil inteiro, jogo é jogo, ela nao teve intenção de racismo, e agora todo mundo ta metendo pau e dando um de santo, mas quero ver eh quem nunca errou!

    • João Paulo Rudge 5 de setembro de 2014 at 15:20

      1: Em nenhum momento Aranha generalizou a torcida do Grêmio. 2: desde o início da carreira o Aranha é chamado de Aranha, e em sua camisa esta escrito Aranha, é a vontade do jogador, não Bullying, pare de ser idiota. 3: Não dou a mínima para sua manifestação bairrista de que o RS não se identifica com o Brasil, voces se identifiquem como quiserem, mas a partir do momento que vocês tentam dizer que chamar o outro de macaco é xingamento “normal no calor do jogo”, você perde a moral. A menina gritou “macaco” com raiva estampada no rosto, e ninguem em volta dela estava gritando macaco ou qualquer coisa do gênero. E isso a imagem mostra. Qualquer tipo de condolecência com essa atitude revela um pouco do seu caráter. Não concordo com o linchamento da garota, sim com a punição referente ao seu crime. Assim como racismo é crime, afetar a moralidade da racista com “vadia”, “piranha”, “merece ser estuprada” é moralmente tão ruim quanto. Mas ainda não dar pra ter pena dela, ainda…

    • Concordo plenamente em partes de seus comentários. Isso foi no calor do jogo, como você bem escreveu “Maria vai com as outras”, mas essa atitude da torcida do grêmio é recorrente, como posso citar alguns fatos que veio a minha cabeça como por exemplo.. Os insultos a mãe do Ronaldinho que estava com Câncer, a morte do Fernandão e se não me engano tem mais um fato que não me lembro agora.
      Quem queima o filme dos gaúchos, são os próprios gaúchos.. Infelizmente!!

    • Suas explicações eu respeito, e até concordo em parte, mas o goleiro não chamou os gauchos de racista e também não concordo quando vc diz que o R.G. Sul não se identifica com o resto do Brasil e vice versa.
      Só mais uma coisa…o que aconteceu no estadio não foi ato de racismo, foi Injuria racial.

  171. Seria esta moça uma candidata a CRUZ.Por favor,sou negra e não a crucifico.
    Se Deus perdoa nossos pecados,ela tbem deve ser perdoada,está sendo sincera.
    Orem pelas suas almas que desejam tanto mal ao seu próximo.

    • dalva!! todo mundo que ta metendo o pau na menina, faz muito pior, eu sou alemoa, vivem me chamando de mil coisas e nem por isso eu fico indignada, claro que não e bonito chamar o goleiro de macaco, mas tbem nao adianda esse povo dar um de santo agora nao!!

  172. Ela so esta recebendo o retorno de uma atitude ridicula…infelizmente da mesma forma q falou,agora deve ouvir.Acho um absurdo em pleno seculo 21 existem pessoas de mente tao atrofiada…sera q se nao tivesse sido flagrada,ia pedir desculpas!?Mas ja q se desculpou, tera de mudar a imagem q ela mesmo criou…

  173. Agora essa vaca tá arrependida?vai se ferrar…depois que a batata assou,queria ver se ela não fosse flagrada pelas câmeras se teria mesma atitude de procurar a tv e pedir desculpas…tá bom…#vaiseferrarvaca

  174. Torcedores Corintianos mataram um jovem de 14 anos e foram recebidos como heróis. O assino confesso não foi entregue a justiça do pais onde o delito foi cometido. Um crime permanece impune. Qualquer impunidade é nefasta. Porém o ser humano, em geral, acha a “minha” impunidade normal, mas a dos “Outros” injusta.
    Assino embaixo do blog do Tas.
    Porém fica uma pergunta, qual das ofensas a seguir é pior:
    1.Chamar de “macaco”?
    2.Chamar de “polaco”?
    3.Chamar de “filho de prostituta”?
    4.Chamar de “ladrão”?
    5.Chamar todo cidadão nascido nascido no estado do RS de “homoafetivo”?
    6.Chamar todo torcedor do Coritiba de “coxa branca”?
    Independentemente da sua resposta, o errado é denegrir alguém moralmente sem provas. Não pode ser somente a ofensa racista contra afrodescendentes a única que deva ter punição exemplar.
    E assim tornaremos todos os estádios de futebol mais civilizados. Porém a patrulha politicamente correta está tornando tudo muito chato, mas enfim, se é pra ser que seja. Vamos aprender a nos divertir com pingue-pongue, críquete ou pebolim.

    • Concordo contigo e tem mais, se a moça fosse familiar desta turba que quer crucificá-la será que eles teriam a mesma opinião? No dos outros é colírio.

    • John estou de pleno acordo.

      Se voltarmos um “pouquinho no tempo”, uns 2.000 anos veremos que nas arenas de Roma os torcedores faziam exatamente a mesma coisa. Torciam até o êxtase para os leões matarem os cristãos e gladiadores a se matarem.

      Será que mudou alguma coisa?

      Claro que não, pois o que ocorre nos estádios do Brasil e mundo afora é o afloramento do mais antigo instinto animal e em bando. E alguém é inocente para achar que os frequentadores de estádio são anjinhos, coroinhas e vão para rezar e praticar cânticos?

      Então que os jogos sejam somente com portões fechados e acabamos com essa discriminação com os “coitadinhos”. Aliás a sociedade hipócrita sempre acha os coitadinhos para serem defendidos. Isso é politicamente bonito. Sejam eles os presos(estupradores, assassinos, jovens delinquentes, etc) que estão em “condições sub-humanas”, mas esquecem das vítimas, são aqueles que não tiveram oportunidades na vida, etc.

      Portanto como escreveu muito bem o John, vamos ficar bancando os certinhos e crucificar a moça ou vamos exigir que as outras ofensas enumeradas por ele também sejam punidas?

      Bater em bêbado é mais fácil, né?

    • John! Aplaudo 1000x seu comentário. Parabéns!!!

    • Margarida Maria De Freitas Fernandes 5 de setembro de 2014 at 15:08

      Concordo contigo e com o conteúdo do texto. Sou gaúcha, torcedora do Inter. Moro há 5 anos em Foz do Iguaçu. E sinceramente, sinto-me muito incomodada com as frequentes piadas discriminatórias sobre os gaúchos. E com nordestinos também, não vamos esquecer. Parei de assistir ao “Casseta & Planeta” quando estas ficaram frequentes e muito ofensivas.
      Na semana passada mesmo, antes do episódio com o goleiro Aranha, na sala de professores da escola onde trabalho, ouvi piadas sobre a masculinidade dos gaúchos. Nem se preocuparam com o fato de eu estar presente.
      Sinceramente, acabar com o racismo implica em antes de mais nada, eliminar com todo e qualquer preconceito.

  175. Até parece que vivemos numa sociedade igualitária, a mídia está tocando o terror, quem não era? Ela aprendeu a lição, pois essa experiência ela carregará para o resto do vida.

    • Gustavo infelizmente não aprendeu ainda porque existem pessoas que pensam como vc que acreditam que ela fez e se arrependeu. Não se não tiver uma punição não vai aprender nunca e em algum momento irá fazer novamente!

  176. Concordo com o texto, mas acho valida a punição ao Gremio, pois não é a primeira vez que tem atos de racismo com esta torcida.
    Lembra-se do caso da morte do Fernandão? Que a torcida em pleno dia dos pais cantava “ôô O Fernandão morreu” ?
    Acho justa a punição, pois só assim eles iram tomar uma atitude seria em banir esses marginais do estádio!

    Se der uma boa pesquisada na torcida, veras q não é o primeiro caso!

  177. A guria merece isto e muito mais. Ficar chamando o goleiro de macaco o tempo todo e chorar e dizer que não gritou para ofender é fácil, mas não livra da cadeia. A lei é bem clara: racismo e preconceito são crimes no país. Ela não é nenhuma ignorante e se manifestou conscientemente, ajudou a humilhar o jogador publicamente, sem se importar com a repercussão. No vídeo a guria que estava do seu lado ficou calada e séria o tempo todo. por que será? Marcelo, você está sendo incoerente em seu posicionamento, já vi casos no seu programa que considero menos graves que este e você os denunciou fortemente. É fácil pra um branco querer minimizar um ato de racismo desse naipe. Seja, ao menos, coerente.

  178. E eu te pergunto: Aranha merecia tudo aquilo? Eu acredito que quem comete crime deve ser punido, independente de qual crime seja, de quem seja o autor, qual a punição que receberá pois crime é crime e o Código Pena vige para proteger a vítima e não se apiedar de “certos” criminosos. Se reclamam os tanto cdos criminosos do colarinho branco não serem punidos deveríamos clamar para que ela fosse punidos, não?! Acredito que se Aranha não aceitou as desculpas não seremos nós vamos aceitar. Que seja feita a justiça, como desejo para qualquer outro crime.

    • Eu tento imaginar como vc julgaria um assassino, estuprador, assaltante…Para ter essa coerente idéia de justiça…dos políticos corruptos…eu também penso que foi a maior agressão que o saudoso e respeitador goleiro do Santos ja deva ter ouvido em toda sua carreira..hahahha!!!!! Por que como vc e tantos hipócritas, e como tem, julgam que essa menina como sendo que todos os “criminosos” citados acima…Tente pensar um pouco mais…Lembrando que sou totalmente contra qualquer racismo, e a favor de punir o responsável por tais insultos…mas bem menos, bem menos sensacionalismo.

    • Lei de cotas, onde diminui o poder intelectual da pessoa de cor é crime? gritar em campo é crime? fdp para a mãe do juiz é crime? chamar o jogador de viado ou uma torcida é crime? bem vamos chegar o dia que vamos ir assistir um time onde vamos entrar mudos e sair calado, pq gritar gol sera ofensa, chamar de aranha, burro, pato, ganço, é crime? desculpas quem esta acompanhando isto de perto, passa longe de ser crime.. e esta menina esta longe de ser criminosa ou racista, crime racial, nao é so cor, e sim religiao , demografria etc, contar piadas de bahianos gauchos, de padre, tudo é crime agora, pela mor de deus, crime é nossa cultura entao. achar que vamos em estadio em busca de educação.

  179. Eu também acho que foi um pouco excessivo, porém brasileiro só aprende apanhando e sabemos que se não levarem as punições até o fim, as agressões vão continuar por saberem que tudo vai “acabar em Pizza”.
    E convenhamos que ela interpretou muito mal o arrependimento aos jornalistas.

  180. Se gritar “macaco” não é ser racista eu não sei o que é então! Ela é racista sim e não acho muito o que ela tá passando. Se tivesse o mínimo de educação e amor ao próximo jamais agiria daquela maneira. Ridícula! O pessoal sempre defendendo quem está errado, nunca vou entender isso!

    • Concordo com vc Michele é que é muito mais fácil defender o errado!!! esse é o país do futebol!!!!

  181. Ricardo Vicente Pinto 5 de setembro de 2014 at 14:47

    É o famoso a turba do pega e licha.

  182. Concordo plenamente… independente das leis brasileiras serem frouxas, não é certo a reação desproporcional da população. Por pior que seja o racismo, crimes muito piores ocorrem todos os dias mas por não terem mídia não geram a mesma polêmica. Independente da sinceridade do arrependimento, ela com certeza já aprendeu a lição dela e o povo esta sendo tão ruim se não pior com uma atitude repressora exagerada.

  183. Sendo nós brancos, negros, índios, pardos, amarelos… todos somos descendentes do animal macaco… não entendo o pq deste alvoroço todo a começar pelo goleiro Aranha… Lembrando aqui antes que me julguem que não sou racista e muito menos preconceituosa… só que acho hipócrita as atitudes das pessoas de fazerem um escândalo por isso… já disse e repito: sofremos diariamente todo tipo de preconceito e racismo pois vivemos em um país sem civilização, sem respeito… Acho que a mídia está com falta de notícias e o povo com falta de casa pra limpar

    • Falou pouco e disse tudo Gabriela. A mídia não tem mais o que fazer e fica fazendo sensacionalismo barato. O maior preconceituoso nesta história toda é este goleiro que casou com uma branca. Até hoje não entendi porque que o negro quando melhora de vida geralmente casa com branca.

  184. Concordo, Tas, com o que foi dito e escrito aqui em sua coluna. Mas gostaria de fazer um pequeno adendo; E se as câmeras não tivessem flagrado Patrícia naquele momento, o arrependimento seria assim tão latente? Por favor, não me entendam mal.

  185. Rúbia Martimiano 5 de setembro de 2014 at 14:43

    Acho que deve sim ter todo esse alvoroço em torno dela. Para que as pessoas tomem consciência da gravidade e aprendam para não cometerem o mesmo. Ela se referiu ao Aranha sim, está evidente na imagem. A crucificação pública, em cima do erro dela, ajuda as pessoas a entenderem que racismo é crime!!

    • Concordo com Você Rúbia, contra os fatos não há argumentos.

    • mas duvido que vc nunca foi nunca chamou o juiz de filho da puta, de ladrao, mandou tomar no c**. Todo mundo virando santo agora!! aff

    • Rubia, você como mulher deveria ser a primeira ir contra, pois essa mulher aí, que cometeu sim uma boçalidade, foi ameaçada de estupro, foi chamada de vadia, puta, cadela.
      Você como mulher, sabe qual é a diferente em chamar um negro de macaco e uma mulher de cadela?
      Nenhuma, exceto o preconceito um por raça e o outro por gênero. Então não fale uma bobagem dessas, mais de vinte marmanjos ofenderam o goleiro do Santos e só uma mulher serviu como ponto de culpa, ninguém foi na casa dos marmanjos para destruírem o lar deles. É verdade que negros e gays sofrem muito com o preconceito nesse país, mas tem um outro preconceito disfarçado com outro nome na sociedade e com um poder de destruição imensamente maior, o machismo, causa da violência domestica, do ódio pelos atos das mulheres fora da cama e principalmente, faz muito mais vitimas fatais que os outros preconceitos, isso sem ter nenhum tipo de indignação na sociedade, nem por vocês mulheres. Veja que muitas de vocês acreditam que essa moça deve ser “espancada em publico” no lugar de 20 ou 30 marmanjos com atitudes muito piores do que a dela.

    • sabemos que se não levarem as punições até o fim, as agressões vão continuar por saberem que tudo vai “acabar em Pizza”.

  186. Quando temos uma atitude em público, seja boa ou ruim, assumimos o risco de sermos pegos. Se for boa, maravilha. Se não for, pior para nós.
    Acho que linchamento – físico ou moral – é uma agressão terrível. Mas é bom que todos saibam qual o risco para pensarem 2 vezes antes de repetir algo assim. A punição é fundamental para que, se não for por convicção, seja por medo. Mas que não sejamos obrigados a assistir novamente atos tão fora de propósito quanto esses protagonizados pela torcida do Grêmio. Achei excelente a exclusão do Grêmio do campeonato. Deve servir de exemplo para outros campeonatos no Brasil, na América Latina e no mundo. O clube tem que ser punido pelos atos de seus torcedores, sim. É obrigação do clube,sim, botar ordem na turba. E se não controlar seus torcedores será punido. Isso vai fazer os torcedores – fanáticos à ponto de esquecer a educação, o respeito, capazes de espancar, matar e morrer pelos seus clubes – pensarem duas vezes antes de cometer ilegalidades sob pena de ver sua ‘razão de viver’ fora dos campeonatos.

  187. Carlos Roberto Caetano 5 de setembro de 2014 at 14:42

    Ai dois pesos, duas medidas, ou 8 ou 80, escolha! se nada fizer vai continua os desrespeito q qualquer cidadão (ã) que tais pessoas se julgam diferentes, intolerância zero!

  188. Bonito o seu comentário Taz, concordo com vc pelo racismo que há no Brasil sempre, mas a crucificação dela vem de um povo que sofre muito com a descriminação, ela está pagando sim de acordo com a lei, mas não podemos deixar de entender o outro lado que já está cansado dessa situação, infelizmente foi com ela como poderia ser com outras pessoas. Se as pessoas se calarem somente pq a lei se fez valer tudo vai virar pizza como nos casos da lei Maria da Penha, onde o homem mata a mulher e não vai preso e quando vai está solto no outro dia, se tivesse essa manifestação que está tendo em relação a esse caso de racismo talvez amenizasse tanta matança.

  189. E só levar ela para casa e cuidar! Que talvez ela não faça isso mais nunca!

  190. Penso igual á você. Quem puder que atire primeira pedra. Nós,brasileiros somos passionais e fazemos inúmeras “cagadas” mais não é do íntimo dessa moça. Não a conheço sou de São Paulo ela do sul mais penso assim.

    • Nossa gente eu sou negra , tenho 32 anos , quando vi essa reportagem fiquei aqui pensando nossa em fim ela vai pagar por tudo que falou , mas porem tenho pena dela não pelo fato de ter sido levada a justiça por isso , mas pelo fato de que ela está sendo exposta dessa maneira por uma falta total de respeito com um ser humano que não deixa de ser uma pessoa normal só pelo fato de ser negro. Para né gente vcs não sabem o que é ser descriminados pela cor da pele , eu sei eu fui e sou até hoje descriminada por isso por ser negra sou casada com um homem maravilhoso que é para mim normal mas que pessoas como vcs chamam de “branco”, e sou descriminada por isso tenho um filho que estuda em uma escola particular onde ele é o único negro da sua sala , viajamos pra ferias onde 99,9% das pessoas que frequentam são “brancos” e que ficam de nariz torto ao me ver ali frequentando o mesmo lugar que eles, ai vcs acham que ela é uma coitadinha ,eu tenho certeza que ela merece pagar por tudo que fez ela não é uma coitada ela é adulta muito bem crescidinha que deveria saber respeitar o próximo, se fosse o contrário a justiça deveria agir da mesma fora.

    • Parabéns Lidia, pelo teu comentário. Muito lúcida!

  191. Agora é fácil, pedir desculpas qualquer um pede

  192. Vce e fera marcelo tas grande apresentador o cqc nota 1000 bom de mais.

  193. Não foi a primeira vez que ela manifestou seu preconceito, e o macaco com a camisa do Inter!? Ela ta tendo o que merece, não respeita não merece respeito!

    • LEONARDO SILVEIRA 5 de setembro de 2014 at 16:10

      O erro não está só nela. Está em todos nós. Está no nosso preconceito que fica anônimo sempre. Sempre julgando os negros porque são negros, os gays pela sua opção, os gordos, os deficientes, os pobres. Só é legal quem veste a roupa da hora, anda com carro bacana. Vê se esse mar de gente que é influenciado pela mídia sensacionalista quer fazer uma análise fria dos fatos, não só deste, mas sobre tudo que tem acontecido ultimamente. Vê se alguém quer pesquisar mais afundo uma notícia para saber se é verdade. Isso não tem nada a ver com o caso, mas explica porque nossa sociedade hoje é tão superficial e fútil. A atitude da menina vai ser qualificada como Injúria racial e quem deve punir ela é a justiça, não as pessoas. Penso que, quem continua a falar asneiras dela, deveria se colocar no lugar do pai/mãe dela. Não os conheço e por isso não sei se são racistas, se deram a educação adequada a menina. Mas imaginem que deve ser difícil passar por um momento deste com a filha sofrendo ameaça de estupro e de morte. Os outros caras que chamaram o Aranha de Macaco também e, inclusive, imitaram o som de um macaco ficaram no anonimato e ninguém os bombardeou de críticas como estão fazendo com a menina. E os torcedores do Corinthians, do Sport, que MATARAM dentro do estádio? Desses ninguém falou. Isso não acontece só no RS. ACONTECE em todo o jogo, em todos os lugares. As torcidas organizadas aqui no Brasil, quando entram no estádio se transformam, brigam, xingam todo mundo, cometem atos racistas, vandalizam, MATAM! Mas todo mundo acha normal.
      Chega de banalizar coisas importantes, (como criar novas práticas a favor de uma igualdade social e étnica maior, com um bombardeio de propagandas, assim como muitas multinacionais fazem conosco. Tirar as organizadas dos estádios. Banir torcedores vândalos e que cometem atos iguais aos dessa menina, que também deve ser banida). Ao invés disso, ficam julgando todo mundo da cadeira confortável das suas casas, mas fazer algo para ajudar, isso não conseguem. As pessoas julgam umas as outras de forma cruel, enquanto a justiça continua falhando. É por isso que não se consegue erradicar o racismo da cultura porca do nosso país. Chega de serem tão hipócritas.

      Brasil: O país onde a população finge que não vê a corrupção para ganhar bolsa-família, onde um estado com 11 milhões de habitantes é taxado de racista e nazista pela atitude de 50 pessoas e onde tem um monte de falso-moralista.

      Viva a idiocracia!

      Parabéns aos envolvidos!

      Sou teu fã e fã do CQC, Tas!

    • Se entrares na loja virtual do Inter vais ver a capa do site com as camisetas e atrás o macaco, mascote do Inter. e quando a torcida do Inter canta : ” Hoje eu vou matar um PUTO tricolor”? Eles não dizem que toda a torcida é homossexual, aqui no sul é uma maneira de falar: tô puto da cara, mas é um puto mesmo (exemplos). Sou gremista, não defendo essa guria, muito pelo contrário, deve pagar pela ofensa. Quando a torcida do Grêmio canta : “chora macaco imundo que nunca ganhou de ninguém”, não está se referindo aos negros mas a todos os torcedores do Inter, simbolismos.

    • Pra tua informação, o animal MACACO é um mascote do Inter. Não fale bobagem criatura!

  194. Isso por que ela é mulher é frágil , e toda besteira que esse Brasil feminino é . Toda essa revolta nada mais é que todo ódio contido sobre esse fato e demais fatos .

  195. Negativo!

    Plantamos o que colhemos.

    Devemos ser o mais implacável possível, devemos moralizar o futebol, nossa sociedade e não tentar tornar uma atitude dessas como algo banal e corriqueiro do nosso dia a dia.

    Foi criminosa, desproporcional e miserável a atitude dessa moça.

    Espero que nem uma torcida haja dessa forma. Somos a mistura do negro, do índio, do branco, do. amarelo… Somos brasileiros e já sofremos com tantas coisas ruins, simplesmente pela falta de impunidade.

    Racismo no Brasil é pior besteira, pois somos uma mistura de muitas raças.

    Impunidade é o mal que tem tornado nosso País em uma Nação tão corrupta.

    • Caro Gilmar Garcia, se a punição ao Clube Grêmio e tudo o q estão falando a mídia resolvesse verdadeiramente os problemas de RACISMO NO BRASIL isso deveria ser realmente aplicado…mas como sei e vc tbm sabe q ja teve outros casos q aconteceram tais como…a torcida de um time de São Paulo matou um garoto ano passado e qual a punição severa o clube sofreu??…2 jogos sem torcida…isso é lei??? Homofobia tbm é crime…então quando qualquer torcedor falar cânticos tais como…”gaúcho viado”…”gaymio” ou ”gremista gay” vc acha q se denunciasse resolveria o problema e as torcidas parariam com os cãnticos??? se vc acha q resolve sim…uma salva de palmas para vc q acredita cegamente em ilusão e Papai Noel…

    • Em nenhum momento o Tas se diz contra a punição, ela deve responder dentro do âmbito ao qual o crime cometido pertence. Porém o que estão fazendo é uma “caça as bruxas”, o racismo vai muito além deste caso que ocorreu em uma partida de futebol.

  196. Tas, concordo plenamente com você !

    Porém, em relação à desclassificação do Grêmio, eu acho no mínimo justa, pois na partida seguinte a esse episódio, a torcida organizada do Grêmio entoou cantos racistas, e fizeram gestos igualmente racistas, conforme a reportagem mostrada no Globo Esporte.

    Sou seu fã !!! :D

    • Quem nunca falou um palavrão em um estádio na empolgação e festa da torcida e quem nunca xingou um juiz de futebol no estádio..
      ATIRE A PRIMEIRA PEDRA…

  197. Não acredito que o pedido de perdão dela foi de coração e sim um conselho dado pelos seus advogados para que a penalização dela fosse menor. Por outro lado, acredito que ela tenha aprendido a lição. Racistas estão em toda a parte e não só contra os negros, os bracos também só que isso não é constante. A penalização do time achei injusta, eles não podem ser responsabilizados por atos soltos de uns e de outros torcedores. Eu acredito que o que ela está passado é válido. Se em casa ela não aprendeu que o mundo ensine sim, mas, que tudo tenha seu limite, até mesmo sua penalização.

  198. Cristina Defácio 5 de setembro de 2014 at 14:28

    Concordo que o Time do Grêmio não deve pagar por isso. Mas ela foi infeliz em ter sido flagrada falando aquela palavra:” MA.CA.CO”……….. Agora tem que arcar com as consequências. Ou eu estou errada?

  199. Concordo totalmente!

  200. A mídia crucifica quem vende pauta! Pode até ser que o enfoque esta sendo radical de mais. Só acho que ela terá que pagar pelo seu crime (Injuria racial).
    Seu eu roubar? seria presa? Se eu desacatar uma autoridade seria presa? Seu colocar foto de uma atriz nua, seria presa? SERIA SIM! Ela terá que pagar, com mídia urubu ou sem ninguém pra cobrir a pauta. Também acho que não deveriam desclassificar o grêmio uma coisa não tem a ver com a outra. Se houver injuria onde trabalho, a pessoa responsável que terá que pagar e não a empresa toda. Agora concordo sim, ela tem que pagar pelo que fez e parar de ser importunada,porque ninguém é Deus ou juiz! Tudo bem que no meu coração acho que ela foi instruída por advogados nesse pedido de desculpas e também aposto que ela irá ser matéria principal do fantástico …ou seja…

    • Instruida por advogados? Uma menina simples e sem estrutura como ela pode conseguir quantos advogado? As pessoas não se deram conta que se trata de uma menina de comunidade simples e multirracial. Óbvio que fez uma “cagada”, e deve pagar por isso. Mas dizer que fez cena já é demais. Só falta dizer que teve aulas de teatro antes de aparecer. Ora, por favor…

  201. Boa nota Tãs, mas de grande o Aranha não tem nada. Xingou, cuspiu para torcida e depois no calor do jogo quando a torcida revidou virou vitima. Acredito queo que ela fez não foi um ato de racismo, mas sim uma atitude de “Maria vai com as outras” no calor do jogo. Sr. Aranha deixou de ser vitima no meu ponto de vista quando acusou todo gaucho de racista, assim como toda a torcida do grêmio, a partir desse momento ele se tornou um agressor também. Agora o que vemos nas redes sociais é amaeaça a gaúchos e grêmistas, nos acusando de racista. Isso só confirma que o Rio Grande do Sul realmente não se identifica com o Brasil e o Brasil não se identifica com o Rio Grande do Sul. Sou negro, colorado e gaúcho e não tenho orgulho de ser brasileiro, por ações hipocritas como as descritas nestes ultimos dias.

  202. Concordo. Não estamos aqui para julgar ninguém.

  203. se a mídia tivesse mais pudor, ela naum seria lançada como boi de piranha!!! Ela eh uma eufórica maria vai com as outras….

  204. Concordo contigo Tas! Ela errou muito com aquela atitude preconceituosa, eu mesma fiquei indignada, mas com certeza ela já está pagando por este erro através da demissão do trabalho, com as normas da lei e com as agressões que também sofreu. É muito triste ver que existem pessoas tão preconceituosas em nosso país, espero que um dia as coisas mudem e tudo isso termine, afinal de contas, o que importa é o caráter! Um grande abraço, sou sua fã :)

Deixe um Comentário sobre André Cancelar resposta

Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer blog. Eles servem para ampliar, criticar e completar o texto do autor.

No "Blog do Tas", todos os comentários só são publicados DEPOIS de passar por moderação.

NÃO publicamos:

  1. Comentários com palavrões ou agressões gratuitas.
  2. Comentários fora do assunto.
  3. Comentários com auto-propaganda ou propaganda de terceiros.

Se não estiver nas categorias acima, sua opinião será liberada o mais breve possível.

Bem-vindo e obrigado pela participação!

Connect with Facebook

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>