Blog do Tas

Carta de um médico ao candidato derrotado Padilha

06 de outubro de 2014, 22:44

Escrito por marcelotas

 

Carta de um médico do Hospital das Clínicas de São Paulo ao colega dele, ex-ministro Padilha, criador do “Mais Médicos” no governo Dilma, candidato derrotado ao governo do estado de São Paulo

 

..::..

Ao caro (pseudo) colega Alexandre Padilha:

Eu desafio o sr, como o grande defensor do programa mais médicos que siga o seu caminho, mais natural agora que está desempregado, de ir trabalhar em uma prefeitura do interior do Brasil. No programa que o sr. mesmo ajudou a criar!

Já que segundo o PT nós médicos somos todos sem coração e mercenários? Que tal dar o exemplo?

Ir para uma prefeitura onde não se tem condições de trabalho, ver pacientes morrer na sua mão.

Ser processado por erro médico (quando na verdade não havia a mínima estrutura).

Ficar em dúvida se entra na ambulância para transferir o paciente (e abandona o plantão – o que é crime) ou se fica com paciente esperando ele morrer fingindo que está fazendo algo.

Ficar refém do prefeito local e ter que atender quantos pacientes ele quiser como se fosse seu empregado. Receber bilhete de vereadores para priorizar este ou aquele paciente (amigos, parentes e correligionários).

Fazer o papel de ouvidor geral do caos na saúde como se a culpa fosse sua (sim o médico é o cara do telemarketing que houve todas as reclamações como se tivesse culpa).

Mudar radicalmente seu projeto de vida e ganhar por mês uma bolsa de estudo (mesmo sendo formado) sem nenhum direito trabalhista, 13o, férias, FGTS, etc. E que pode ser demitido a qualquer minuto ao sabor das mudanças na conjuntura política.

Acho que o sr. será mais útil lá que em outro lugar e ainda ajuda nosso país a enviar menos dinheiro para ditatura cubana. Melhor um médico ruim como o sr. (consenso entre os que conhecem a sua competência técnica) do que um político péssimo.

E a população coitada ? Nosso povo é tão sofrido, que se o sr. for atencioso mesmo fazendo a coisa errada talvez eles gostem de você.

E se seu filho e ou alguém da sua família passar mal por lá fica tranquilo que alguém treinado na melhor medicina do mundo segundo o sr. estará lá pronto para atendê-lo.

Caio Nunes, médico especializado em Radiologia Músculo-Esquelética no Hospital das Clínicas da USP

..::..

 

  1. “Médico especializado em Radiologia Músculo-Esquelética no Hospital das Clínicas da USP” é? E isso é lá Medicina?

    • Infelizmente é essa a realidade.
      Assustador né ? Mas como disse o Dr. Caio Nunes, o povo é sofrido mesmo, considero que os médicos do Brasil são verdadeiros heróis, eles demonstram dedicação e é tão evidente a ausência de estrutura que a situação fala por sí.

      Feliz texto Dr. Caio Nunes.

      Parabéns em especial ao Tas que promove a educação e o conhecimento para esse povo que só precisa mesmo é de se formar, se informar e fazer valer os seus direitos,

      vocês dois, Tas e Dr. Caio Nunes são peças chaves para o desenvolvimento do nosso Brasil.

      Parabéns aos dois.

  2. O médico Alexandre Padilha viveu todas essas situações e até piores, pois no inicio de sua carreira trabalhou em aldeias indígenas, mais carentes e mal equipadas que a maioria das cidades. Não tenho pena nenhuma desse médico, pois como usuário de serviço público de saúde raríssimas vezes fui tratado com respeito ou decência por estes que se chamam de coitados aqui, mas que agridem e humilham a população e os servidores da saúde e que na média, fraudam os plantões, o batem ponto e vão atender em clinicas particulares ou mesmo vão simplesmente dormir…Os médicos no Brasil hoje, com classe, são um agrupamento que fala grosso com o povo e seus representantes, mas são mansinhos contra os planos de saúde, descontando tudo na população…

  3. Este post do Blog do Marcelo Tas, mostra como até os humoristas da grande mídia foram tragados pelo fascismo-tropical. Uma mistura de ódio, preconceito contra os médicos cubanos, mas sobretudo um desprezo assustador com a vida dos pobres.

  4. Olha o nível do aparato intelectual do médico indignado:

    ”é o cara do telemarketing que houve todas as reclamações como se tivesse culpa).”

    Saudades língua portuguesa. Será que os coxinhas perceberam?

    • Anne Magalhaes a lingua portuguesa é dividido entre coxinhas e petralhas?
      Devo ficar “chocada”com o nivel do medico ou com o SEU nivel?

    • Podia ter ficado quieta…

    • Olhe o roto querendo desclassificar o Médico. Tenho certeza: é Petralha.

      Não se usa o indicativo na oração, quando se quer dar ênfase no fato já acontecido. Emprega-se o subjuntivo, portanto, está errado o emprego do indicativo OLHA no comentário acima.
      O erro do Médico de colocar H no texto ouve e menos grave (erro de digitação) do que o erro da Anne.

  5. Ninguem está pedindo hospitais de referência… cidades no interior nordestino onde a atenção básica não funciona . Hospital sem respirador, monitores….. etc.chega de tanto improviso!

  6. Marinaldo Ferreira 12 de outubro de 2014 at 23:43

    Parabéns Caio pela sua carta a esse PTralha derrotado, que pensou em ganhar a vida como político e foi punido pelas urnas. Em primeiro lugar saibam que nem todos os cubanos que estão aí são médicos. A Policia Federal checando informações com universidades em Cuba. Bolivia e Chile detectou 41 desses pseudo médicos que tentaram fazer o revalida e descobriu-se que estes nunca passaram por uma faculdade de medicina. Muitos fizeram um cursinho de primeiros socorros e vieram para o Brasil, com a missão de dar atendimento primário a população carente. Para quem não sabe, essa atenção primária é para tratar uma gripe, resfriado, verminose ensinar que devemos lavar as maos antes das refeições e ferver a água que vai ser servida para beber. Fica apenas enviando pacientes em ambulâncias para os centros de saúde que dao assistência secundária e terciária, que por incrível que pareça também não trem medicamentos, aparelhagem etc., mas no momento a nossa presidenta enviou para África médicos brasileiros além de material como gase, esparadrapo, soro etc. essas coisas que faltam aqui para nós entende?
    Quanto a questão dos médicos serem bons ou ruins, isso depende de estrutura que não temos no interior, as vezes nem uma mesa para atender. O indivíduo pode ser o melhor marcineiro do mundo, manda ele fazer uma coisa simples tipo uma cadeira, sem dar a ele madeira, pregos, martelo serrote etc. É o que acontece na maioria desses lugares, onde o mesmo dispõe apenas de um estetoscópio.
    Quanto a parte política, o PT não visa nada de melhorar a saúde do povo, esses médicos cubanos são contratados por R$10.000,00, recebem R$ 1.500,00 não trem FGTS, INSS, estabilidade no emprego, carga horária para trabalhar etc e sabe para onde avo os R$ 7.500,00 restante? para o explorador e quem é este ou estes? São os irmãos Castro, Fidel e Raul manter a ultima ditadura da América Latina (Cuba).
    Abram os olhos que se esse perpetuar por aí logo será importado de Cuba Engenheiros, advogados, enfermeiros, farmacêuticos, professores etc. Vejam que diariamente vemos chegar ao país milhares de Haitianos, Angolanos, Africanos que são imediatamente adotados pela Dilma e pasmem, em 24 horas ja trem Carteira do Trabalho e emprego em restaurantes, na construção civil, ocupando vagas de pedreiros, carpinteiros, serventes
    brasileiros no nosso país que vive com alta taxa de desemprego.
    ABRAM OS OLHOS !!!

    • Marinaldo meu caro, você é mineiro?
      …não trem medicamentos…
      …não trem FGTS, INSS…
      …ja trem Carteira do Trabalho…

      Estes trens todos são propositais? Se for, não entendi a sua ideia.

  7. Parabéns pela carta . Sinto todos os dias a dificuldade da falta de recursos para um tratamento digno de nossos pacientes . Lutar por medicações , exames , transferência e muitas vezes perder a batalha é um fardo pesado, que traz muita dor. Respeito os médicos cubanos , porém todos sabemos que precisamos de recursos e não de mais médicos. Dê condições de trabalho porque bons médicos nós já temos.

  8. No dia que existirem as tais “condições ideais”não precisaremos mais de médicos. Já pensou? Cada cidade ou recanto do Brasil com enormes hospitais, centros de referência em medicina montados? Me poupem, por favor…

    • Que pena cidadão……perdeste a oportunidade de ficar em silêncio!!!……Se o sr. prestar um pouco de atenção nos argumentos dos médicos que se manifestaram, vai perceber que eles estão falando de condições MÍNIMAS para poder atender a população, e não de um hospital modelo!

    • Entre condições precárias sem médico, prefiro condições precárias com um médico cubano, sabe por quê ? Por que falar merda quando se está nela é uma forma de conhecimento de causa. Aos Srs. Médicos Brasileiros dou total razão quanto à não quererem estas condições de trabalho, isso por que somos um país de primeiro mundo uma super potência é injusto praticar medicina no interior do Acre pra uma população de índios, e aos médicos estrangeiros welcome, bien venidos ! A precariedade deste país começa pelo desprezo pela sua história.

    • Alguem falou em enormes hospitai, centros de referencia no interioor? Já se viu q vc nao sabe nada de atenção primária, secundária e terciária à saúde. O problema de quem sabe pouco sobre determinado assunto é falar merda e achar q esta certo..

  9. Dizer a verdade e expressá-la publicamente dignifica e faz valer a nossa cidadania. Sua carta, meu caro colega Caio, dá esse presente a nós. Muito obrigada.

  10. Vocês médicos brasileiros deveriam se envergonhar de si mesmos, desde sua formação, regrada a greves estudantis e muito álcool, até o exercício da profissão… Os médicos cubanos estão enfrentando os mesmos problemas que vocês, porém só tem uma diferença, são humanos, se solidarizam com as necessidades daqueles que atendem, são soldados em missões, não os famosos cavalos brasileiros, que maltratam pacientes, fazem pouco caso e só servem para reclamar… Um conselho, façam algo diferente de suas vidas, pois a sua incompetência já custou muitas. Deixem os cubanos fazerem o trabalho de vocês e aprendam algo com ele!

    • Foi prometido pelo governo que eles seriam supervisionados. Entao como só fazem absurdos ?

    • Um medico debater com esses ai é a mesma coisa que o Aécio debater com a Dilma. É covardia. Vocês não sabem nada de como funciona o sistema de saúde. Acho q nunca frequentaram uma unidade de saúde. Vocês não esta em um hospital terciário pra ver o numero de encaminhamentos e condutas absurdas dos cubanos. Acham que podem analisa-los tecnicamente ? Um enfermeiro acostumado a trabalhar em emergência é muito melhor do que um cubano. Algum de vocês frequenta atenção básica ou ja foi atendido por um cubano ? LUTAMOS por melhores condições de saude porque vivemos disso, diferente e vocês que aplaudem programas populistas sem um minimo de fundamento. Reservem-se à sua ignorancia.

    • Nesse teu comentário só to vendo acusações sem fundamentos e o pior é que tu tá generalizando as coisas dizendo , por exemplo, que estudante de medicina tem a formação regrada a álcool não vejo problema algum em beber. Outra coisa que me incomodou foi essa tentativa de endeusar os cubanos e demonizar os médicos brasileiros, me poupe né há bons profissionais entre os brasileiros como também há péssimos profissionais entre os cubanos.

    • Antonio Marinho Filho 10 de outubro de 2014 at 15:25

      Boa joão. Falou tudo.

    • Antonio Marinho Filho 10 de outubro de 2014 at 15:24

      A maioria dos erros médicos , são onde tem a melhor estrutura e não em cidades menores com pouca estrutura. São mercenários mesmo. Esqueceu daqueles que batem o ponto e vão embora???

    • parabéns Joao, faco minhas suas palavras….

  11. Sou médico e te pergunto onde estava o CFM nos anos 2000 sabendo que haveria déficit de médicos e o PT gestando Mais Médicos em Cuba e fechando Fac medicinas no Brasil. Tudo faz parte mentes ensanas do PT e $$$ para estornar nesta campanha petista além de financiar portos cubanos. Temos shiitas no Brasil de mãos dadas com a Dilma.

  12. Como está escrto no artigo 197 da Constituição Federal do Brasil – “São de relevância pública as ações e serviços de saúde, cabendo ao Poder Público dispor, nos termos da lei, sobre sua regulamentação, fiscalização e controle, devendo sua execução ser feita diretamente ou através de terceiros e, também, por pessoa física ou jurídica de direito privado.”. Ou seja cabe ao poder público regulamentar, fiscalizar e controlar a execução dos serviçõs de saúde no país. O Padilha errou. Ele deveria ter fortalecido os conselhos dos profissionais de saúde pública, assim o CFM poderia dar palpite no que diz respeito â saúde privada (somente) e os cubanos seriam aproveitados de maneira mais eficiente – ou o dinheiro público aproveitado de maneira mais eficiente. E por falar em eficiência, os médicos que se formam com dinehiro prúblico (em universidade pública), fazem residência com bolsas do SUS (dinheiro público) deveriam trabalhar entre 5 e 10 anos somente no SUS para pagar o que A SOCIEDADE INVESTIU NELE. E para não haver conflitos entre as atividades do setor público ou privado, a melhor escolha seria deixar o CFM regulamentar somente a prática da medicina no setor privado. Fica a minha proposta. Agrada a todos. Assim os cubanos nunca seriam uma ameça para o setor privado, e o interesse público se libertaria dos interesses privados.

    • Então segundo seu argumento TODOS os estudantes das faculdades públicas deveriam trabalhar no serviço público entre 5 e 10 anos e não somente os médicos, porque afinal de contas há dinheiro investido em todos os alunos que saem de lá. Se por ventura essa ideia couber ao médico porque não aos outros profissionais, até porque médico não é melhor e nem pior que qualquer outro profissional que sai de lá pra merecer tratamento diferenciado.

    • Uma informação pra Vc, Igor: todo acadêmico das faculdades de Medicina nas Universidades Públicas, assim como dos cursos de Odontologia, Enfermagem, Fisioterapia, dentre alguns outros na área de saúde, fazem/ prestam serviço à população carente ou não, gratuitamente durante o curso ( na medicina, são pelo menos 4 anos). E em algumas faculdades existe uma fase onde esse serviço ocorre em lugares distantes da capital, do município onde este estudante reside, e aí se vê a triste realidade que é o abandono da população – nao somente pela falta do profissional médico, e sim pelo inexistência de condições básicas, mínimas para exercer sua profissão!
      Falar é bom, e fácil quando não se vive a realidade.

  13. desculpe trabalho na area, mas radiologista… não tem moral nenhuma pra falar nada já que só lauda aff

  14. O fato descrito pela carta é muito provavelmente o cenário encontrado hoje. Justamente pq não há um deslocamento mais “democrático” (juro, não encontrei palavra melhor) dos médicos formados. O programa Mais Médicos não é dos melhores do mundo, foi colocado de forma amadora, sem muita discussão e como forma de alçar o nome de Padilha (como aliás muito dos programas do governo Dilma), mas esse argumento é extremamente fraco. O autor descreve uma situação extremamente caótica do sistema público, mas não parece de forma nenhuma preocupado com a solução do problema. Gostaria de uma carta nos mesmos moldes com essa solução.
    O programa, por pior que tenha sido formulado e executado até agora, está levando os médicos onde não tinha absolutamente nada, ninguém está sendo obrigado a ir, a pessoa se inscreve e recebe um valor bem razoável pelo serviço (com os cubanos tem um certo problema em relação a isso mas fica pra outro dia). Com a entrada desses médicos muitas dessas situações que o Doutor descreveu seriam denunciadas, chamariam atenção e abririam espaço para resolução. O senhor Doutor também está convidado para exercer sua profissão nesses lugares menos abastados.

    • Aliás, recomendo a esse médio pesquisar um pouquinho sobre a carreira do Padilha (o qual eu nem sou fã e não sei muito bem pq to perdendo meu tempo defendendo, nem ao menos votei nele para governador), e o tempo q ele passou no Pará desenvolvendo trabalhos importantes com comunidades extremamente carentes da Amazônia. Sair falando besteira é fácil, tentar se informar dá muito trabalho.

    • Uma coisa puxa a outra meu filho. Não da pra começar do nada e espontaneamente. O mundo não é perfeito como esses médicos parecem imaginar. Poucos cumprem a função social da profissão e quando são obrigados (não que eu seja lá muito a favor, acho a liberdade de escolha ainda melhor) ficam de mimimi. O Estado não deveria interferir, é exagero e talvez seja uma das maiores provas do quanto esse governo aumento a mão do Estado, mas pelo menos melhorem as críticas, pegar no pé do Padilha com esse textinho populista, faça-me o favor.

    • É claro que ele já exerceu se ainda não o faz!!! Vai me desculpar mas quem não é medido não tem nem razoável consentimento de causa para fazer qualquer projeção. Só pedimos para que o governo DÊ O MÍNIMO DE CONDIÇÃO LOCAL COM SALÁRIO COMPATIVEL e aí sim os médicos brasileiros (“tão sem coração ou até escrúpulos”) irão aparecer.

  15. É necessário ser mais preciso, indicando, Estado, cidade e hospital público para que não haja “desvios convenientes” pelo caminho, e sugiro tbm uma avaliação cuidadosa, antes, durante e depois, tanto do local de trabalho quanto do desempenho do citado ex-candidato médico, que aliás carece totalmente de qualquer carisma.

  16. Parabéns pelo seu comentario Dr. , mas acredito que ele jamais vai aceitar tal convite, faz parte de um grupo de pessoas que não gosta de trabalhar, moleza é seu forte, como médico, acredito que seja uma ( M ) como foi como ministro- mas infelismente seu padrinho vai lhe arrumar um cabide de emprego, daqueles que você não aparece e ganha. Devemos denunciar-falar-ficar em cima desses politicos, porque é nosso dinheiro que esta indo p/bolso deles, pelo menos o povo de SP acertou em um, pena que outros entraram,pessoas sem o minimo de cultura, para esses espertos comprarem suas conciencias e moralidade.

  17. o texto diz tudo…….não somos mercenários como alguns dizem….muito pelo contrário……mas é muita ignorância do cidadão que acredita que os problemas históricos da saúde são culpa dos médicos…….francamente……conversem com os colegas cubanos ( da tal medicina exemplar ) e perguntem se eles querem voltar p país deles……..a resposta é não…..

  18. Dr.Caio disse tudo. Padilha não é só uma vergonha para a classe médica, mas para a espécie humana. Ri muito dele ter ficado em 3º lugar em SP, Lula estava crente que iria eleger o “filhotinho” dele lá.
    Se quiser Padilha, arrumo um emprego de médico para vc aqui no interior do MA, o salário oferecido até que é bom agora o prefeito pagar é outra história, e condições de trabalho… Ah, isso não tem aqui, muito menos hospedagem e alimentação que oferecem para os médicos cubanos.

  19. marcelo alberto gonçalves favaro 9 de outubro de 2014 at 0:39

    MELHOR DEFINIÇAO DESSE PROGRAMA QUE AO INVES DE SANAR POBLEMAS MEDICOS DA POPULAÇAO AUMENTOU E TROUXE MAIS UMA INDIGNAÇAO POIS ESTAMOS VENDO CRIMES TRABALHISTAS COM MEDICOS CUBANOS IGUEM FAZ NADA PARABENS DR CAIO QUE CARTA BENDITA

  20. Olha o problema da saude não é do governo federal e sim dos Estados e Municipios dinheiro enviado pelo governo federal não faltou, porem os governadores e Prefeitos fizeram ma gestão por isso que a saude esta deste jeito falida assim como a segurança a educação etc…

    Lendo noticias internacionais varios paises tem este convenio com Cuba e a ONU reconhece a medicina preventiva Cubana como a numero um no planeta terra será que o governo Brasileiro está errado?

  21. Caríssimo e grande Jornalista Marcelo Tas, Os médicos só pensão em enriquecer. O Doutor Padilha suspendeu vários Planos de Saúde, que não funcionavam satisfatoriamente motivo que levam a criticar o ex-candidato.. Tem médico proprietário de Plano de Saúde, cujo parente Dirige Hospital. Mamata!
    Um percentual da Mega Sena seria bem vindo para Saúde. Vejam que o futebol já é favorecido por este sistema.

  22. Francisco Vincente 8 de outubro de 2014 at 22:39

    Neste momento todos os coxinhas devem está ovulando com a derrota do Padilha em São Paulo. E, agora serão eternamente felizes com os Tucanalhas a frente do governo de SP ou os pobres continuarão morrendo nas filas dos hospitais por falta de recursos, que aliás foram negados pelo próprio PSDB ao votar contra a CPMF!?

  23. IMAGINEM A ENFERMAGEM COMO ESTAR COM ESTE POLITICO QUE NÃO AJUDOU EM NADA AS NOSSAS TRINTA HORAS, UMA CLASSE TÃO SOFRIDA, ODEIO POLITICO QUE PROMETE MAIS NÃO CUMPRE NADA,, BEM FEITO QUE PERDEU,AGORA SÓ FALTA A OUTRA PERDER AI FICA COMPLETO ELA QUE FALOU QUE IRIA AJUDAR A ENFERMAGEM E NADA FEZ.

  24. Lendo os depoimentos e refletindo à respeito de eleições nos últimos meses, analisando ambos os candidatos (pois não me preocupo com bandeiras e sim com as nossas futuras condições de vida…) tenho algumas questões:

    1- Pessoal alguém sabe me responder quando é que o SUS funcionou bem desde que foi criado?
    2- Se temos como exemplo alguns dos últimos escândalos envolvendo políticos onde não houveram punições por conta de brechas na nossa “excelentíssima” Constituição de 1988, onde está o erro? Em quem não puniu? em quem não julgou?
    3- Será que essa Constituição não está precisando ser refeita?
    4- Fazem quantos anos que não temos boas opções de candidatos para dedicarmos nossos votos?
    5- Estamos cumprindo nosso dever em todos os sentidos com o nosso País, pois furar filas, deixar de declarar imposto de renda para não pagar, andar com CNH vencida, andar na faixa dedicada às Bicicletas e ciclistas para chegar mais rápido, não respeitar sinalização de trânsito, não respeitar outros carros no trânsito, não respeitar idoso, etc. não me parecem bons exemplos de conduta, estamos realmente cumprindo?
    6- Será que os políticos que estão lá no planalto não são o reflexo das nossas opções diárias que muitas vezes não pensamos, mas estamos fazendo erroneamente?

    Estou refletindo a cerca dessas questões já faz algum tempo e sinceramente vejo que ninguém que está no poder atualmente seja PT ou PSDB não me representa e nunca me representou (nenhum dos outros partidos), mas o que vejo e é bem claro é que se nós não começarmos a dar o exemplo mudando as nossas posturas, lendo mais, se informando mais (a internet está ai para isso), e principalmente conhecer nossa humilde língua portuguesa (falar, escrever e ler fluentemente) a coisa toda vai piorar !

    Boa noite à todos!

    • Vivian, como alguém já disse ai atrás, o autor falou falou falou e não disse nada. Quando não se propõe soluções é melhor ficar calado e ir meditar. Aliás a única solução que um médico consegue propor é aumentar o seu salário (cargos e carreiras) para adequar ao salário de um Juíz. Não acho errado. Do mesmo jeito que não acho errado que um enfermeiro entáo deveria ganhar como um promotor. Para além dessa demanda esquizofrênica dos médicos, e respondendo a sua pergunta do ponto de vista científico, acho que a primeira pergunta a ser feita é: A QUEM INTERESSA O SUS DESSE JEITO. Me parece que não interessa aos médicos (por motivos óbvios). Me parece que não interessa aos pacientes. Me parece que não interessa ao Estado pois se torna uma dor de cabeça desnecessária. Então a quem interessa o sus desse jeito que ai está? Quando vc encontrar a solução vai começar a ver as respostas para os seus questionamentos. Tem muita gente se beneficiando com tudo isso. E não são os médicos, pacientes ou o Estado.

    • SE MUDAR AS LEIS GARANTO QUE VAI MELHORAR MUITO, TEM SIM QUE MUDAR ESSA CONSTITUIÇÃO QUE TA MAIS PARECENDO UMA PROSTITUIÇÃO ISSO SIM

    • Boooa!!! Parabéns pela observação!

  25. Tanto os políticos, quanto o povo, os dois são culpados pelo que ocorre no Brasil. O povo que troca seuvoto por um favor do ppolítico está sendo tão conivente com a situação em que estão os hospitais, as escolas, estradas, etc…
    Povo que prefere continuar com o Bolsa merreca do PT à trabalhar, quando surge a oportunidade, também merece o que passa, pois está conivente com o governo e a situação caótica do Brasil..
    Quando estive no RS, para cuidar de minha avó, e precisei voltar para uma consulta no SUS, fiquei acompanhando, e ensinando o que a pretendente ao emprego de Cuidadora (salário mínimo do RS em 2013 R$770,00) tencionava receber. Mas passados 5 dias, a mocinha preferiu oPTar pelos R$ 92,00 que recebia do Bolsa família, pra atender seus 2 filhos nenés, que sua mãe cuidava. Ela preferiu a merreca a trabalhar. E na Bahia é assim. Por isso o PT da Dilma ganhou no RS e na Bahia. Toma povinho Mole!
    Também existem médicos que trabalham mal, em postos de saúde aqui na Capital de SP. Não olham pro paciente, chegam 4 horas atrasados do horário que deveriam atender Tratam mal, chegando ao cúmulo de não querer Atender! E não é PS. Não têm que fazer curativo nem nada. Simplesmente não querem trabalhar, E só atendem 4 dias/semana nos A.E.s, UBSs, AMAs, etc…

  26. Grande Caio! Meu veterano*, amigo e conterrâneo baiano; Parabéns pelo excelente texto. Quem conhece a realidade da nossa Bahia e “das medicinas” nos diferentes locais do Brasil, sabe da veracidade e honestidade das suas palavras.
    * nascidos e graduados na UFBA

  27. oi meu amigo marcelo tas…………. radiologista não clinica ,(não atende paciente e nem é medico e sim um profissional da saude ) somente faz imagens kkkkkkkk

    • Tomas, logo identifico que vc não é “amigo” de faculdade do Taz, pois se não saberia que existem Médicos Radiologistas e Técnicos em Radiologia. Boa sorte.

  28. PERFEITO!! Adorei DR Caio Nunes

  29. Não tinha estrutura minima? Não tem estrutura nenhuma, e o pior que o atual Governador Reeleito Sr.Geraldo Alckmin é Médico e é quem administra esse serviço no estado de São Paulo, que é o polo industrial do Brasil, Conhecido como o Estado Mais Rico do País, com 44 Milhões de habitantes, reclamam de tudo e ainda Reelegem um Homem que tem a capacidade de deixar faltar água, a Sabesp assumiu recentemente após o término das Eleições.
    Obrigado por Reclamarem e serem Medíocres ao ponto de não reconhecer o erro Senhores Classe Média Alta!!

    • DEVERIA TER SAIDO, , JA QUE O AERCIO PROMETE ACABAR COM A REELEIÇÃO, ELE DEVERIA TER DADO EXEMPLO E JA TER SE ADIANTADO, NÃO SE CANDIDATANDO A UMA NOVA ELEIÇÃO, SEU ALKIMIM VC TA ERRADO, SE GANHOU FAÇA PELO MENOS 70% DO QUE PROMETEU

    • Ufa… Achei que só eu senti indignação nessa reeleição. Povo anestesiado feito um bando de bois rulminando seus próprios problemas e não percebem que o pasto já secou.

  30. Marlene Hortega Consoli 8 de outubro de 2014 at 19:41

    Parabéns Dr Caio! Sou mãe de um médico que estudou na UNIFESP, fez residência médica somando um total de 9 anos seguidos, excluindo o ensino fundamental e o ensino médio. Na minha família toda nunca teve um médico formado, ele foi o primeiro que se formou nessa área. Ou melhor ele foi o primeiro a se formar num ensino superior. Entrou na UNIFESP debaixo de muito sacrifício, numa época em que somente entravam aqueles cuja família já herdavam do pai, ou da mãe, ou um parente já formados em medicina. A dedicação dele para chegar a cursar a carreira de medicina era tamanha que na sua adolescência dedicava todo seu tempo em estudar, estudar e estudar. Ele não assistia e nem participava dos jogos em frente a TV,em dias da copa mundial de futebol em que o Brasil jogava. Ele ficava no quarto estudando. ele era focado na profissão que escolhera e dedicava seu tempo totalmente a ela. Eu conheci o hospital São Paulo, há mais de 18 anos atrás, ele era um hospital conceituado e de excelência inclusive os presidenciáveis faziam uso dele porque era o mais bem equipado, o atendimento era de primeira qualidade. Os médicos então, não preciso dizer que eram os melhores dos melhores. Nesta última sexta – feira, dia 3 de outubro de 2014 ouço a triste notícia de que o Hospital São Paulo ligado a UNIFESP estava sucateado. E a reitora explicou que o governo federal só passava verbas para a manutenção do hospital de maneira defasada, que recebiam 500 milhões de reais por ano , quando na realidade precisavam de 800 milhões para suportar e apresentar qualidade no atendimento à população. Fiquei chocada aos saber disso, nunca pensei que um hospital daqueles fosse passar por uma situação escabrosa como essa, tornando-se totalmente defasado.E vem um PT afirmar que a saúde está bem e melhorando cada vez mais. Fiquei chocada, porque eu, mesmo morando em Brasília, sempre ouvia dizer que o Hospital São Paulo era um hospital de qualidade e o mais importante disso, ele era público. Quero aqui deixar meu protesto a esses indivíduos que fizeram uso da máquina pública, que em vez de aumentar o número de hospitais públicos de qualidade, estão acabando com os que são de qualidade.

  31. Como é bom ler coisas sensatas…Parabéns eu acho sim que o país tem jeito é simples, muita educação,tolerância zero com a corrupção e o famoso jeitinho brasileiro. E claro um outra forma de escolher políticos tem que ser através de concurso público e com várias etapas.

  32. Como o colega padilha, sou formada na mesma Universidade. Sou medíocre? Não sei… Atendi e atendo numa “prefeitura do Interior” com muitos recursos (rica+ 2o municipio mais rico do estado de sp), muito mal gerida ($ não traz felicidade). Criei filhos, viajei, comprei casa trabalhando honestamente. Ainda prefiro colegas como o Padilha, que alguns radiologistas q só sabem reclamar…. Atendem? Fazem suas agendas menos corruptas? Não, creio que não.
    Tristeza ver meus colegas terem esta visão da realidade. Sejam felizes! Vão atender no “postinho” como os Cubanos

  33. Parabéns! essa vergonha dos MAIS MÉDICOS foi tão somente para enviar dinheiro à CUBA.
    enquanto os nossos médicos tem salários de fome e condições de atendimento, hospitais em péssimas condiçõies de atendimento.
    Esdse médico que envia a carte, é apenas o PORTA VOZ de uma categoria maltratada.

  34. mauro oseas ferreira 8 de outubro de 2014 at 17:34

    Não sou petista mais tenho que dizer uma coisa. Esse desenho da saúde que o Dr mesmo faz muito bem pois essa é a realidade, pelo menos aqui em São Paulo. O problema é que é dever do Estado investir em Saúde, assim como em educação. Nosso Estado é um dos mais ricos do país, pra onde vai o dinheiro público se como o próprio Dr diz não vai pra saúde, sei que não vai pra educação porque as escolas públicas são um lixo e o pior, aqui pagamos IPVA mas as rodovias são privatizadadas?

    • Eu respondo sua pergunta
      onde está o dinheiro.
      Pergunta lá em Brasília já que a maioria dos impostos arrecadados ficam por lá.

  35. Nao é o Padilha que precisa ir pro hospital, é o senho que precisa ir para a politica. Boa sorte.

  36. Perfeito Caio.
    Parabéns!!!!

  37. Parabéns to de alma lavada, gostaria que ele se tratasse em um PSF com um médico cubano que não entende nada o que ele fala e ficasse olhando pra cara dele com cara de paisagem.

  38. Extremamente bem representado o protesto. Mesmo porque também expõe nossos problemas como um todo. A política pública de saúde está um caos e a saúde no Brasil está combalida; quase nauseabunda. E um médico heroico mostra toda a sua indignação e diz que o médico “é o cara do telemarketing que HOUVE todas as reclamações como se tivesse culpa…”
    Sim, ‘houve’ um erro. Mínimo, pelo momento de fúria; mas execrável pela formação do profissional em questão. E mostra que somos um país de médicos que mais houvem do que ouvem a população. E é fato! Metade da culpa é do sistema decrépito em que infelizmente estão inseridos. Mas há falha na preparação desses soldados da saúde, que não escutam o que um “ai” de um idoso ou de uma criança significa, dando-lhes um anti-inflamatório para aplacar um câncer, ou um AAS para aplacar o desconforto de uma crise de dengue… Tem-se que preparar tudo de novo. Se re-preparar. Se reparar… e pelo andar da carruagem, o conserto desse mecanismo falido a olhos vistos será, na verdade, um ‘concerto’. De ladainhas que teremos de ouvir; ou melhor, segundo a atual medicina, que teremos de “houvir”…

    • Nara Pessoa Nassaar 8 de outubro de 2014 at 20:53

      Apoiadíssimo, Doutor. Falo como mãe de médica, que foi testemunha da “falência da Saúde no Rio de Janeiro”. Só quem vive o dia-a-dia do Sistema de Saúde Pública do país, pode se pronunciar. Tudo o que o Sr. falou é a pura verdade. e, a sugestão de mandar o Sr. Padilha trabalhar no programa Mais Médicos é perfeita. Ele deveria dar o exemplo de um “bom” médico. Sempre defendi e continuo defendendo os médicos, porque quem gasta uma fortuna com livros, com cursos de especialização e está sempre se atualizando, DEVE ganhar um salário condizente com sua formação. Aliás, quando o Presidente Lula precisou de tratamento, foi para São Paulo. Para O Sírio e Libanês… deveria ter ido para Cuba…. Parabéns por tudo que falou.

  39. marcia fatima de souza 8 de outubro de 2014 at 15:33

    Perfeito o que o Dr. Caio escreveu, só espero que o Alexandre Padilha leia. O Dr. Caio resumiu a triste realidade do povo mais desfavorecido, que sofre as mazelas do caos da Saúde Pública no Brasil … #éprecisomudar !!!

  40. Porque? o Dr. não vai pro interior ou melhor para o nordeste do Brasil, ele (Pseudo) Dr. está no que a de melhor Hospital das Clinicas da USP. considerando o resto dos Hospitais. falar é fácil.

    • Elias, a título de informação, dr. Caio é médico baiano, formado pela Universidade Federal da Bahia, e está em São Paulo porque estudou muito pra passar numa prova de residência pra poder se aperfeiçoar mais e ser um profissional ainda melhor. Ninguém melhor do que ele conhece a realidade do Nordeste. Fica a informação! Abraço.

    • entao elias ,o dr caio nao inventou esta porcaria que e o mais medico cubano ,quem fez isto foi o espertalhao do padilha ,.logo ele nao precisa sair de onde esta ,quem tem que dar o exemplo e o crador deste arenque.

    • Elias, sabe qto um médico residente ganha no Hospital das Clínicas?
      R$2600 por mês… Sabe qto ele trabalha? Provavelmente não deve fazer a mínima idéia… Mas te falo: é NO MÍNIMO 60h semanais… Mínimo!! Passa muito mais de 60h… Trabalhando continuamente… Tantas vezes sem comer ou ter que se privar de ir ao banheiro… Era essa a sua idéia dos médicos do HC?

    • Elias aparentemente acredita que o Mais Médicos é a panaceia que resolverá todos os problemas de saúde nos grotões brasileiros. Dr. Caio está nas clínicas provavelmente porque se esforçou e tem mérito para estar lá, o que não o impede de ter a saudável visão crítica que falta a milhões de brasileiros. Parabéns, Dr. Caio!

    • Elias, creio que o Dr. Caio, que é baiano, está no Hospital das Clínicas, uma excelência em Medicina, por seu próprio mérito. É assim que tem que ser.

  41. Cristina Lima Rosati 8 de outubro de 2014 at 15:16

    Parabéns _Dr. Caio…aplausos para suas palavras..Isso sim é ser médico… Estar no “campo de batalha” no dia a dia… És um vencedor…Boa sorte..

  42. perfeito, minhas mais profundas congratulações.

  43. Maria Isabel Pinto da Silva 8 de outubro de 2014 at 14:25

    Parabéns Dr. Caio. Esta sua carta teria que circular bem aberta para que a população se enchesse de coragem e aprendesse a lutar por causas justas nas “URNAS”, pelos seus direitos de cidadãos que pagam inúmeros tributos e não vêm retorno de coisa alguma! Abaixo Pt, abaixo Lula….e…infelizmente, na minha opinião, perdemos a chance de pelo menos “tentar” mudar a nossa história de “país colônia”.

  44. Prove do próprio remédio Sr. Alexandre derrotado Padilha.

  45. Poxa…. do caraio, hein??
    Muito interesante ouvir o próprio Médico dizendo…!

  46. ”Melhor um médico ruim como o sr. (consenso entre os que conhecem a sua competência técnica) do que um político péssimo.”

    FATALITY…

    Lavou a alma de muita gente, foi uma pá de cal no PT em São Paulo… humilhação merecida !!!

  47. Sol Menegatti Dutra 8 de outubro de 2014 at 13:27

    Sei bem do que fala o colega medico . No exercício da medicina até seu falecimento, o pai de meu filho, por 20 anos , foi fiel aos seus ideais e juramento, em busca de uma “saúde e atendimento melhor” aos seus pacientes …infelizmente ou felizmente não está presenciando todo este descalabro da gestão petista e seus parceiros/companheiros do atual do governo.
    Face à reflexão do dr Caio, parabenizo-o pela coragem das pslavras .
    …acredito que no próximo dia 26 de outubro possamos juntos, continuar a responder nas urnas a indignação brasileira frente aos mandos e desmandos deste governo corrupto, vergonhoso, de falsos democratas que praticam a demagogia de forma vil e imoral à grande massa de nosso povo (sofrido, mas que não perde a esperança e a alegria) de dizer que governam pelos “mais pobres”. TODOS somos iguais perante a justiça e devemos fazer “justiça” nas urnas. Tenho convicção que estamos amadurecendo politicamente (nossa democracia tão jovem) e no caminho de um Bradil mais justo e menos desigual.
    Cada dia mais temos que de forma inteligente, reclamar, protestar, exigir mudanças e lutar por um Brasil melhor para nós , nossos filhos e quem sabe nossos netos viverão os “tempos deste Bradil mais justo e menos desigual”.
    Abraço !!!

  48. O que fico indignado, é que nosso país sofre cada dia mais com a saúde, e o governo ajudando Cuba, de vez em investir e priorizar o que é nosso, e as pessoas que tantam necessitam dos serviços básicos que de fato são uma vergonha em nosso país…..

  49. Saúde vem antes da educação; a população que desconhece o que o ministro padilha fez (detonar com o serviço público de saúde) tem que ser alertada do perigo que o nosso querido SP correu nestas eleições. E que o Brasil ainda corre com diuma, uma ameaça à democracia.

  50. Quer saber….acho que ele não vai querer arriscar….vai ficar e arrumar alguma forma de continuar mamando nas tetas suculentas do governo.

  51. Este programa traz os médicos de Cuba, mas não é repassado o valor integral que um médico brasileiro recebe. Sendo assim, os médicos do programa mais médico estão vindo para nosso país, enxergam que não vale a pena participar do programa do governo, saem e vão fazer plantões como os médicos daqui. Sendo assim, ganham o valor total… sem que o governo Cubano retire esta fatia.

    Dizer que o problema da saúde está na falta de médicos é o mesmo que dizer que o problema da fome está na falta de cozinheiros!

    Ops… esqueci uma ressalva… não sou médico.
    Ahh…. e outro detalhe: Dilma pra presidente mesmo?

  52. Já estou em outra cidade para procurar atendimento médico,fiz exames ,mas na minha cidade a médica que teria que ver os meus exames esta de férias desde agostou…ou julho,e só volta em 29 de novembro.
    Cansei!!!

  53. Pois é padilha venha ser como um de nós.

  54. parabéns Caio Nunes, vc tem a coragem de poucos, neste pais onde se dizer a verdade é crime, seja ela qual for, parabéns mesmo.

  55. Numca vi uma carta tão bem escrita , no momento certo, e sugestões tão pertinentes .

  56. A carta escrita acima está totalmente correta. O pior é que muitos trabalhadores da saúde são jogados dentro de hospitais ou clínicas do interior sem passar por treinamento ou fazer cursos para atender o público específicamente do local. E se o problema são com os médicos, então imagine o resto do pessoal que trabalha no mesmo lugar e que passa pelas mãos do mesmo público. É gente ameaçando de morte desde o porteiro até o diretor do hospital, não se poupa ninguém nesse trajeto, nem mesmo o pessoal da limpeza ou cozinha. E olha que não se falou dos baixissimos salários pagos na saúde para se dedicar a vida em salvar vidas.

  57. Não falou nenhuma mentira! Só quem trabalhou ou trabalha na Rede Pública de saúde brasileira sabe o quanto é triste ver pessoas morrendo ao aguardar uma vaga nas CTI’s, ver os pronto-socorros lotados com pacientes nos corredores em macas improvisadas, TUDO ISSO DÁ UM DESESPERO, fui estagiária na Santa Casa da minha cidade por 4 meses, e muitas vezes minha vontade era sentar no corredor do pronto-socorro e chorar por ver tantas pessoas sofrendo e vidas indo-se como a água que escorre das nossas mãos! LAMENTÁVEL!

  58. Sabe-se de alguns médicos políticos, que começaram suas carreiras políticas nos grêmios das universidades, que fizeram suas carreiras políticas ganhando eleições distribuindo atestados médicos com 15 dias de folga, atendendo filas em seus consultórios em épocas de eleições. Por isso não me surpreendo com esse seu colega.

  59. No rabo dos outro é refresco!! Vai pra casa Padilha!!!

  60. Sensacional!

  61. Só que vive a realidade dentro de um hospital, pode avaliar isso, a saúde é só um dos exemplos, não adianta trazer médicos, se não tem hospital, medicamento … para que o profissional trabalhe pela vida.

  62. Norberto Motta Junior 8 de outubro de 2014 at 10:45

    Eu duvido…. eu duvido muito esse cara trabalhar no mais médicos.

  63. Caio, seu texto reflete a realidade do pais. Um partido que esta no poder para que seus afiliados os nobres companheiros se beneficiem das coisas publicas. Quanto ao Padilha, ele faz parte da corja, nao lhe faltara ocupacao e rendimentos. O Mais Medicos nao e programa de saude, e operacao de arrecadacao de dinheiro, muito dinheiro. Seria muita inocência acreditar que todo este dinheiro enviado para Cuba nada retorne ao partido. A populacao, porque se preocupar se continuam votando no partido?

  64. Essa foi forte pois é bem real.

  65. Parabéns a este Médico que usou tão sabiamente as palavras para definir o que este DESGOVERNO fez com a saúde do Brasil e com os Médicos honrados do meu país. Faço minhas suas palavras.

  66. Ele não tem a coragem necessária. Falta lhe tudo, capacidade e caráter.

  67. Olha Tas, eu tenho a solução para os problemas políticos do nosso país!
    É simples, quem quiser se candidatar a qualquer cargo, receberá um salário mínimo, vale alimentação de R$ 170,00 e deverá registrar o seu plano de governos e suas promessas com prazos estipulados no STJ. Caso esse candidato não cumprisse qualquer uma dessas promessas, ele seria preso sem direito a fiança, Habeas corpus, embargos infringentes e nenhuma dessas falcatruas do nosso judiciário. Se criarmos isso, vai sobrar dinheiro para a saúde e nossos médicos não passariam por essa situação lamentável em que o Dr. descreve na carta. Nosso país é maravilhoso, acertamos na mega sena ao nascermos aqui, só que o nosso prêmio está retido nas mãos desse governo que, nem preciso dizer nada não é?

  68. Leonardo da Silva Rebelo 8 de outubro de 2014 at 10:04

    Vai lá Padilha! Força! hahahaha

  69. Todas as vezes que se fala em um programa no Brasil, esse previamente deveria ser experimentado pelos nossos governantes, se eles se sentirem satisfeitos, então seria repassado para o povo, porque aquilo que não queremos pra nós, não podemos desejar ou dar ao outro. Se essa técnica fosse aplicada, tenho certeza que as escolas públicas seriam de boa qualidade, que o SUS funcionaria, que o transporte público seria bom… Nossos políticos esquecem que quem trabalha pra nós são eles e não o contrário, que pra nós eles não estão fazendo nenhum favor, nenhuma ajuda, nenhuma caridade, tudo é pago e muito bem pago nos altos salários que eles recebem pra terem essas ideias medíocres e hipócritas.

  70. UAUUUUUUUUUUUUUUU!!!! PARABENS PELA CORAGEM DE MANDAR ESTA CARTA A ELE!!!

  71. Alexandre Canello 8 de outubro de 2014 at 9:43

    Em que pese o mal resultado do programa Mais médicos, não no sentido de eventual custo-benefício, mas por causa da má formação dos cubanos, não é lícito ele fazer juízo da competência profissional de Alexandre Padilha. Deixe isso para o Conselho Federal de Medicina. Tal juízo pode implicar em processo por calúnia e difamação. E antes que alguém diga; eu não votei neste político. Ressentimentos profissionais não devem se misturar a argumentação(Ad hominem)

  72. E ainda por cima tem gente dizendo que o Brasil esta crescendo graças ao PT, e que na verdade só esta acomodado de como esta o Brasil hoje, essa é a triste realidade do nosso sistema único de saúde.

  73. Perfeito adorei!

Deixe um Comentário sobre Felipe Cancelar resposta

Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer blog. Eles servem para ampliar, criticar e completar o texto do autor.

No "Blog do Tas", todos os comentários só são publicados DEPOIS de passar por moderação.

NÃO publicamos:

  1. Comentários com palavrões ou agressões gratuitas.
  2. Comentários fora do assunto.
  3. Comentários com auto-propaganda ou propaganda de terceiros.

Se não estiver nas categorias acima, sua opinião será liberada o mais breve possível.

Bem-vindo e obrigado pela participação!

Connect with Facebook

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>